Ele não morreu: Wileyfox Pro chega em dezembro com Windows 10 Mobile

A Microsoft pode ter fechado sua divisão mobile, mas isso não significa que ela tenha abandonado os dispostivos móveis de vez e, mais do que isso, que o Windows 10 Mobile esteja extinto. Na IFA 2017, a WileyFox apresentou um novo aparelho que mantém vivo o OS da gigante de tecnologia.

O sistema vem sendo mantido em caráter de manutenção pela Microsoft e terá bugs corrigidos até 2019, o que dá pouco mais de um ano de vida saudável ao aparelho da WileyFox, que chega já em dezembro. O aparelho é simples: um processador Snapdragon 210, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento interno.

W10m

A Microsoft, por sua vez, é o centro dos rumores de que um possível novo sistema operacional, chamado Andromeda, deve surgir no futuro, junto de um dispositivo móvel que, segundo Satya Nadella, CEO da MS, vai reinventar a categoria.

O WileyFox Pro está sendo vendido na Europa por US$ 251, o que dá aproximadamente R$ 800, e não há previsão de que ele venha para o Brasil.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

O robô que pode ajudar a manter corações batendo no futuro

Um robô está sendo testado por cientistas para manter um coração batendo em caso de transplantes – e isso é feito através de uma gentil massagem. Os primeiros testes foram feitos com um coração de porco, mas a expectativa, naturalmente, é de corações humanos possam ser mantidos batendo no futuro.

No arco rígido que serve como armação e que “abraça” o órgão. Nele, uma tira que contrai e se contorce, massageia o coração para manter o sangue circulando. Uma haste central, que vai dentro do coração junto com um disco, atua junto com a tira.

coracao

Segundo o estudo publicado na Science Robotics, os testes foram feitos em corações suínos com diferentes problemas, e o dispositivo ajudou com sucesso para manter tudo funcionando como deveria, permitindo as intervenções cirúrgicas necessárias.

coracao

O robô ainda precisa ser melhorado, já que ele ainda é conectado a uma bomba de ar e uma caixa de controle por fios para funcionar direito. Além de mudanças de desenho, testes extensivos precisam ser feitos antes que ele seja usado em humanos.

A ideia é que o robô se transforme em um dispositivo que possa ser implantado de forma que permita que as pessoas acometidas por doenças cardíacas possam sobreviver por mais tempo e sem ficarem muito debilitadas até que um transplante seja possível.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Vazamento de dados no Uber; Motorola começa liberar o Android Oreo e +[CT News]

Pesquisador descobre brecha de segurança da DJI e é ameaçado pela empresa // Uber pagou US$ 100 mil para que hackers ficassem em silêncio sobre ataque // Sinal analógico de TV será desligada nesta quarta (22) no Rio de Janeiro //

Assista ao vídeo.

via Canaltech

Plantas alteradas podem ser usadas como sensores de risco biológico

A DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency ou, em português, Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa) é conhecida mundialmente por desenvolver tecnologia militar de ponta para o Departamento de Defesa norte-americano. Quem iria imaginar, por isso mesmo, que a agência estaria envolvida com biogenética, alterando o DNA de plantas?

A grande sacada para o desenvolvimento de plantas com esse objetivo é que, dessa vez, elas são autossuficientes

Tudo isso, porém, tem um ótimo motivo: como plantas reagem a estímulos de todos os tipos que as cercam, o programa chamado APT (Advanced Plant Technologies ou, em português, Tecnologias Vegetais Avançadas) está criando plantas que são capazes de reagir e monitorar produtos químicos perigosos, patógenos, radiação e outras ameaças similares.

Melhor que as anteriores

A grande sacada para o desenvolvimento de plantas com esse objetivo – algo que não é novidade – é que, dessa vez, elas são autossuficientes e não usam mais os recursos que as plantas precisam para sobrevivem com o intuito de detectar as ameaças. Isso torna os novos vegetais muito mais resistentes – a longevidade delas não diminui.

Caso você tenha alguma proposta que possa enriquecer o trabalho do programa APT da DARPA, a agência vai estar aceitando a inscrição de programas até o dia 6 de dezembro para que sejam avaliados no dia 12 do mesmo mês na cidade de Arlignton, nos Estados Unidos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Cursos online, caixas misteriosas e polêmicas e mais – Hoje no TecMundo

Esses e outros destaques estão no nosso resumo diário em vídeo

Nesta edição do Hoje no TecMundo, veja que foi aprovado o projeto de lei que criminaliza o "pornô de vingança", entre outros destaques. Os links das notícias estão logo abaixo.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Esta deve ser a campainha mais chique que você já viu

40 diamantes, 2.077 safiras, tudo em uma placa de ouro 18 quilates… Pode parecer algum tipo de joia, mas, acredite, é uma campainha – uma campainha que custa a bagatela de US$ 100 mil, no caso.

Pensando bem, ela pode ser considerada uma joia também, pelo nome: a Elite Crown Jewel foi criada pela Bijan Jewelry sobre um modelo básico de campainha com vídeo da Ring, uma companhia que fabrica itens inteligentes para casa.

ring

A edição, como é de se imaginar, é limitada. Além dos mimos estéticos, o modelo vem com uma câmera HD com a opção de visão infravermelha. A versão normal da Ring custa cerca de US$ 500, ou seja, a Bijan conseguiu dar um talento de US$ 99,5 mil na campainha.

Serão apenas 10 unidades do Elite Crown Jewel que serão vendidas na Selfridges, no Reino Unido. Por incrível que pareça, no entanto, quem comprar o modelo estará fazendo uma boa ação: parte do dinheiro vai para ONGs que fazem ações para redução do crime.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Os 10 melhores apps iOS da semana (22/11/17)

Precisando de novos aplicativos aí no seu iPhone ou iPad, nem que seja para dar um ar de renovação ao dispositivo? Toda semana o Canaltech separa 10 sugestões direto da App Store para você, veja só:

1. Papelzinho

Estamos no final de ano, e essa época é sempre igual: se você trabalha em empresa, participa de grupos familiares ou estudantis, já sabe que vem amigo secreto por aí. Para acabar com a burocracia do sorteio, que exige que todos os participantes da brincadeira estejam presentes, o melhor mesmo é usar um app que faz todo o "trabalho duro" para os organizadores do sorteio. O Papelzinho automatiza isso ao enviar o nome do amigo sorteado por email a todos os participantes. 

2. Promobit

Em semana de Black Friday, quem vai na frente bebe água limpa. E para isso a gente selecionou umas ferramentas para te ajudar a caçar ofertas e produtos que estejam com descontos honestos na data de maior polvorosa do ecommerce brasileiro. O Promobit, por exemplo, é um app que te ajuda a encontrar o melhor preço nos principais varejistas online do país em eletro, gadgets e informática em geral. O app oferece uma comunidade com ofertas e descontos. O vídeo abaixo mostra a plataforma web do Promobit em funcionamento, mas o funcionamento é bem semelhante no app.

3. Pelando

O Pelando é outro app voltado a ofertas para você se organizar nesta Black Friday. Ele lista promoções e descontos e te avisa em tempo real quando aparecer aquela oferta que você tanto esperava. O aplicativo também lista os melhores preços das principais lojas do Brasil, com ênfase em jogos, smartphones, eletrodomésticos, informática e eletrônicos. 

4. GoRead

Tenha acesso a várias publicações digitais, de vários gêneros, na ponta dos seus dedos com o GoRead, da editora Abril. O app é tipo uma Netflix de revistas, um agregador com conteúdo interativo e recursos incríveis (dependendo da publicação) que vão incrementar ainda mais sua experiência de leitura, como vídeos, áudios e galerias de imagens. São mais de 180 publicações, com temas diversos. 

5. 1Password

Gerenciar suas senhas tem te dado dor de cabeça? Ou você quer senhas seguras, difíceis de quebrar, para manter a segurança de suas contas em dia? O 1Password é o aplicativo ideal para quem quer se manter seguro e deixar as contas longe do alcance dos cibercriminosos. Trata-se de um gerenciador que, além de gerar senhas fortíssimas, as organiza para você. Basta adicionar as senhas que você já tem que o app faz o resto, modificando suas senhas de tempos em tempos para evitar qualquer imprevisto. E, com apenas alguns toques, você acessa normalmente seus serviços. O app é pago e precisa de assinatura (US$ 3,99 mensais, no plano individual).

6. Invoice2Go

Você é dono de PME? Se tem seu próprio negócio e precisa gerar faturas profissionais sem demora nem complicação, o Invoice2Go vai ser uma verdadeira mão na roda. Isso porque o app cria faturas de maneira simples e permite gerar e receber pagamentos. De prestadores de serviços a passeadores de cães, de web designers a músicos. Todas as suas informações são automaticamente sincronizadas e disponibilizadas no seu iPhone, no seu iPad e no seu computador.

7. Medly

Música é o remédio da alma. Que tal fazer você mesmo suas composições no iPhone ou iPad? O Medly é isso: ele abre alas para músicos novos e experientes criarem e guardarem suas canções, para depois compartilhar com a galera. Escolha os instrumentos, crie trilhas, desenhe suas notas, organize os acordes, cante e use diversos loops e samples para criar músicas completas e inéditas, 100% assinadas por você.

I

8. Haunted Tales

Esse divertido joguinho, novo na App Store, te desafia a ajudar Pepe a se desvencilhar de armadilhas e raios mortais em uma espécie de apocalipse que assola sua cidade! A maldição toma conta de todos os lugares, e você precisa, a qualquer custo, se livrar de seus inimigos e acabar com a raça do misterioso inventor encapuzado, o grande culpado pela bagunça que destruiu a ordem e a paz.

9. Flipping Legend

Você está prestes a entrar em um ambiente controlado por padrões, e em Flipping Legend você vai aprender e melhorar cada vez mais com eles! Torne-se um combatente exemplar ao controlar seu próprio ritmo e sua própria velocidade para acabar com seus inimigos. No jogo, com o tempo, você vai desbloqueando as habilidades do seu herói e se aperfeiçoando enquanto conquista novas terras e se torna um verdadeiro mestre de seus movimentos!

10. Never Alone: Ki Edition

Um jogo indie, lindo e bastante cativante. Assim definimos Never Alone: Ki Edition, um jogo que mistura desafios de quebra-cabeça com elementos de plataforma e que narra a trajetória da garotinha Nuna e de sua raposa, que no meio do Alasca buscam entender a fonte de uma tempestade de neve que coloca toda a vida local em risco. No game, você precisa guiar a duplinha enquanto se esquiva de obstáculos e ameaças de todos os lados. Entre nessa aventura intensa e aprenda, ainda, um pouco mais sobre a vida dos Iñupiat, como são chamados os nativos da região.

via Canaltech

Engenheiro autodidata quer lançar a si próprio em um foguete – e provar que a Terra é plana

Você achou que não podia ficar pior que o padre do balão?

Pois é, ficou.

Mike Hughes é um norte-americano de 61 anos que não fez faculdade de engenharia aeroespacial. Mas no afã de provar que a Terra é plana (uma crença pseudocientífica que alcançou popularidade razoável, inclusive no Brasil), ele decidiu investir US$ 20 mil na construção de um foguete caseiro – e embarcar na engenhoca amadora para, lá do alto dos céus da Califórnia, tirar uma foto definitiva dessa homérica pizza que é nosso planeta. 

“Dá um medo desgraçado, mas nenhum de nós sairá vivo deste mundo, não é mesmo?”, declarou ele à imprensa. “Eu sei alguma coisa sobre aerodinâmica (…) e sobre o tamanho e a potência de foguetes. Mas isso são fórmulas, não ciência. Não há diferença entre ficção e ficção científica.”

Hughes teve seus 15 minutos de fama na mídia internacional. (The Guardian//Engenheiro autodidata quer lançar a si próprio em um foguete – e provar que a Terra é plana/Reprodução)

Hughes não é ambicioso: calcula que sua criação caseira subirá meros 550 metros e percorrerá 1,6 quilômetro. Isso, infelizmente, pode levá-lo a concluir que os terraplanistas estão corretos: essa altitude não é suficiente para observar a curvatura do horizonte de maneira satisfatória – principalmente se você estiver preocupado demais em sobreviver à provável explosão de um artefato instável.  

A plataforma de lançamento é a parte de trás do chassis de um motorhome modificado (Walter White ficaria orgulhoso), encontrado em um anúncio no Craigslist – site famoso por conter pessoas vendendo coisas de todas as sortes, inclusive o próprio corpo. Parte dos dólares investidos na empreitada foram angariados por meio de uma campanha de crowdfunding, apoiada por entusiastas. “Como a NASA não manda ninguém para o espaço, Mad Mike pode ser uma das únicas pessoas do mundo que decolaram em um foguete”, afirma o texto introdutório. “É muito importante apoiá-lo.”

Veja também

O conspiracionista poderia ter economizado um bocado de dinheiro comprando uma passagem de avião para a ilha de Taiwan – onde poderia olhar pela janela do último andar do edifício Taipei 101, com 509 metros de altura. Se estivesse com preguiça de ir até a China, porém, bastaria subir em um avião qualquer, para um destino qualquer: a maior parte dos voos comerciais alcançam 11 quilômetros de altitude – 20 vezes mais que o foguete caseiro.

Hughes, porém, não se abala com argumentos e refutações. O ex-mecânico da NASCAR, hoje motorista de limousines, afirma ser o único homem que “projetou, construiu e lançou a si próprio em um foguete.” O feito, alcançado em 2014, foi filmado em primeira pessoa e está registrado no YouTube (veja abaixo). Os ferimentos, segundo o Washington Post, o incapacitaram por duas semanas.

O jornal norte-americano fez uma investigação aprofundada sobre o programa espacial dos terraplanistas, o mais ambicioso desde a corrida que levou Yuri Gagarin à órbita da Terra em 1961. Hughes pretende, um dia, usar um balão para alcançar 6 mil metros de altitude – e de lá pegar carona em uma mochila a jato para alcançar o infinito e além. Antes, porém, tentará ser eleito governador da Califórnia.

“Eu acredito [na Terra Plana] há mais ou menos um ano”, afirmou ele em entrevista a um canal do YouTube dedicado à teoria. “Eu pesquisei por vários meses enquanto fazia todas as outras coisas – sabe, eu ainda preciso ganhar a vida, e construir esse foguete toma muito do meu tempo.”

 

via Superinteressante

Projeto que criminaliza “revenge porn” foi aprovado pela Câmara

O chamado "pornô de vingança", ou "revenge porn" no termo original em inglês, acaba de dar mais um passo rumo à sua criminalização no Brasil. Aprovado nesta quarta (22) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o PLC 18/2017 determina que o registro ou divulgação não autorizada de cenas íntimas de uma pessoa será crime punível com reclusão de dois a quatro anos, além de multa.

Agora, o projeto segue em regime de urgência ao Plenário com o objetivo de se tornar uma lei federal. A proposta altera o que era previsto pela Lei Maria da Penha e pelo Código Penal, ampliando a pena de reclusão, que era de três meses a um ano.

O texto de autoria da senadora Gleisi Hoffman foi inspirado no caso de Rose Leonel, cidadã paranaense que foi vítima de vingança pornográfica. Ela acompanhou a votação e disse que "já tivemos inúmeros suicídios, principalmente de adolescentes, vítimas de exposição de fotos em redes sociais". Ainda, a senadora Vanessa Grazziotin lembrou que esse tipo de violência tem sido estampada nos noticiários nacionais, atestando que é preciso fortalecer a mulher contra esse tipo de prática.

Segundo o PLC, serão penalizadas quaisquer pessoas que não somente fizerem os tais registros em formato de foto ou vídeo, como também quem divulgar essas imagens não-autorizadas, bem como a pessoa que facilitar, por qualquer meio, o acesso a esses conteúdos. Ou seja: estará passível de penalizações legais também a pessoa que simplesmente compartilhar fotos íntimas desautorizadas em redes sociais ou aplicativos como o WhatsApp, ainda que não tenham nenhum tipo de relacionamento com a vítima. Além disso, quem realizar montagens fotográficas de cunho sexual ou libidinoso de caráter íntimo usando a imagem de uma pessoa sem sua autorização, também poderá ser punido seguindo o mesmo rigor.

“A legislação brasileira ressente-se de instrumentos adequados e eficientes para prevenir e punir atos de ‘vingança pornográfica’, que consistem na divulgação de cenas privadas de nudez, violência ou sexo nos meios de comunicação, em especial nas mídias sociais, para causar constrangimento, humilhar, chantagear ou provocar o isolamento social da vítima. A principal vítima da ‘vingança pornográfica’ é a mulher, enquanto que os responsáveis por esse tipo de conduta, na maioria das vezes, são os ex-cônjuges, ex-parceiros e até ex-namorados das vítimas. Assim, não há dúvidas de que se trata de mais uma forma de violência praticada contra a mulher”, declarou Hoffman.

via Canaltech

Apple estaria trabalhando em serviço de streaming para competir com Netflix

De acordo com uma análise da Loup Ventures, a Apple estaria disposta a lançar um serviço de streaming de vídeo para competir com NetflixAmazon Prime Video e outros concorrentes do mercado atual. A empresa venderia o serviço junto com o Apple Music e estaria disposta a gastar até US$ 4,2 bilhões em produção de conteúdo original até 2022.

Falando em conteúdo original, o serviço de streaming da Apple teria apenas filmes e séries produzidas exclusivamente para a plataforma. Os analistas da Loup Ventures acreditam que esse produto da empresa pode ter bastante sucesso por conta da atual base de clientes fieis e dispostos a gastar da Apple. Eles estimam que o serviço poderia atingir a marca de 75 milhões de assinantes logo de início e bater de frente com Netflix e Amazon Prime Video.

Catálogo

Não se sabe, entretanto, se o catálogo da Apple seria grande logo de início, já que todas as produções seriam originais. Ainda assim, parece que a companhia estaria confiante em seu novo produto, marcado para chegar ao mercado nos próximos dois ou três anos. Um dos primeiros programas já em produção seriam um drama estrelado por Jennifer Aniston e Reese Witherspoon.

Fora isso, a Maçã também teria dado carta branca para Drake produzir qualquer tipo de programação original para sua plataforma. No mês passado, a companhia ainda fechou um acordo com a NBC Universal para reviver uma série de ficção científica chamada “Amazing Stories”, exibida originalmente nos anos 1980 nos EUA.

Vários executivos e especialistas em TV e cinema foram contados pela Apple neste ano, especialmente alguns que trabalhavam na Sony Pictures. O rumor é de que a empresa estaria pensando em focar sua criação em séries dramáticas de grande orçamento, tais como Breaking Bad e Game of Thrones.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

%d blogueiros gostam disto: