WhatsApp fica na mira da União Europeia por compartilhamento de dados

O Facebook, mais uma vez, será alvo de uma investigação da União Europeia, desta vez por conta do WhatsApp. Estão na mira dos reguladores as mudanças nos termos de uso do mensageiro, para que os dados e informações de seus usuários possam ser compartilhados com a rede social para fins de sugestões de contatos e publicidade ainda mais direcionada.

As mudanças vêm sendo criticadas desde agosto de 2016, inicialmente, apenas por comissários e representantes do Reino Unido. Depois, as discussões começaram a acontecer em discussões internas e contatos com as empresas, que de acordo com o governo, não atenderam às solicitações de informação e, principalmente, aos critérios de clareza nas mensagens exibidas aos usuários.

Em um documento enviado pelo governo do Reino Unido ao WhatsApp e compartilhado com a imprensa, estão alguns dos pontos considerados problemáticos pelos reguladores. O texto afirma que a notificação sobre as mudanças nos termos de uso não informava aos usuários que suas informações seriam compartilhadas, especificamente, com o Facebook, além de citar essa mudança como “novas funcionalidades”.

Além disso, o aceite dessas alterações não seria direto o bastante, com a caixa de concordância estando já marcada assim que os usuários abrem o texto. Por fim, o WhatsApp é acusado de não oferecer opções claras e de boa usabilidade para permitir que os utilizadores optassem por não compartilharem seus dados com o Facebook.

Após não terem corrigido tais questões dentro de um prazo estimado pelo governo, ambas foram convidadas pela União Europeia a participar das investigações e discussões. O Facebook e o WhatsApp, entretanto, não se pronunciaram sobre o assunto e não se sabe se aceitaram o convite.

via Canaltech

Tem girafa e porco-espinho: WhatsApp libera emojis repaginados no Android

Os emojis já se tornaram parte de nosso vocabulário visual quando conversamos em comunicadores instantâneos. O padrão que conhecemos tem uma história que remete lá ao começo dos anos 80 e os aparelhos da Apple ajudaram a popularizar um formato que ganhou diferentes versões, de acordo com a plataforma. O WhatsApp ainda usava figuras semelhantes às da Maçã e agora começa a liberar seu próprio design nos dispositivos Android, que na verdade conta com mudanças bem discretas.

À primeira vista, você pode nem notar as alterações, mas elas estão lá e ficam mais evidentes quando colocadas em comparação.

Emoji WhatsApp

Como dá para notar, o Whats decidiu extrapolar um pouco os que representam emoções e realizou ajustes em posicionamento, formato e, em alguns casos, cores.

Emoji WhatsApp

Entre as novidades estão alguns animais, a exemplo da girafa, do porco-espinho e de um dinossauro Tiranossauro Rex.

Emoji WhatsApp

Os alimentos ganham o copo com canudo, a torta, a caixa para viagem e a comida enlatada.

Emoji WhatsApp

A distribuição para os aparelhos do sistema operacional da Google vem acontecendo aos poucos, a partir da versão 2.17.386 do WhatsApp, enquanto a versão web do mensageiro continua com o mesmo esquema da Apple.

Ainda não há previsão para do novo conjunto para o app dos smartphones e tablets iOS.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Descubra como bloquear o WhatsApp em caso de furto ou roubo

Vamos combinar: poucas situações são tão desesperadoras quanto ter seu celular roubado  ou mesmo ter perdido o aparelho. Afinal, armazenamos tantas informações importantes em nossos smartphones  como conversas, fotos, dados privados e outros arquivos  que é simplesmente assustador pensar no smartphone nas mãos de outras pessoas. 

Uma das primeiras preocupações do usuário ao ter seu aparelho perdido é com certeza com os aplicativos de mensagens. Afinal, ninguém quer saber de uma pessoa estranha lendo suas conversas do WhatsApp e enviando mensagens em seu nome, certo?  

 

Antes de mais nada, é preciso que a primeira ação após a perda ou o roubo seja entrar em contato com a operadora, para solicitar o bloqueio do chip. Isso impede a verificação da conta do WhatsApp no celular, uma vez que o aparelho não receberá mensagens SMS nem ligações.  

Porém, para ajudar a te tranquilizar, o WhatsApp possui um recurso que bloqueia o app remotamente no celular, para manter suas conversas protegidas até que você bloqueie o chip e passe a utilizar outro aparelho. 

Confira: 

  1. Abra sua caixa de email e comece a escrever uma nova mensagem.
  2. No destinatário, coloque o seguinte endereço: support@whatsapp.com
  3. No campo do assunto, escreva “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta”. Não se esqueça de tirar as aspas.
  4. Em seguida, no corpo do email, digite novamente o texto do assunto  também sem aspas.
  5. Ainda no corpo do email, digite seu número de telefone no formato internacional, ou seja, com +55 (o código do Brasil), o DDD da sua área e o número de seu celular. Por exemplo, um número de São Paulo ficaria +5511 e o restante do número.

É importante fazer isso para que o app não possa ser utilizado nem via WiFi, de modo que suas conversas ficarão protegidas até que você consiga outro chip ou celular.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Básico: como ocultar sua foto de perfil do WhatsApp de outros contatos

O WhatsApp oferece uma maneira bastante simples para escondermos a foto do perfil para contatos específicos, ou então para todos os contatos.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Governo britânico diz que criptografia do WhatsApp é inaceitável

Para autoridades de combate ao terrorismo os serviços de mensagem devem deixar de oferecer um "lugar secreto para os terroristas se comunicarem"

via IDG Now!

O WhatsApp está recebendo avaliações falsas na Play Store?

Estaria o WhatsApp maquiando suas avaliações na Google Play? Entenda mais sobre o caso neste artigo.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

O WhatsApp deveria ter este recurso do Telegram para transcrever mensagens de voz

Eu não sou fã de mensagens de voz. Nem sempre é possível ouvi-las imediatamente, então deixo para depois e acabo esquecendo de responder. E sempre tem aquele amigo que testa sua paciência mandando vários minutos de áudio. Um truque no Telegram vem me ajudando nesse sentido, e gostaria de vê-lo em mais lugares.

Foto por Microsiervos Geek Crew/Flickr

Um dos recursos mais bacanas do Telegram são os bots, que expandem a funcionalidade do app com lembretes, enquetes, previsão do tempo e até jogos. Eu venho usando dois bots bem interessantes que transcrevem mensagens de voz, e eles funcionam muito bem.

Um deles é o Transcriber Bot. Ele ultrapassou recentemente a marca de 2.000 usuários e consegue transcrever áudio e imagens em vinte idiomas diferentes, incluindo português brasileiro. O outro se chama Speech To Text, e transcreve mensagens de voz em mais de quarenta idiomas usando uma API do Google.

Para começar a usar um desses bots, acesse a busca do Telegram e digite “transcriber_bot” ou “ListenForMebot” (sem as aspas). Selecione o resultado correspondente e depois vá em “Começar”. Isso funciona no computador ou no smartphone.

No Transcriber Bot, selecione a opção “/portuguese_brazil” para transcrever mensagens de voz e imagens em português. Então encaminhe um áudio para ele e veja-o em ação:

Se a mensagem de voz for muito longa, ele mostra a transcrição aos poucos, para você não ter que esperar tanto. Também é possível adicionar o bot a um grupo, e ele vai transcrever automaticamente toda mensagem de voz que for enviada nele.

No Speech To Text, selecione o botão [/] na parte inferior da interface e escolha a opção /chooselang. Depois vá em More > Português > Portuguese (Brazil). Então você pode encaminhar mensagens de voz para o bot, ou adicioná-lo a um grupo. Se o áudio for longo, ele vai demorar um pouco para mostrar a transcrição completa.

Em minha experiência, o Speech To Text se saiu um pouco melhor que o Transcriber Bot (este entendeu “minha” como “mim a”, por exemplo). No entanto, ambos fazem um bom trabalho no geral.

Seria interessante ver um recurso de transcrição de voz integrado ao WhatsApp, que tem mais de um bilhão de usuários e é extremamente popular no Brasil. Infelizmente, o Telegram não tem o mesmo alcance, e nem sempre é fácil convencer seus contatos a migrar para apps rivais.

No entanto, pode ser difícil ver isso no WhatsApp porque as mensagens são criptografadas de ponta a ponta. No Telegram, só os chats secretos têm essa proteção, e não é possível usar os bots nesse caso.

Quem sabe poderíamos ver isso no Messenger, então? David Marcus, executivo do Facebook, disse no início de 2015 que a rede social estava testando a conversão de voz para texto no app de mensagens. No entanto, parece que esse projeto ainda não deu em nada. (Eles estão com outras prioridades.) Enquanto isso, vou usando o Telegram e seus diversos bots – você pode conferir mais deles aqui.

O WhatsApp deveria ter este recurso do Telegram para transcrever mensagens de voz

via Tecnoblog

WhatsApp agora permite compartilhar GIFs a partir do teclado do Google

Whatsapp

Aos poucos o WhatsApp acrescenta e corrige recursos pedidos pelos usuários, e o mais recente deles foi a adição do suporte à busca e compartilhamento de GIFs animados a partir do GBoard, o teclado do Google.

Na versão 2.17.110 do WhatsApp Beta para Android, o mensageiro instantâneo finalmente adicionou mais uma forma de os usuários procurarem e compartilharem GIFs com seus contatos. Antes era preciso acessar o seletor de emojis embutido no aplicativo e depois mudar para a aba "GIF" para buscar os arquivos — algo que acabava atrapalhando quem já estava com o teclado aberto na tela do smartphone.

Com a adição desta semana, entretanto, agora passa a ser possível fazer tudo a partir do GBoard, o teclado do Google. Para isso, basta que os usuários toquem no campo de texto para abrir o teclado, depois toquem no ícone de emojis e depois alternem para a aba "GIF". Pronto, de lá é possível não só buscar pelas animações, como também ver as sugestões do Google para deixar a conversa mais animada.

Antes da atualização desta semana, só era possível buscar GIFs no WhatsApp a partir do menu de emojis (esquerda). Novidade agora permite que isso também seja feito a partir do teclado do Google (direita)
Antes da atualização desta semana, só era possível buscar GIFs no WhatsApp a partir do menu de emojis (esquerda). Novidade agora permite que isso também seja feito a partir do teclado do Google (direita) (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Novidade na versão Beta do WhatsApp, o suporte à busca e compartilhamento de GIFs a partir do teclado do Google já é um recurso relativamente antigo e que estreou no já defunto Android Honeycomb. O recurso, porém, só é ativado em aplicativos compatíveis, algo que agora o WhatsApp é.

Se você ainda não vê a novidade ativada no seu WhatsApp, vale lembrar que ela está disponível apenas para aqueles que fazem parte do programa Beta, que recebe as principais novidades do mensageiro antes de todo mundo. Para se tornar um Beta do WhatsApp, basta se inscrever neste link e fazer o download do app na Play Store.

Fonte: Android Police

via Canaltech

Atualização para WhatsApp permite adicionar GIFs pelo Gboard

Há algum tempo, usuários de WhatsApp receberam a opção de incluir GIFs em suas conversas graças à biblioteca existente no Giphy. Pensando em facilitar ainda mais a vida daqueles que gostam de utilizar esse recurso, foi anunciado que a atualização mais recente do aplicativo permite que o público possa adicionar essas animações diretamente pelo teclado Gboard.

É válido mencionar que, no momento, a novidade é exclusiva para aqueles que possuem a versão 2.17.110 do WhatsApp Beta para Android. Aliás, a atualização também faz com que o teclado da Google passe a ser totalmente funcional dentro do aplicativo, sendo que o botão de acesso ao menu de GIFs aparece ao lado do atalho para a inclusão de emojis.

Exemplo de como funcionam os GIFs com o Gboard

Um detalhe importante é que os usuários podem buscar os GIFs com o apoio do teclado da Gigante das Buscas utilizando expressões prontas que aparecem no rodapé, o que certamente ajuda a filtrar as inúmeras opções existentes. Caso queira, também é possível fazer isso manualmente.

via Novidades do TecMundo

Cibercriminosos estão simulando mensagens do Banco do Brasil no WhatsApp

De acordo com a plataforma de gerenciamento de vulnerabilidades Antecipe, cibercriminosos estão aplicando um golpe de phishing no WhatsApp e via SMS. Como você poderá notar nas imagens, o método é o padrão — mensagem que faz alusão ao valor em conta para enganar o usuário —, e redireciona o usuário para uma página falsa do Banco do Brasil.

Muito cuidado ao abrir links de desconhecidos

Phishing é um dos métodos de ataque mais antigos, já que “metade do trabalho” é enganar o usuário de computador ou smartphone. Como uma “pescaria”, o cibercriminoso envia um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro (ou está devendo algum valor) e, normalmente, um link acompanhante para você resolver a situação. O golpe acontece quando você entra nesse link e insere os seus dados sensíveis, como nome completo, telefone, CPF e números de contas bancárias.

No caso do golpe encontrado pela Antecipe, a mensagem diz o seguinte no WhatsApp: “BB Informa: agendamento de saque sem cartão em sua conta, R$ 500 local DF-1038 correios para o dia 17/03/2017, acesse: www.XXXXXX/bb para cancelar”. Veja abaixo:

Phishing

Logo após tocar no link, o usuário é redirecionado para uma página falsa. Ali, os cibercriminosos podem coletar os seus dados sensíveis.

Página falsa

Sempre desconfie de links enviados por estranhos no WhatsApp, SMS, email ou qualquer outra plataforma de troca de mensagens. Além disso, garanta que o site que você pretende entrar apresenta o protocolo “https://”. Por último, você pode ficar ligado em nossa página dedicada ao assunto.

via Novidades do TecMundo

%d blogueiros gostam disto: