Evernote anuncia integração de usuários e funções com o comunicador Slack

Evernote acaba de anunciar uma nova integração com o aplicativo de mensagem Slack. Enquanto o aplicativo serve para manter todas as ideias a salvo, pelo Slack é possível conectá-las às outras pessoas.

É possível também salvar imagens, PDFs e documentos de conversas do Slack no Evernote para que sejam facilmente encontrados quando necessário

Agora, vai ser possível criar uma lista de tarefas ou um lembrete sem sair da conversa no Slack. É possível adicioná-las às notas durante o dia, e, depois, revê-las no Evernote. A nota será privada para quem a enviou – invisível para os parceiros de conversa no Slack – e segura no Evernote quando o usuário precisar dela mais tarde.

Através do comando /clip, é possível salvar as mensagens do Slack – baseado em data, importância ou URL – como uma nota no Evernote. É possível também salvar imagens, PDFs e documentos de conversas do Slack no Evernote para que sejam facilmente encontrados quando necessário. O comando /clip também pode ser usado para salvar uma mensagem em uma nova nota no Evernote, onde ela estará armazenada para referências futuras.

Encontrando tudo

Já o comando /find, permite pesquisar a nota específica e compartilhar uma foto com a equipe sem sair do Slack. Basta digitar qualquer termo de busca e o Evernote apresentará os três principais resultados.

Esta integração está disponível somente em inglês, alemão e espanhol

Não existe o risco de compartilhar acidentalmente estas informações com as pessoas no canal do Slack—até que o usuário decida dividir os resultados, ele é a única pessoa que poderá enxergá-los. Para compartilhá-los no Slack, clique em “Postar Aqui” e todos no canal poderão ver a nota.

Esta integração está disponível somente em inglês, alemão e espanhol. Outros idiomas serão adicionados em breve.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

LinkedIn começa a liberar respostas rápidas para usuários dos Estados Unidos

Uma novidade está chegando ao LinkedIn, que ajudará aquelas pessoas que acumulam muitas mensagens em suas caixas de entrada. As Smart Replies ("Respostas Inteligentes", em tradução livre) já começaram a ser liberadas para usuários dos Estados Unidos tanto no desktop, quanto no aplicativo móvel da plataforma.

A ideia é oferecer opções de respostas automatizadas de acordo com o conteúdo da mensagem recebida. Por exemplo, se a pessoa perguntou sobre uma reunião presencial, o Smart Replies sugerirá uma resposta automática falando "que horas?". Então, basta clicar nessa opção para que a resposta automatizada seja enviada, sem que o usuário precise digitar nada.

Segundo o LinkedIn, esse sistema será aprimorado com o tempo, oferecendo interações ainda mais customizadas de acordo com as necessidades dos usuários. A novidade é similar ao assistente "M", do Messenger, que sugere respostas e emojis com base no assunto que está sendo debatido no mensageiro.

As Smart Replies funcionam com machine learning, fazendo com que seja possível prever uma resposta específica de acordo com o assunto do chat. Ainda não se sabe quando a novidade será disponibilizada para outros idiomas além do inglês.

via Canaltech

App concorrente da Uber concede iPhone ou viagem como prêmio para seus usuários

O 4Move, aplicativo de caronas que rivaliza diretamente com a Uber, iniciou as suas atividades em São Paulo nesta terça-feira (24). A estratégia da startup para captar novos usuários é a de oferecer um sistema de fidelidade com pontuações para usuários que utilizam ou recomendam o aplicativo para outas pessoas.

Programa de fidelidade

O sistema de recompensas que a empresa oferece funciona como um programa de fidelidade, em que cada usuário do aplicativo recebe de volta até 5% do valor das corridas, sendo que esta porcentagem varia de acordo com o nível da conta, que, por sua vez, pode ser aumentado ao convidar amigos para utilizar o app. Os valores virtuais podem ser acumulados e utilizados em viagens no próprio serviço ou convertidos em dinheiro vivo.

Outro atrativo do 4Move é que ele propõe uma espécie de sistema de milhagem, recompensando os quilômetros percorridos no serviço com prêmios que incluem ingressos de cinema, iPhones e viagens internacionais.

No momento, os passageiros só podem criar os seus registros no serviço por meio de convites de pessoas que já utilizam o app. O processo de cadastro solicita o CPF e a verificação de alguns dados do usuário. Feito isso, o aplicativo já está pronto para ser utilizado.

Da mesma forma que a Uber, o app também disponibiliza duas principais categorias de serviço: a Blue, que é a mais simples, e a Black, a versão de luxo com veículos com ar condicionado, quatro portas e assentos em couro.

Motoristas e taxistas

Para os motoristas que estiverem interessados em se tornarem afiliados ao 4Move, é necessário fornecer uma ficha de antecedentes criminais, passar pelo processo de verificação online e ser submetido a um treinamento ministrado pela própria startup. A 4Move retém entre 20% a 25% do valor da viagem, taxa que varia de acordo com as avaliações de cada passageiro.

Os profissionais do trânsito também podem desfrutar de alguns benefícios ao indicarem novos motoristas e passageiros.

Atualmente, o 4Move possui parceria com 4 mil motoristas e conta com 60 mil profissionais na fila para serem aprovados. A companhia responsável pelo serviço afirma que possui planos para ampliar a sua atuação em outras cidades brasileiras em 2018.

O app 4Move pode ser baixando no Android e iOS.

via Canaltech

Mesmo após várias atualizações, usuários do iOS 11 continuam com problemas

A Apple liberou três atualizações emergenciais do iOS 11 desde seu lançamento, mas, ainda assim, muitos usuários seguem enfrentando problemas com o novo sistema operacional em seus iPhones. Questões como bateria sendo drenada mais rapidamente e apps com funcionamento falho permanecem.

E o problema se agrava ao observar que as reclamações vêm de usuários de modelos variados, não sendo esses bugs exclusivos de algum iPhone específico. Usuários com iPhone 7, lançado no ano passado, relatam problemas recorrentes, mas quem já está usando o iPhone 8 aparentemente não está sendo afetado.

No iPhone SE, que também faz parte da família atual de dispositivos da Maçã, experimentam uma significante queda na duração de suas baterias, enquanto quem conta com modelos com menos RAM vem reclamando de performance lenta. E o mesmo acontece com iPads Air e iPhones 7 Plus, além do iPhone 6. Há, ainda, quem esteja reclamando do uso da bateria também no iPad Pro da primeira geração.

via Canaltech

Dados de usuários do Tinder, Happn e Badoo podem ter sido comprometidos

De acordo com um grupo de pesquisadores da Kaspersky Lab, empresa especializada em segurança digital com filial na Rússia, os dados pessoais dos usuários de aplicativos como Tinder, Badoo e Happn podem ter sido comprometidos, o que se configura um risco considerável na segurança de quem utiliza esses apps.

Os pesquisadores encontraram falhas que permitiram o acesso a fotos, quais perfis o usuário visitou, localização exata e até as mensagens trocadas dentro dos aplicativos. A Kaspersky Lab realizou testes em diversos sistemas operacionais, incluindo versões para os sistemas móveis da Google (Android) e da Apple (iOS). Os resultados dos testes serão enviados ao departamento responsável pela segurança de cada aplicativo, com a finalidade de eliminar as falhas e aumentar a segurança dos usuários.

Apesar de não ser revelado o processo utilizado para testar a segurança dos aplicativos de relacionamento, os pesquisadores apresentaram uma lista de todos os apps que foram submetidos aos testes. São eles: Tinder, Bumble, Ok Cupid, Badoo, Mamba, Zoosk, Happn, WeChat e Paktor. No caso do Tinder e do Happn, foram obtidas informações sobre a profissão atual e o nível de escolaridade em 60% dos perfis submetidos aos testes. Os especialistas garantiram que o acesso a essas informações não foi dificultoso e que os aplicativos Mamba, Happn, WeChat e Zoosk revelam facilmente a localização dos usuários com precisão.

As versões dos aplicativos para Android são as que contam com maior risco, visto que os pesquisadores conseguiram maior êxito em obter informações sensíveis de usuários do robô verde. Por meio de acesso root, os especialistas conseguiram informações de segurança do Facebook, que é utilizado para login no Tinder, Bumble, OK Cupid, Badoo, Happn e Paktor. Em um teste mais invasivo, o grupo da Kaspersky conseguiu acessar, na versão Android dos aplicativos Tinder, Paktor e Bumble, e na versão iOS do Badoo, fotos do perfil que cada usuário clicou e informações de login, o que permite que possam ser enviadas mensagens em contas premium.

Como recomendação aos usuários, a Kaspersky indica que evitem o uso de Wi-Fi público e instalem um antivírus no smartphone. Apesar de a empresa de segurança prometer enviar as informações para que os aplicativos possam realizar as correções, não existe previsão para que as modificações sejam realizadas.

via Canaltech

Kaspersky hackeia Tinder e Badoo; dados sensíveis de usuários descobertos

Tinder, Badoo, Ok Cupid e Happn foram explorados tanto na versão para Android quanto para iOS

Pesquisadores de segurança da Kaspersky exploraram vulnerabilidades nos principais aplicativos de namoro do mundo. Entre os apps, estão o Tinder, Ok Cupid, Badoo, Bumble, Happn, WeChat, Mamba, Zoosk e Paktor.

As vulnerabilidades exploradas permitiram que os pesquisadores descobrissem a localização de usuários, além de nomes reais, informações de login (email e senha), histórico de mensagens com outros usuários e até perfis visitados.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Google começa a liberar Lens para usuários dos aparelhos Pixel originais

Anunciado em primeira mão em maio, o Google Lens chamou muito a atenção do público por utilizar uma convincente tecnologia de visão computacional para reconhecer objetos e pessoas a partir de fotos e imagens. E, ao que tudo indica, ele já começou a ser liberado recentemente para alguns donos da primeira geração de aparelhos Pixel.

A informação em questão vem do AndroidPolice, que noticiou o relato de alguns usuários do Pixel e do Pixel XL, que já estão conseguindo acessar as funcionalidades do Lens no aplicativo Fotos. A própria Google havia informado que liberaria em breve esta função, mas, até então, não havia uma previsão ou data específica para o ocorrido.

Ainda de acordo com o site, a liberação do Lens ocorreu apenas para alguns usuários do Pixel e Pixel XL, e ele certamente será disponibilizado aos poucos para todos os donos dos aparelhos de primeira geração da Google. Também vale notar que o Lens atualmente está restrito apenas ao Fotos, não se aplicando ao Assistant, assistente de voz da gigante das buscas.

De qualquer forma, o Lens é uma ótima adição ao aplicativo de fotos da Google, pois atualmente ele é capaz de reconhecer elementos nas fotos para realizar a devida categorização delas, facilando muito a organização das imagens no aparelho.

via Canaltech

Instagram agora permite transmissão em tempo real com dois usuários

White Papers

As organizações de hoje em dia buscam uma abordagem à análise de autoatendimento que equilibre as necessidades da equipe de TI e da empresa. Com quatro importantes etapas a TI pode deixar de ser uma “fábrica de relatórios” para assumir um papel mais estratégico de governança e disponibilização de dados e ainda é possível implantar com sucesso a análise de autoatendimento. Acesse agora o ebook e confira as 4 etapas para uma implementação bem sucedida da análise de autoatendimento em sua empresa.

Desenvolvido pelos especialistas em TIC da Algar, este guia irá esclarecer todas as suas dúvidas sobre o processo de migração para a nuvem e mostrará como é possível reduzir custos de infraestrutura e manutenção. Descubra por que as empresas estão aderindo ao Cloud. Acesse o guia agora e veja 8 passos importantes para realizar a migração de aplicações e serviços de sua empresa para a nuvem.

Os especialistas em TIC da Algar Telecom desenvolveram um E-book exclusivo para os gestores de TI. As dicas que serão apresentadas a seguir têm o propósito de ajudar os gestores no caminho de revisão estrutural do negócio, tendo como meta a redução de custos, mas com a manutenção da qualidade e eficiência. Acesse agora o e-book e veja como aumentar a performance de seu TI economizando.

Os especialistas em TIC da Algar apresentam um Webinar interativo para mostrar como funciona a migração para a nuvem e os benefícios da Nuvem Flexível da Algar. Entenda o que são unidades de processamento e como contabilizá-las, como decidir qual a melhor configuração para o seu negócio, aprenda também como fazer o setup do ambiente de Cloud de sua empresa, monitoramento do ambiente e controle das configurações. Neste webinar entenda como a nuvem flexível da Algar Telecom funciona.

Sabemos que manter e monitorar o funcionamento dos servidores e da rede não é tarefa fácil. Podemos dizer que a rede é o cérebro da empresa. É ela quem garante a troca de informações entre os computadores e é por meio dela que os dispositivos, interligados entre si, compartilham recursos de hardware e software. Para te ajudar nesta jornada, confira neste e-book tendências e fatores que ajudarão a avaliar a sua rede corporativa e confira também os principais fatos e tendências sobre o assunto, que podem te ajudar.

Simplifique a avaliação dos seus fornecedores com o Quadrante mágico 2017 do Gartner para arrays de estado sólido. Acesse o relatório para saber sobre a visão geral do futuro mercado de armazenamento flash, veja a avaliação de visão, pontos fortes e precauções para cada fornecedor pelo Gartner e confira também, o que levou a Pure Storage a ser classificada como Líder.

via IDG Now!

Usuários continuam revelando problemas com o Pixel 2 e o Pixel 2 XL

Quando foram revelados, no começo do mês, os smartphones Pixel 2Pixel 2 XL prometeram incrível performance de hardware e logo se tornaram objeto de desejo para milhares de usuários. Contudo, com a chegada dos aparelhos nas prateleiras, as queixas vão se acumulando e agora mais consumidores relatam outros defeitos.

Um barulho semelhante a um tic foi constatado em muitos Pixel 2 e em algumas unidades do Pixel 2 XL

Primeiro foram as reclamações com relação a distorções nas cores e pixels, seguidas do “burn-in” (ou “efeito fantasma”) no display, que continua apresentando comportamento estranho no Pixel 2 XL. Desta vez, muita gente notou que ao deslizar a tela as imagens mudam em torno de uma mancha escura. Confira um exemplo postado no Twitter pelo 9to5Google:

Outra falha irritante detectada por pelo menos 100 participantes de um fórum da Google foi a presença de um barulho semelhante a um “tic”, mais presente no Pixel 2 e também constatado no Pixel 2 XL. Uma dessas pessoas chegou a gravar o som e colocou-o no SoundCloud.

E como se não bastassem esses fiascos até aqui, mais um foi revelado via Reddit: um dos dispositivos que não havia passado pelo controle de qualidade, devido a “danos cosméticos”, foi encaminhado para a casa do cliente do mesmo jeito — com o próprio defeito estampado em uma etiqueta azul, como mostra a foto abaixo.

Google Pixel 2

O que diz a Google

A companhia de Mountain View tem respondido aos problemas em geral com um procedimento padrão. “Se você estiver enfrentando problemas, você deve entrar em contato com o suporte técnico para discutir as opções do RMA (Return Merchandise Authorization, que é um procedimento de garantia do produto).”

Companhia afirma que está investigando o problema e deve fornecer atualizações em breve

Já sobre o crescente número de problemas identificados até aqui, a empresa afirma estar investigando todas as causas e tentando dar conta da alta demanda desde o lançamento. Um porta-voz encaminhou um comunicado com a justificativa para o 9to5Google:

“A demanda pelo Pixel 2 e pelo Pixel 2 XL excedeu nossas expectativas e estamos entusiasmados com a reação positiva aos nossos novos telefones, tanto dos revisores que já testaram completamente nossos dispositivos quanto dos consumidores que estão trocando seus aparelhos pelos Pixel. Levamos todos os relatos sobre problemas muito a sério e nossos engenheiros estão investigando isso rapidamente. Forneceremos atualizações assim que tivermos dados conclusivos.”

Bom, se você estava triste porque os aparelhos ainda não estão disponíveis no mercado brasileiro, não fique, já que talvez seja uma boa esperar um pouco — pelo menos até que todos esses defeitos sejam corrigidos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Usuários continuam revelando problemas com o Pixel 2 e o Pixel 2 XL

Quando foram revelados, no começo do mês, os smartphones Pixel 2Pixel 2 XL prometeram incrível performance de hardware e logo se tornaram objeto de desejo para milhares de usuários. Contudo, com a chegada dos aparelhos nas prateleiras, as queixas vão se acumulando e agora mais consumidores relatam outros defeitos.

Um barulho semelhante a um tic foi constatado em muitos Pixel 2 e em algumas unidades do Pixel 2 XL

Primeiro foram as reclamações com relação a distorções nas cores e pixels, seguidas do “burn-in” (ou “efeito fantasma”) no display, que continua apresentando comportamento estranho no Pixel 2 XL. Desta vez, muita gente notou que ao deslizar a tela as imagens mudam em torno de uma mancha escura. Confira um exemplo postado no Twitter pelo 9to5Google:

Outra falha irritante detectada por pelo menos 100 participantes de um fórum da Google foi a presença de um barulho semelhante a um “tic”, mais presente no Pixel 2 e também constatado no Pixel 2 XL. Uma dessas pessoas chegou a gravar o som e colocou-o no SoundCloud.

E como se não bastassem esses fiascos até aqui, mais um foi revelado via Reddit: um dos dispositivos que não havia passado pelo controle de qualidade, devido a “danos cosméticos”, foi encaminhado para a casa do cliente do mesmo jeito — com o próprio defeito estampado em uma etiqueta azul, como mostra a foto abaixo.

Google Pixel 2

O que diz a Google

A companhia de Mountain View tem respondido aos problemas em geral com um procedimento padrão. “Se você estiver enfrentando problemas, você deve entrar em contato com o suporte técnico para discutir as opções do RMA (Return Merchandise Authorization, que é um procedimento de garantia do produto).”

Companhia afirma que está investigando o problema e deve fornecer atualizações em breve

Já sobre o crescente número de problemas identificados até aqui, a empresa afirma estar investigando todas as causas e tentando dar conta da alta demanda desde o lançamento. Um porta-voz encaminhou um comunicado com a justificativa para o 9to5Google:

“A demanda pelo Pixel 2 e pelo Pixel 2 XL excedeu nossas expectativas e estamos entusiasmados com a reação positiva aos nossos novos telefones, tanto dos revisores que já testaram completamente nossos dispositivos quanto dos consumidores que estão trocando seus aparelhos pelos Pixel. Levamos todos os relatos sobre problemas muito a sério e nossos engenheiros estão investigando isso rapidamente. Forneceremos atualizações assim que tivermos dados conclusivos.”

Bom, se você estava triste porque os aparelhos ainda não estão disponíveis no mercado brasileiro, não fique, já que talvez seja uma boa esperar um pouco — pelo menos até que todos esses defeitos sejam corrigidos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

%d blogueiros gostam disto: