7 hotéis temáticos para você se hospedar pelo mundo

Se você acha que o hotel em uma viagem tem função apenas de dormitório, pode pensar duas vezes. Muitas hospedagens pelo mundo fazem parte do pacote de experiências incríveis e são parte da diversão.

O site especializado em viagens momondo selecionou sete hotéis temáticos em diferentes partes do globo, inclusive no Brasil. Confira a seleção a seguir:

Pousada Espaço Naves Lunazen

(Espaço Luzes/Divulgação)

Onde: Chapada dos Veadeiros, Goiás

Com conceito bastante inusitado, a Pousada Espaço Naves Lunazen proporciona aos hóspedes a experiência de dormir em quartos que parecem com naves espaciais. Os dormitórios receberam nomes diferentes como Nave Mãe, Galáctica e Área 51. Além da arquitetura, o local é ideal para quem busca dias de muita tranquilidade.

 

Pioneertown Motel

(Pioneertown Motel/Divulgação)

Onde: Pioneertown, na Califórnia (Estados Unidos)

Para quem curte o Velho Oeste, o Pioneertown Motel pode ser uma experiência diferente. O hotel com temática faroeste e decoração rústica conta com um saloon e até prisão. O ambiente é tão fiel ao período que já serviu como cenário de diversos filmes e séries.

 

Dog Bark Park Inn

(Hoteis Dog Park/Divulgação)

Onde: Cottonwood, em Idaho (Estados Unidos)

Um hotel com temática de cachorro pode parecer estranho, mas agrada (e muito) os apaixonados pelos amigos de quatro patas. O Dog Bark Park Inn tem formato de um beagle e quartos decorados com réplicas de cachorros.

 

Hotel de Glace

(Ice Hotel/Divulgação)

Onde: Saint-Gabriel-de-Valcartier, em Quebec (Canadá)

Para quem gosta de frio, o Hotel de Glace, no Canadá, pode ser uma experiência surpreendente. Feito de gelo, inclusive os quartos, a temperatura fica abaixo de zero em quase todos os ambientes.

 

Hotel Cava & Mastinell

(Cava/Divulgação)

Onde: Vilafranca del Penedes, em Barcelona (Espanha)

Com arquitetura que lembra garrafas de vinhos organizadas em uma adega, este hotel na Espanha proporciona uma experiência incrível para quem é apaixonado pela bebida. Cercado por vinhedos, os hóspedes podem desfrutar de serviços e passeios que envolvem uvas.

 

Faralda Crane Hotel

(Faralda Crane/Divulgação)

Onde: Amsterdã (Holanda)

Um hotel instalado em cima de um guindaste a 50 metros do chão – e com conforto digno dos mais belos resorts de luxo do mundo. Para os hóspedes mais corajosos, é possível, inclusive, saltar de bungee jumping.

 

V8 Hotel

(V8 Hotel/Divulgação)

Onde: Estugarda, em Baden-Württemberg (Alemanha)

Para quem gosta de velocidade, o V8 Hotel possui uma temática inspirada em clássicos do automobilismo. O hotel ainda conta com mecânico, posto de combustível e até um lava-jato. Por lá, não só o hóspede, mas também o carro do hóspede recebe tratamento VIP.

 

Este conteúdo foi originalmente publicado em Exame.com

via Superinteressante

Sites estão usando o Youtube para hospedar pornografia

Light - ilusion

O Google está se tornando involuntariamente o maior provedor de vídeos piratas do mundo. Apesar dos esforços da companhia em combater a postagem e a exibição de conteúdos protegidos por direitos autorais, uma brecha no YouTube está permitindo que sites de terceiros usem o serviço como uma plataforma de hospedagem de vídeos ilegais.

Já faz algum tempo que essa prática foi descoberta, mas, de acordo com o TorrentFreak, recentemente começaram a surgir sites de conteúdo adulto que também estão se aproveitando da estrutura do Google para hospedar seus vídeos de maneira mais “barata”.

YouTube - truque

A brecha consiste em subir os vídeos no YouTube e configurá-los como “privado”. Dessa forma, o vídeo não fica disponível publicamente na plataforma, mas ainda pode ser acessado por qualquer pessoa por meio de um link gerado pelo próprio YouTube. Os vídeos são servidos diretamente pelo domínio googlevideo.com, o que dificulta a sua identificação pelo sistema de proteção de direitos autorais do site.

Segundo apurou o TorrentFreak, a identificação e a remoção desses vídeos pelo Google pode demorar até três semanas. O Relatório de Transparência da empresa também mostra que essa “técnica” tem sido bastante utilizada, com milhares de notificações de conteúdo irregular apontando para o domínio googlevideo.com. Os links geralmente possuem a marcação “source=youtube” ou “source=drive”, o que sugere que o Google Drive também tem sido utilizado para o mesmo fim.

Ao utilizar a infraestrutura do Google de maneira gratuita por meio do YouTube, os sites de streaming ilegal de vídeos provavelmente conseguem lucrar ainda mais. Em alguns casos, eles até exibem o “googlevideos.com” como uma das opções de fontes disponíveis. Procurada pelo TorrentFreak, o Google não se pronunciou sobre o caso.

Sites estão usando o Youtube para hospedar pornografia

via Tecnoblog

Falha permite hospedar vídeos pornográficos no YouTube

Youtube

Sites pornográficos estão usando uma brecha nos serviços do Google para armazenar material impróprio no YouTube sem nenhum custo. Os sites piratas de streaming para adultos estão conseguindo angariar milhões de visualizações por dia graças à falha.

Alguns serviços de streaming têm usado os servidores do Google como um provedor de hospedagem ao carregar seu material no YouTube e marcá-lo como privado, evitando que as pessoas visualizem o conteúdo na plataforma. Em seguida, eles incorporam os links para os vídeos diretamente nos seus próprios sites.

Esses vídeos são veiculados diretamente no domínio do GoogleVideo.com sem estarem listados no YouTube. Curiosamente, os serviços voltados para conteúdo adulto também descobriram esse truque. Embora o serviço de streaming do Google não permita que as pessoas façam upload de pornografia, muitos sites estão usando o YouTube como provedor de hospedagem.

Os vídeos incorporados estão disponíveis em uma série de sites de streaming e, uma vez que o conteúdo não está listado publicamente no YouTube, fica mais difícil de eliminar. Vale relembrar que o problema não se limita ao conteúdo para adultos ou mesmo ao YouTube.

Via Torrent Freak

via Canaltech

Duas milhões de pessoas vão se hospedar via Airbnb na virada 2017

É praticamente o dobro do registrado na mesma data em 2016

A plataforma comunitária online Airbnb, local onde as pessoas anunciam e reservam acomodações, anunciou que está celebrando a virada de 2016 para 2017 com o maior número já registrado de pessoas hospedadas: 2 milhões. É praticamente o dobro do registrado na mesma data em 2016 e representa um crescimento de 1400x em relação a 2009, início das operações.

"Provenientes de mais de 200 países e territórios diferentes, os 2 milhões de hóspedes deste ano viajarão para cerca de 200 destinos em todo o planeta. Entre os países que mais receberão viajantes para o Réveillon estão Estados Unidos, França, Austrália, Espanha e Reino Unido", comenta o Airbnb. "Já com relação às cidades, Nova York figura novamente no topo da lista de destinos mais populares entre os usuários do Airbnb para o Ano-Novo, com um total projetado de 55 mil hóspedes. Seguindo o caminho da Big Apple estão Londres, Paris, Tóquio e Roma, que aparecem nessa ordem entre as mais procuradas na plataforma".

Leia mais…

via Novidades do TecMundo