Samsung trará assistente Bixby para suas Smart TVs

Apesar de o assistente de voz da Samsung não estar na lista dos mais populares, quando comparado com Siri e Google Assistente, por exemplo, a sul-coreana anunciou que levará o Bixby também para suas Smart TVs, indo além dos smartphones e tablets. Seu assistente estreou nos Galaxy S8, S8+ e Note 8 no início do ano.

A companhia documentou uma nova marca registrada para a novidade, chamada "Samsung Connected LIfe with Bixby" (ou "A Vida Conectada da Samsung com o Bixby", em tradução livre), e há rumores de que a companhia estaria planejando levar seu assistente também para speakers inteligentes em breve, concorrendo de maneira ainda mais acirrada com as rivais que já atuam neste mercado, como é o caso da Google e da Amazon.

No registro, a Samsung menciona o Bixby como um "software para televisores para encontrar serviços desejados e/ou conteúdos televisivos com o reconhecimento da voz do usuário". A companhia parece, portanto, seguir os passos da concorrência para não deixar esta fatia de mercado sem uma boa competição. A Google já integrou seu Assistente ao Android TV, também fazendo parte dos Google Home, enquanto a Siri consta na Apple TV e também fará parte do HomePod, que será lançado no ano que vem.

via Canaltech

Rodovia automatizada de alta velocidade parece coisa de filme futurista

Uma estrada que parece uma montanha-russa de um parque temático sci-fi promete ser a solução definitiva para os problemas de trânsito em Denver, no Colorado.

Através de uma parceria público-privada com a empresa Arrivo, será construída em Denver a rodovia completamente automatizada que promete acabar com qualquer congestionamento ao levar veículos, em apenas 20 minutos, a qualquer ponto da cidade.

A velocidade que os veículos atingem nessa pista chega a 200 mph, ou seja, mais de 320 km/h. O número assusta quando relacionamos essa velocidade ao sistema de tráfego que temos hoje, mas se considerarmos que a via é completamente automatizada, mesmo com toda essa rapidez a rodovia é extremamente segura e os riscos de acidentes de trânsito é bastante diminuído se compararmos com o sistema de tráfego normalmente utilizado.

O sistema da Arrivo utiliza apenas energia elétrica para movimentar os automóveis, que são empurrados por levitação causada por campos magnéticos, semelhante ao sistema utilizado para propulsionar os metrôs.

Como a automatização torna desnecessária a atenção do motorista, é possível utilizar esse tempo com outras atividades, como leitura, trabalho, interação com os caronas ou até mesmo aquele cochilo revigorante a caminho de um compromisso.

A Arrivo abrirá, até abril de 2018, um centro de desenvolvimento em Commerce City, uma pequena cidade há 14 km de Denver, para a construção de um trecho de oito quilômetros que servirá como teste da viabilidade da estrada onde humanos não precisam dirigir. Se tudo ocorrer bem, a rodovia de Denver deverá ser construída até 2020.

via Canaltech

Star Wars Battlefront II chega hoje (17) para PS4, Xbox One e PC

Foi anunciado nesta sexta-feira (17) o lançamento mundial do game Star Wars Battlefront II, a sequência do game de tiro online de 2015.

Desenvolvido em uma parceria entre a Dice, a Motive Studios e a Criterion Games, Battlefront II oferece cenários e modos de jogo muito mais amplas em relação ao game original, com novas opções de heróis, veículos, bem como sistemas de personalização e  progressão mais complexos.

Desta vez, o game oferece um modo de campanha Single Player para que os jogadores experienciem os acontecimentos logo após o filme Star Wars: O Retorno de Jedi, explorando os planetas Pilio e Vardos no controle da protagonista Iden Versio, líder do Esquadrão Inferno.

O multiplayer também conta com novidades significativas, com as seguintes modalidades: Ataque Galáctico, Ataque, Batalha, Ataque com Caças Estelares, Heróis vs Vilões e Modo Arcade, sendo que possível controlar personagens icônicos da série, incluindo Darth Maul e Yoda. No próximo mês, a EA prometeu liberar mais dois heróis: Finn e a capitã Phasma.

"Com Star Wars Battlefront II, as equipes deram vida a um período de Star Wars que não havia sido explorado anteriormente nos filmes. Trabalhamos diligentemente para elaborar uma história convincente do que seria ver um conflito que é familiar para os fãs de uma perspectiva muito diferente ao permitir que os jogadores vivencie a Batalha de Endor e a destruição da segunda Estrela da Morte como um Imperial" reiterou Steve Blank, Executivo Criativo do Lucasfilm Story Group.

Um dos maiores destaques de Star Wars Battlefront II fica por conta de seu novo formato de distribuição, que oferecerá periodicamente, para os jogadores que adquirirem o game, conteúdos gratuitos no formato de episódios, oferecendo expansões com novos mapas, personagens e desafios. Os primeiros conteúdos serão inspirados no longa Star Wars: Os Últimos Jedi, e será liberado a partir de 13 de dezembro para todas as plataformas.

via Canaltech

Apple confirma: iPhone X chegará ao Brasil no próximo dia 8

Nesta sexta-feira (17), a Apple enfim se pronunciou quanto à chegada do iPhone X ao Brasil, garantindo que o flagship aterrissará em território nacional no dia 8 de dezembro — bem em tempo para as compras de Natal.

O aparelho, que comemora os 10 anos do lançamento do primeiro iPhone, custará entre US$ 7 e US$ 7,8 mil na loja oficial da Maçã, de acordo com as opções de armazenamento interno, que variam de 64 GB a 256 GB. Nos Estados Unidos, a opção mais barata custa US$ 1 mil.

Com o iPhone X, a Apple abandonou o leitor de impressões digitais, juntamente com o botão "Home" físico. Para desbloquear o aparelho, além da senha numérica, o usuário pode contar com o Face ID, que combina software e hardware para mapear seu rosto, com uma margem de erro de 1 em 1 milhão.

Além do Face ID, outros atrativos do iPhone X são o carregamento wireless, a realidade aumentada e os Animojis, mas o aparelho também oferece um hardware bacana. Equipado com display OLED Super Retina de 5,8 polegadas, o dispositivo traz câmeras de 12 e 7 megapixels e processador A11 Bionic com seis núcleos (que garante 25% mais performance).

via Canaltech

Presidente de diversidade e inclusão da Apple está deixando a empresa

Em maio deste ano, a Apple decidiu eleger a ex-executiva de recursos humanos da empresa para ser a primeira presidente para diversidade e inclusão da Maçã. Denise Young Smith vinha, desde então, se esforçando para fazer com que a cultura da companhia de Cupertino se tornasse mais inclusiva, seguindo a tendência do mercado que, cada vez mais, exige oportunidades para pessoas que sejam membros de minorias sociais. Mas, agora, Smith está não somente abandonando o cargo, como saindo da companhia.

Mas a Apple não fechará as portas desse novo e importante departamento. Quem assume sua presidência é Christie Smith, que, anteriormente, era gerente na Deloitte. A empresa chefiada por Tim Cook não comentou sobre a saída de Smith, mas disse "acreditar profundamente que a diversidade impulsiona a inovação".

Entre os motivos que levaram Smith a sair da Apple, pode ser que uma gafe que ela cometeu há cerca de um mês tenha "pesado" na conta. Durante uma conferência realizada em outubro, ela disse que "pode haver 12 homens brancos, de olhos azuis e loiros, e eles ainda assim serão diversificados porque eles trarão diferentes experiências de vida e perspectivas à conversa".

Ok, isso é uma verdade, mas, ao se falar em diversidade no mercado, não se está falando de diversidade de experiências pessoais, mas, sim, diversidade de gêneros, sexualidades e etnias que, historicamente, não têm as mesmas oportunidades do que as demais. O comentário de Smith repercutiu negativa e rapidamente na sequência, "pegando mal" para ela.

via Canaltech

“Os Últimos Jedi” terá a mais longa duração dos filmes da série Star Wars

O oitavo filme da franquia Star Wars, batizado de Os Últimos Jedi, será o mais longo da série inaugurada por George Lucas em 1977. A produção dirigida por Rian Johnson terá 150 minutos (duas horas e meia). A estreia no Brasil está programada para o dia 14 de dezembro.

Este é o segundo filme da terceira trilogia, antecedido por Star Wars: O Despertar da Força (2015). 

Os episódios mais longos até a próxima estreia eram o terceiro, A Vingança dos Sith (2005), com 140 minutos, e O Despertar da Força, com 124 minutos.

Johnson disse recentemente que o diretor de Rogue One: Uma História Star Wars (2016), Gareth Edwards, pode ter uma participação em Os Últimos Jedi, sem especificar o que seria.

Já a participação do príncipe William como um stormtrooper não foi confirmada.

Capítulos finais

No novo filme, a jovem Rey, interpretada por Daisy Ridley, mergulha na Força tendo como guia os ensinamentos de Luke Skywalker. 

Enquanto isso, o Primeiro Império de Kylo Ren (o ator Adam Driver) se reorganiza para enfrentar a Aliança Rebelde.

Depois deste episódio, resta aguardar aquele que deverá ser o último da franquia, para fechar o projeto iniciado por George Lucas, de três trilogias.

Star Wars IX está em fase de pré-produção. Será dirigido por J.J. Abrams e tem data prevista de estreia para 20 de dezembro de 2019.

Antes, os fãs da série terão a chance de assistir a Solo: A Star Wars Story, filme baseado no personagem Han Solo. A estreia deve acontecer em 2018.

Fonte: IGN

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.

via Canaltech

Apple vai atrasar lançamento do HomePod para o início de 2018

Em junho, quando a Apple anunciou o HomePod, seu speaker inteligente equipado com a assistente Siri, a companhia havia prometido que o gadget chegaria ao mercado até dezembro de 2017. Mas, agora, a empresa decidiu atrasar o lançamento em alguns meses, com previsão para o início do ano que vem.

De acordo com as informações que a Maçã enviou para a CNBC, a empresa precisa “de um pouco mais de tempo até que fique pronto para chegar aos consumidores”. O início das vendas começará pelos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, ainda não se sabendo quando a novidade chegará para outros países, incluindo o Brasil.

Ainda não se sabe exatamente o que causou o atraso, já que o aparelho era aguardado para ser lançado em tempo das compras de Natal. Mas há quem já esteja especulando que, talvez, a Apple tenha decidido aguardar a chegada do Google Home Max para ver como será sua aceitação no mercado, ou, ainda, que a companhia simplesmente precise refinar um pouco mais seu novo produto no que diz respeito à qualidade sonora, ou no controle de voz por meio da Siri.

Fonte: TheNextWeb

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.

via Canaltech

Spotify adquire estúdio de gravação online Soundtrap

Nesta sexta-feira (17), o Spotify informou, em comunicado, a aquisição da Soundtrap, empresa de gravação online que permite a criação de músicas em conjunto pela web em tempo real.

Com sede em Estocolmo, na Suécia, a Soundtrap detinha, até então, um serviço baseado em nuvem que funciona como um estúdio de gravação online e um sistema de mixagem, disponibilizando todas estas ferramentas nas mais diversas plataformas, incluindo Mac, Windows, iPad, iPhone, Android e Linux.

Segundo o Spotify, "o negócio de crescimento rápido da Soundtrap está altamente alinhado com a visão do Spotify de democratizar o ecossistema da música".

Até o momento, a companhia de streaming de músicas se recusou a fornecer detalhes sobre a negociação.

via Canaltech

Alemanha proíbe venda de smartwatches destinados a crianças

A Alemanha acaba de proibir a venda de smartwatches voltados para crianças. O motivo seria que o órgão que regula esse tipo de dispositivo no país entendeu que os relógios inteligentes podem ser usados como aparelhos de espionagem não autorizados.

Anteriormente, o país já havia banido a comercialização de uma boneca chamada My Friend Cayla, porque ela, ao se conectar à internet, poderia fornecer dados sobre a localização da criança. Agora, especialistas temem que essas decisões ameacem o avanço da Internet das Coisas no país, mas outros acreditam que a decisão seja algo positivo.

"Os dispositivos inteligentes mal protegidos geralmente permitem a invasão de privacidade, e isso é realmente preocupante quando se trata de relógios com rastreamento GPS para crianças – pois os próprios relógios deveriam ajudar a mantê-las seguras", opinou Ken Munro, especialista em segurança da Pen Test Partners.

Tudo isso porque, como sendo este um mercado relativamente novo, ainda há uma ausência de regulamentações que garantam, efetivamente, a privacidade do usuário. E, quando se trata de crianças, a coisa fica ainda mais delicada.

A agência alemã que determinou a proibição da venda de smartwatches para menores de idade no país declarou que "através de um aplicativo, os pais podem usar os relógios de seus filhos para monitorar o ambiente da criança" e, portanto, os smartwatches "devem ser considerados como um sistema de transmissão não autorizado". Ainda segundo o órgão, "de acordo com uma pesquisa, os relógios também são usados para ouvir professores na sala de aula".

Para garantir que esses gadgets não sejam usados mais no ambiente escolar, a agência pediu que as escolas prestem mais atenção para o uso dos relógios inteligentes entre os estudantes. Muitos desses dispositivos são destinados a crianças entre 5 e 12 anos na Alemanha, e a maioria deles conta com um cartão SIM e uma função de telefonia que, ainda que limitada, pode ser controlada por meio de apps a distância.

Agora, organizações como a NCC estão pressionando fabricantes de smartwatches para garantir que os aparelhos fiquem realmente seguros no que diz respeito a possibilidades de invasões, e também à coleta de dados, que pode impactar na privacidade do usuário.

via Canaltech

Apple e Intel se unem para criar modem 5G para futuros iPhones

Em meio às brigas judiciais intermináveis entre a Qualcomm e a Apple, parece que a companhia da maçã está dedicada em se afastar da depêndencia da fabricante de chips de uma vez por todas.

Citando fontes familiares com o assunto, a Fast Company publicou rumores envolvendo uma parceria entre a Apple e a Intel para o desenvolvimento de um modem 5G, que provavelmente equipará os futuros modelos de iPhones, com o intuito de oferecer velocidades muito superiores de rede móvel para o mercado mobile. Se os tais boatos forem confirmados, as chances de a Apple abandonar de vez sua parceria com a Qualcomm são grandes.

Apesar de a novidade ser muito interessante para aqueles que prezam por uma conexão móvel mais veloz, é certo que o desenvolvimento de um modem 5G não seja algo esperado para o próximo ano, com previsões apenas para 2020, uma vez que a infraestrutura atual das operadoras não possibilitem este tipo de implementação tecnológica em um curto prazo de tempo.

No mês passado, relatórios haviam indicado que a Apple estaria planejando fabricar seus aparelhos móveis sem os chipsets da Qualcomm já em 2018, podendo firmar em breve novas parcerias com concorrentes, como a Intel e a MediaTek. Considerando isso, esta possível união entre a Apple e a Intel é mais um dos fortes sinais de que a gigante de Cupertino realmente quer encerrar qualquer tipo de vínculo com a Qualcomm o quanto antes.

via Canaltech