Honda vai levar híbridos e elétricos para Salão de Frankfurt

A Honda, assim como a Smart, a Mini e a Mercedes, vai levar novidades eletrizantes para o Salão de Frankfurt. A montadora nipônica prometeu que novos modelos híbridos e elétricos serão exibidos no evento, incluindo o primeiro protótipo da CR-V híbrida.

A marca também vai levar um conceito de veículo elétrico inédito para a Alemanha, chamado de Honda Urban EV Concept, que a empresa pretende lançar no mercado europeu em breve. Para atiçar um pouco a curiosidade das pessoas, a Honda lançou um teaser que mostra seu emblema cercado pelas informações de carregamento, num display que parece estar presente na grade frontal do modelo.

Não é a primeira vez que a CR-V Hybrid é mostrada: a marca já havia exibido o modelo no Salão de Xangai, que aconteceu em abril. Ela vez para compor a família de híbridos da Honda que já conta com o Accord.

Já o Honda Urban EV Concept não teve mais nenhum detalhe revelado sobre absolutamente nada, então teremos que aguardar o Salão de Frankfurt, que acontece daqui duas semanas, para ver o que a nipônica pretende fazer para ganhar espaço no mercado dos elétricos.

via Novidades do TecMundo

Uma rede neural está escrevendo o próximo livro de Game of Thrones

Não é mais novidade para ninguém que Game of Thrones é um fenômeno, mas o fato de a história não ter sido terminada nos livros que inspiraram a série causa uma certa apreensão em muita gente – e uma conclusão da saga deve sair só em 2019.

Então, já que George R. R. Martin não dá indícios de que a conclusão da aventura em formato escrito vai sair tão cedo, um engenheiro de software chamado Zack Thoutt resolveu desenvolver uma IA para escrever o sexto livro.

Thoutt veio alimentando a rede neural recorrente com as quase 5 mil páginas dos livros anteriores de Martin e orientou o algoritmo a adivinhar o que pode acontecer no futuro.

ALERTA: AGORA QUE PODEM ROLAR ALGUNS SPOILERS PESADOS PARA CONTEXTUALIZAR AS PREVISÕES DA IA!

De acordo com a inteligência artificial desenvolvida pelo rapaz, que já escreveu cinco capítulos do “novo livro”, Jaime vai matar Cersei, enquanto Jon Snow vai andar num dragão (o que não parece tão absurdo assim) e – prendam a respiração – Varys vai envenenar Daenerys.

Até aqui tudo bem e relativamente plausível. No entanto, o negócio fica maluco mesmo quando a IA, em seu primeiro capítulo, escrito pela perspectiva de Tyrion, afirma que Sansa na verdade é uma Baratheon. Além disso, a rede criou um personagem novo, possivelmente um pirata, chamado Greenbeard.

Embora a criação de Thoutt tenha conseguido seguir algumas estruturas que o próprio George R. R. Martin utilizou em seus livros, ela ainda não é perfeita, cometendo erros de gramática e conseguindo usar apenas a estrutura básica da língua – o que pode ser visto como um alívio para os escritores de plantão.

Você pode conferir tudo que foi produzido pela IA de Zack na página dedicada ao projeto – mesmo sendo uma grande viagem, pode ser interessante ter algumas referências para imaginar as possibilidades de como a história pode acabar.

via Novidades do TecMundo

Estudo revela que as pessoas estão com medo dos veículos autônomos

A Intel fez um estudo para verificar como as pessoas estão reagindo e o quanto elas estão propensas a utilizar um veículo autônomo – e os últimos resultados revelaram que os humanos ainda têm medo dos carros que saem andando sem um motorista.

De acordo com o “Intel Trust Interaction Study” (Estudo de Interação de Confiança), as pessoas ainda estão bastante temerosas em relação aos carros-robôs. A pesquisa foi feita com pessoas que não tinham experiência prévia com veículos desse tipo e foram convidadas a andar em um.

Segundo a companhia, são sete aspectos que têm um papel fundamental nesse sentimento.

O primeiro deles é que, apesar de acreditar que os autônomos poderão contribuir com a segurança, ainda existe uma grande preocupação em relação a forma como eles vão reagir a situações como uma fechada ou outros cenários mais imprevisíveis.

Logo depois vem a questão de andar sem qualquer tipo de interação com o sistema que está conduzindo o carro, o que pode fazer com que, caso não haja algum entretenimento eficiente para prender a atenção, pode fazer com que a viagem fique chata.

As pessoas também temem que as empresas e montadoras não consigam encontrar um equilíbrio entre comunicar o suficiente ou comunicar demais quando se trata das informações que o sistema deve dar aos passageiros, como as tomadas de decisão, mudanças de rota ou qualquer outro detalhe minucioso. Enquanto o compartilhamento dessas informações por parte do carro dê confiança e tranquilidade aos ocupantes, se for demais pode atrapalhar.

Não saber como a tecnologia realmente funciona também causa apreensão nas pessoas e a parte de comunicação por voz entre o veículo e os passageiros é outra preocupação.

Por fim, alguns participantes do estudo revelaram que, apesar de não seguirem as leis estritamente, eles ficaram curiosos em saber como o carro vai se comportar em situações em que existem brechas.

via Novidades do TecMundo

Windows 10: aprenda a fazer anotações em programas do sistema operacional

Alguns programas nativos do Windows 10 contam com recursos bastante úteis para o dia a dia, como a possibilidade de fazer anotações. As aplicações que dispõem dessa função são o navegador Edge e os apps Fotos e Mapas.

Veja como usar as anotações do Windows 10!

No navegador, o usuário pode fazer anotações nas próprias páginas em que ele estiver navegando ou em arquivos PDF.

Página da web

Ao entrar na página em que deseja fazer anotações, clique no ícone de lápis.

No menu superior, o navegador oferece a opção de várias ferramentas, como caneta esferográfica, marca-texto, borracha, recorte, entre outros. Para fazer as anotações, clique no ícone de balão, como mostra a imagem abaixo:

Clique no local em que o balão deve ser inserido e digite o texto.

Para excluir, basta clicar no ícone de lixeira dentro do próprio balão.

PDF

Acesse um PDF de sua preferência e clique em cima com o botão direito. Vá em “Abrir com” e “Microsoft Edge”.

Você verá o ícone de lápis novamente no canto superior direito. Clique nele para começar a editar da mesma forma mostrada no passo anterior.

Fotos

Escolha a foto que vai receber a notação, clique com o botão direito em cima dela e vá em “Abrir com” e “Fotos”. No aplicativo, clique em “desenhar no menu superior”.

Aqui, as anotações não são feitas em forma de balão. Use todas as canetas disponíveis para fazer a sua arte.

Clique no ícone de disquete para salvar a sua criação.

Mapas

No menu Iniciar, digite Mapas para encontrar o aplicativo.

Assim como foi feito anteriormente, clique no ícone de caneta para começar a desenhar.

A edição do Mapas tem como diferenciais as ferramentas para medir distância, régua e trajeto.

via Novidades do TecMundo

Ransomwares: descubra como manter seu computador protegido

Se você acompanhou as notícias deste ano, com certeza ficou sabendo do ransomware WannaCry, que infectou diversos computadores ao redor do mundo – houve PCs sequestrados em mais de 70 países. Mas o que é um ransomware?

Trata-se de um software malicioso que bloqueia os dados do computador – na maioria das vezes, com criptografia – e exige um resgate, para que o usuário recupere o acesso aos seus arquivos. Geralmente, o pagamento é feito por meio de bitcoins.

Confira algumas formas de se proteger contra os ransomwares e, ainda, removê-los de seu computador!

Antivírus instalado e atualizado

Parece uma dica boba, mas é preciso reforçar a importância de ter um bom antivírus em seu PC sempre atualizado. E, mais do que isso, é interessante utilizar algum programa que tenha proteção contra modificação de arquivos e evite o acesso a arquivos. Outra dica importante é sempre manter o firewall do computador ativado.

Há diversas ferramentas gratuitas para a remoção de ransomwares, que também podem remover a criptografia dos arquivos infectados. Além disso, elas informam quais são os tipos de ransomware. Algumas opções são o Alcatraz Locker e o BadBlock.

Mantenha backup dos seus arquivos

Muitas vezes, as vítimas dos ataques de ransomwares acabam cedendo e pagando os valores por medo de perder seus arquivos. O que você teria a perder se tivesse uma cópia de seus arquivos em um local seguro?

Serviços como Google Drive e Dropbox possuem grande espaço de armazenamento, que provavelmente será suficiente para você guardar o que tiver de mais importante em seu computador. Além disso, como os arquivos ficam hospedados na nuvem, não há risco de infecção caso você conecte um HD externo, por exemplo.

Seja cuidadoso

Para que o ransomware consiga acesso ao computador, é preciso que um software seja instalado no computador da vítima. Usuários que não costumam utilizar o computador com frequência podem ser vítimas fáceis, já que não conhecem bem as ameaças disfarçadas na rede. Assim, caso receba um email de um remetente estranho ou veja algum anúncio suspeito, não clique. Até mesmo aplicativos disponíveis em sites que não são os oficiais devem ser evitados.

Trata-se de uma ação simples, mas que vale a pena ser relembrada para evitar problemas.

Remova o ransomware!

Apesar de não ser possível com todos os tipos de programas maliciosos, você pode remover um ransomware simplesmente realizando uma restauração do sistema. Porém, ainda há o risco de perder alguns arquivos, já que os programas e outros dados voltariam ao estado em que estavam em certo momento do tempo – daí, novamente, a importância de manter sempre um backup.

Outra possibilidade é iniciar o Windows pelo Modo de Segurança e executar um antivírus em seguida. Caso não seja possível, você também pode utilizar um antivírus em um pendrive ou alguma outra unidade de armazenamento disponível. Além disso, a Microsoft disponibiliza softwares gratuitos para identificação e remoção de ransomwares. 

via Novidades do TecMundo

Uber enfrenta acusações de suborno no mesmo dia que novo CEO assume

A Uber está sendo investigada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos pelo crime de suborno – e isso não poderia acontecer em uma hora pior, visto que a notícia veio no mesmo dia que Dara Khosrowshahi, ex-CEO da Expedia, assumiu a posição de novo presidente-executivo da plataforma de ride hailing.

A investigação preliminar, que acontece depois de informações serem divulgadas pelo Wall Street Journal, está focada em verificar se gestores da Uber violaram as leis norte-americanas ao efetuar pagamentos ilegais a representantes estrangeiros de países em que o serviço atua. Não está claro, no entanto, se os representantes são de um único país ou de vários.

O que se sabe, no entanto, é que uma das situações que podem envolver o suposto suborno é de quando a Uber conseguiu obter os registros clínicos de uma mulher na Índia que foi estuprada por um motorista do app em 2014.

Com isso, Khosrowshahi assume a empresa com mais uma polêmica em mãos para resolver. O executivo afirmou que a decisão de ir para a Uber foi uma das mais difíceis da sua vida e que ele aceitou a oferta com sentimentos verdadeiramente mistos, mas que, mesmo assim, está confiante de que será um desafio positivo.

“Haverá dificuldades? Haverá complexidades? Haverá desafios? Com certeza, mas é o que faz isso também ser divertido”, disse ele em uma entrevista para a Reuters.

via Novidades do TecMundo

Além da Smart, Mini também leva conceito elétrico para Frankfurt

O grupo BMW já tinha anunciado que os portfolios de suas marcas, incluindo a Mini, se tornarão elétricos ou híbridos em breve – então é natural que o Salão de Frankfurt seja o lugar ideal para algumas novidades aparecerem.

Entre os novos modelos que deverão ser revelados está o Mini Electric Concept que, como seu próprio nome diz, é o conceito de veículo elétrico da marca britânica.

O design ainda remete muito aos modelos atuais da Mini, com as mudanças mais expressivas sendo os faróis e a grade frontal, que agora é fechada para favorecer a aerodinâmica, visto que os propulsores elétricos não precisam nem de longe do mesmo arrefecimento que um motor a combustão.

Na parte de trás, as lanternas remetem à bandeira da Grã-Bretanha – uma forma de exaltar a origem da marca Mini – e o carro é cheio de referências ao fato de que agora ele é movido a eletricidade, graças aos emblemas “Mini E” espalhados por todos os lugares.

Nenhum outro detalhe a respeito das especificações técnicas foi dado, nem mesmo sobre a performance ou a expectativa de autonomia.

As únicas coisas que foram divulgadas até agora sobre o conceito do veículo é que o veículo foi pensado para ser utilizado nas cidades e a sua versão final deve surgir já em 2019.

via Novidades do TecMundo

Touchpad do seu notebook parou de funcionar? Veja como resolver o problema

Imagine a seguinte situação: você está tranquilamente usando seu computador e eis que, de repente, o touchpad para de funcionar. Considerando que umas das principais funções do notebook é a possibilidade de utilizá-lo sem precisar de um mouse, talvez fique realmente complicado trabalhar com um notebook sem o touchpad – afinal, caso você não tenha um mouse em mãos, como vai realizar suas tarefas?

A boa notícia é que, talvez, não haja grandes problemas acontecendo: pode ser que uma pequena alteração nas configurações já dê conta. A seguir, reunimos algumas soluções simples e outras mais elaboradas para que você tente resolver a questão por conta própria.

Primeiros passos

Talvez pareça uma sugestão boba, mas reiniciar a máquina é um procedimento simples e deve ser a primeira ação pensada para solucionar praticamente qualquer tipo de problema.

Caso isso não funcione, outra alternativa é tentar ativar o touchpad manualmente, utilizando a tecla FN. É extremamente comum desativá-lo por acidente e perceber o ocorrido apenas quando o dispositivo para de funcionar. Assim, basta pressionar a tecla FN e aquela que for correspondente ao touchpad em seu computador – alguma entre F1 e F12. É importante lembrar que essa tecla pode variar de marca para marca.

Para que não haja dúvidas, verifique se o ícone que indica o touchpad está presente em alguma das teclas F1 a F12. Se mesmo assim você não o encontrar, dê uma olhada no manual do computador ou simplesmente pesquise pelo nome do modelo e “touchpad desabilitado”.

Outra possível causa do mau funcionamento do touchpad é a sujeira ou até mesmo gordura presente nos dedos, que geram interferências e outros problemas. Para limpar o dispositivo, desligue-o e passe uma flanela ou outro tecido macio na superfície. Se você desejar uma limpeza mais profunda, vale utilizar produtos apropriados, que são vendidos em lojas de informática.   

E se nada disso funcionar?

Certo, vamos imaginar que você tentou as sugestões acima, mas seu touchpad continua sem o menor sinal de funcionamento. Então, agora é hora de verificar mais a fundo o que está causando o problema.

O primeiro passo nesse momento é analisar as configurações do touchpad. Se você estiver utilizando o Windows 10, abra o menu Iniciar e vá nas configurações, para buscar os dispositivos. Por fim, selecione o touchpad. Nessa tela, é possível verificar se o dispositivo está habilitado. 

Caso o touchpad continue sem funcionar, talvez o problema esteja nos drivers da máquina. Abra o Gerenciador de Dispostivos e verifique se o driver está aparecendo na lista de dispositivos. Caso ele não esteja lá, entre no site do fabricante e pesquise o modelo do computador. Aparecerão os drivers listados, com o do touchpad entre eles. Utilize um mouse USB para executar o arquivo.  

Se o problema persistir mesmo assim, é hora de pedir ajuda. Leve seu notebook para uma assistência autorizada da marca, para que o reparo necessário seja feito de forma correta. 

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Descubra como deixar seu Kindle em português

Se você for um leitor voraz, se não adquiriu um Kindle, com certeza pelo menos já ouviu falar dele. Trata-se de um dispositivo da Amazon voltado para a leitura de eBooks, cujo diferencial está principalmente na tela: para exibir o conteúdo, é utilizado um tipo de pigmento conhecido como eInk, que imita com perfeição a tinta impressa na superfície do papel – apesar de exibir apenas a cor preta e tonalidades de cinza. Além disso, a tela do eReader lembra bastante a textura do papel, o que gera uma experiência de leitura mais natural e menos cansativa.

O Kindle possui, basicamente, dois modelos principais. O mais simples possui apenas WiFi, sem grandes recursos adicionais. Já o conhecido Paperwhite conta com iluminação na tela, o que faz com que o usuário possa ler seus livros em praticamente qualquer tipo de ambiente – com o bônus de a luz ser projetada diretamente na tela, e não em direção aos olhos, o que significa menos cansaço visual durante a leitura. O Kindle básico custa por volta de R$ 299, e o Paperwhite sai por aproximadamente R$ 479.

Assim, é natural que muitas pessoas queiram economizar e optem por comprar seus Kindles no exterior por preços mais baixos, o que causa o seguinte inconveniente: o idioma. Apesar de os eBooks já estarem em algum idioma específico, você pode ter problemas para usar o dicionário do dispositivo caso ele esteja em uma linguagem diferente.

Porém, fique tranquilo, pois é possível mudar a língua do eReader. Descubra como no tutorial abaixo:

  1. Toque no botão que está no topo da tela inicial e acesse as configurações do aparelho. Se seu Kindle estiver em inglês, procure por “Settings”.
  2. Então, vá em “Idiomas e dicionários”. Novamente, caso o dispositivo esteja em inglês, vá na opção “Language and Dictionaries” e, em seguida, toque na opção de línguas. Ela estará no final do menu, antes de “Controle dos pais”.
  3. Agora, selecione “Português (Brasil)”. Para confirmar sua seleção, toque em “Ok”.
  4. O Kindle será reiniciado automaticamente.
  5. Agora, seu eReader vai exibir o conteúdo em português!

Porém, é importante não se esquecer de acertar também a linguagem do dicionário e do teclado do Kindle, para que não haja problemas. Veja como é simples:

  1. Abra novamente as opções de idioma.
  2. Agora, busque o menu “Teclados” e verifique se “Português (Brasil)” está definido como opção padrão.
  3. Para finalizar, vá na opção “Dicionários”. Agora, certifique-se de que o Kindle está com o dicionário Priberam da Língua Portuguesa selecionado.

Você já utilizou o Kindle? Como é a sua experiência? Conte pra gente nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Google Docs: saiba como inserir tabelas no editor de texto online

O editor de textos online do Google, o Docs, é uma ótima alternativa para o Microsoft Word. E entre os recursos mais úteis da plataforma, está a inserção de tabelas.

O processo é bastante fácil: acompanhe o tutorial abaixo e aprenda a usar tabelas nos seus documentos.

  • Para inserir uma tabela, posicione o cursor no local em que ela vai ser inserida e clique em “Tabela”, no menu superior.

  • Em seguida, clique em “Inserir tabela” e, com a ajuda do cursor, escolha o tamanho que ela deve ter.

  • Quando chegar ao tamanho ideal, clique para que a tabela seja inserida no documento.

Personalizando

Agora, basta inserir os dados dentro da tabela. Para editar, clique com o botão direito em cima do local que vai ser alterado. Você pode, por exemplo, inserir uma linha abaixo ou acima, inserir colunas à esquerda ou direita, ou excluir algumas células.

Para alterar a cor de borda ou de fundo da sua tabela, clique em cima dela com o botão direito e vá em “Propriedades da tabela”.

Escolha ainda a largura da coluna ou a altura da linha, recuo e alinhamento.

Pronto! Agora, basta personalizar as suas tabelas conforme for necessário.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo