Facebook está com vagas de estágio abertas no Brasil

Quer trabalhar no Facebook? Aqui vai uma dica: a empresa abriu vagas de estágio para 2018. O programa é voltado para estudantes de graduação que concluirão seus cursos em dezembro do ano que vem.

Facebook

Os participantes do programa de estágio do Facebook trabalharão no time de vendas e “ajudarão a monitorar ou desenvolver soluções para os clientes, aprendendo todos os detalhes sobre as ferramentas disponibilizadas na plataforma por meio de treinamentos e atividades externas de engajamento”, de acordo com a empresa.

As vagas para o processo seletivo estão abertas para estudantes de Administração, Ciências Econômicas, Publicidade e Propaganda, Engenharias e Marketing. É preciso ter inglês avançado e disponibilidade para morar na cidade de São Paulo e estagiar de segunda a sexta, seis horas por dia.

As inscrições podem ser feitas até o dia 4 de setembro nesta página. O processo envolve uma etapa online, check-up de competências e entrevistas finais. O estágio começa em janeiro de 2018 e tem duração de um ano.

Facebook está com vagas de estágio abertas no Brasil

via Tecnoblog

As vendas de iPads voltaram a subir

O relatório financeiro da Apple veio com uma boa notícia para os investidores: além de ter lucrado US$ 8,7 bilhões no terceiro trimestre fiscal, a empresa aumentou em 15% a quantidade de unidades vendidas de iPads em relação ao mesmo período de 2016. Faz três anos que as vendas só caíam.

Entre abril e junho, a Apple vendeu 11,4 milhões de iPads no mundo e obteve receita de US$ 5 bilhões, um aumento de 2% em relação ao ano anterior. O caríssimo iPad Pro de 10,5 polegadas, que tem versões de até 512 GB e chega a custar R$ 9.599 no Brasil, só foi apresentado em junho, por isso, ele teve pouca influência nos resultados.

O ressurgimento do iPad, de acordo com o Ars Technica, “está sendo atribuído a fortes vendas para empresas e uso educacional, à medida que as escolas compram iPads em volume para seus alunos e funcionários”.

Além disso, as vendas foram reforçadas pela atualização que o iPad ganhou no final de março, pouco antes do início do terceiro trimestre fiscal. O novo modelo é mais acessível e custa a partir de US$ 329 (ou R$ 2.499 no Brasil). Ele substituiu o iPad Air 2 e tem corpo mais espesso e pesado, mas chegou com processador mais rápido e tela mais brilhante em relação ao antecessor.

Em resumo, a Apple obteve receita de US$ 45,4 bilhões e lucro de US$ 8,7 bilhões, o que fez as ações subirem mais de 6%. O iPhone ainda é, de longe, o carro-chefe da empresa, com 41 milhões de unidades vendidas em três meses e receita de US$ 24,8 bilhões (mais da metade!), seguido pelos serviços (US$ 7,3 bilhões), Macs (US$ 5,6 bilhões) e iPads (US$ 5 bilhões).

Todos os números estão no site da Apple.

As vendas de iPads voltaram a subir

via Tecnoblog

Honor Note 9 pode trazer 6 GB de RAM e bateria de 4.600 mAh

Em junho deste ano, a Huawei anunciou o Honor 9 como um dos seus novos aparelhos. Entretanto, essa não deve ser a única surpresa reservada para o público em 2017, já que tudo indica que a empresa vem trabalhando no Honor Note 9, dispositivo móvel que teve suas possíveis especificações técnicas reveladas.

Segundo informações vindas diretamente da China, há uma chance de que ele chegue às lojas trazendo um processador Kirin 965, além de 6 GB de memória RAM e uma bateria com nada mais nada menos que 4.600 mAh.

Veja as possíveis especificações técnicas do aparelho a seguir:

Supostas especificações do Honor Note 9

  • Processador: Kirin 965
  • Memória: 6 GB de memória RAM
  • Armazenamento: 64 GB de espaço
  • Câmeras: dupla de 12 megapixels
  • Bateria: 4.600 mAh

Há uma chance de que o Honor Note 9 seja anunciado ao público em algum momento de setembro (possivelmente durante a IFA 2017), mas a Huawei ainda não confirmou essa informação.

via Novidades do TecMundo

Os Cavaleiros do Zodíaco estão e volta em remake do anime pela Netflix

Não, você não leu errado! Os bravos Cavaleiros do Zodíaco ganharão uma nova oportunidade de brilhar — e agora exclusivo na Netflix! A empresa anunciou nesta quarta-feira (2) que está trabalhando em uma série animada inédita envolvendo os defensores de Atena.

A produção foi anunciada durante um painel do serviço de streaming no evento Anime Slate 2017, que acontece em Tóquio.

O pôster foi divulgado, assim como o título provisório de “Knights of the Zodiac”, com “Saint Seiya” escrito logo depois, em uma fonte menor. Confira abaixo!

Detalhes a respeito do estilo do traço e se ele será um remake completo do anime ainda são escassos. Segundo o site Famitsu, a história do arco inicial vai da “Guerra Galáctica” (torneio envolvendo os Cavaleiros de Bronze e primeiro mostrado no mangá) até o surgimento dos Cavaleiros de Prata.

O grande produtor por trás da empreitada é Eugene Son, responsável pelo desenho animado Avengers Assemble e pelo roteiro de séries como Ben 10 e Ultimate Homem-Aranha.

Ao todo, a primeira temporada terá 12 episódios com 30 minutos de duração cada — o triplo que a recente série animada de “Castlevania” teve, fazendo uma comparação rápida. Não há qualquer previsão para o lançamento dos capítulos.

via Novidades do TecMundo

Apple vendeu mais de 1,2 bilhão de iPhones em 10 anos

A Apple é um fenômeno e os números apenas comprovam isso. Sozinha e com poucos modelos, a companhia dominava 14,7% do mercado mobile global no primeiro trimestre deste ano, a segunda maior fatia, atrás apenas da Samsung e da sua miríade de dispositivos. Agora, a companhia traz novos números para comprovar o seu sucesso absoluto.

Segundo Tim Cook, o presidente da Apple, a companhia já vendeu 1,2 bilhão de iPhones desde 2007, quando o dispositivo foi lançado. A novidade foi trazida à tona durante o pronunciamento do chefão da Maçã na divulgação do balanço financeiro do último trimestre.

“Os resultados do iPhone são impressionantes, com uma demanda especialmente forte dos aparelhos de ponta de nossa linha”, revela Cook. “O iPhone 7 foi o iPhone mais popular e as vendas do iPhone 7 Plus cresceram dramaticamente se comparadas com as do 6s Plus em junho do ano passado. A família iPhone 7 e iPhone 7 Plus dobrou os dígitos ao longo do último ano. Uma década após o lançamento inicial, nós ultrapassamos a venda acumulada de 1,2 bilhões de iPhones.”

iPhone vendeu, em média, 120 milhões de unidades desde 2007.

E vale lembrar que esse número só tende a aumentar, afinal a companhia deve lançar três aparelhos de ponta neste ano. Dentre eles, o mais aguardado é o iPhone 8, aparelho comemorativo pelos 10 anos de aniversário da marca e que contará com sensor infravermelho para desbloqueio da tela, display sem borda, botão Home virtual e diversas outros recursos de ponta. A expectativa é que o novo dispositivo seja lançado em setembro deste ano.

via Novidades do TecMundo

Robôs já conseguem roubar um cofre mais rápido que um ser humano

A conferência de segurança DefCon deste ano trouxe uma série de novidades em segurança, mas também uma preocupação: os robôs já estão melhores do que os humanos até em tarefas ilegais ou criminosas.

Um bom exemplo foi demonstrado pela equipa da SparkFun Electronics. No palco, eles demonstraram um robô de código aberto capaz de arrombar um cofre em nada mais que meia hora.

O aparelho é portátil, custa US$ 200 (R$ 625) para ser feito de forma caseira — porém “praticamente impossível de ser replicado por uma pessoa comum” — e utiliza uma combinação de ímãs com um microcontrolador Arduino. Ele foi construído para ser “o mais autônomo possível”, operando a partir do apertar de um botão.

Um golpe de mestre

O trabalho do robô começa com reduzir as combinações para o menor número possível de números — de cerca de um milhão de possibilidades para mil. Em seguida, ele utiliza um método inteligente de tentativa e erro com as possibilidades restantes.

Em vez de força bruta, ele consegue descobrir alguns números da combinação (como o terceiro e o último, por exemplo) ao analisar diferenças minúsculas na estrutura das fendas e dentições do cofre — alterações que o olho humano não conseguiria perceber.

O cofre utilizado na demonstração é de uma famosa varejista norte-americana que vende cofres bastante populares. O robô foi programado e construído só para aquele modelo, mas pode ser “personalizado” para operar com outros produtos usando partes impressas na hora em 3D. Confira o momento em que o experimento funcionou:

Devo ter medo?

Isso significa que ninguém está seguro? Mais ou menos.

A demonstração foi impresssionante e assustadora à primeira vista, mas ela foi feita de forma controlada, em um ambiente de menos riscos, com as ferramentas certas e profissionais preparados.

Além disso, cofres com combinações digitais, por exemplo, não podem ser abertos por esse robô. Sim, eles têm outras vulnerabilidades que podem ser exploradas por humanos ou máquinas, mas aí já é outra história.

via Novidades do TecMundo

Com pressa? Passa por cima: Cabify anuncia nova modalidade, o CabiFly

De uns tempos para cá tem se tornado comum ver helicópteros realizando diversos voos particulares, o que ajuda e muito a se livrar do trânsito de cidades como São Paulo. Pensando no conforto dos clientes e pegando carona nessa ideia, o Cabify anunciou que deu início às operações do CabiFly na última terça-feira (1º).

Fruto de uma parceria entre o Cabify e o Voom, o serviço no momento está disponível apenas na cidade de São Paulo e pode ser encontrado dentro do aplicativo do serviço, na categoria CabiFly.

Também houve a menção de que essas viagens devem ser reservadas com até 7 dias de antecedência e no mínimo 60 minutos antes do horário do voo. Quanto à ida e a volta do heliponto, essas serão feitas em carros da Cabify.

Um detalhe importante é que esse serviço só está disponível de segunda a sábado entre 7h e 20h.

E quanto custa a brincadeira?

Caso já esteja pensando no preço para utilizar essa modalidade de serviço, representantes das companhias informaram ao InfoMoney que um trajeto completo (o que provavelmente inclua a corrida de carro e o voo) deve girar em torno de R$ 460 por pessoa, e a esperança é ter um valor que caiba no bolso do cidadão de classe média.

via Novidades do TecMundo