Google vai expandir assinaturas no YouTube para mais canais

O YouTube vem sendo criticado por afetar a monetização dos canais. O Google não quer que eles dependam somente de anúncios para ganhar dinheiro. Por isso, o site vai expandir patrocínios para mais criadores; vai oferecer uma nova forma de vender produtos; e vai liberar vídeos gravados em transmissões ao vivo.

Os patrocínios já estavam disponíveis no YouTube Gaming por R$ 7,99 ao mês (US$ 4,99 nos EUA). Em breve, isso será expandido para canais qualificados com mais de 100 mil inscritos, com um novo nome — Channel Memberships.

Os assinantes podem receber distintivos exclusivos, posts restritos a membros, vídeos adicionais, livestreams, entre outros. O canal de Mike Falzone vem testando isso desde janeiro, e mais que triplicou sua receita no YouTube.

Além disso, haverá uma prateleira virtual abaixo dos vídeos, com 20 tipos de produtos — entre camisetas e canecas — que o criador poderá vender.

Dessa forma, o canal Lucas the Spider vendeu aranhas de pelúcia e gerou mais de US$ 1 milhão em apenas 18 dias. Isso já está disponível para canais nos EUA com mais de 10.000 inscritos, em parceria com a Teespring.

Por fim, o YouTube agora permite usar vídeos pré-gravados como transmissões ao vivo. Esta é uma forma de garantir que mais pessoas vão assistir: cada Premiere terá uma página de divulgação com data e horário de estreia.

Os fãs poderão conversar entre si, e com o responsável pelo canal, pelo chat ao vivo. E graças ao Super Chat, é possível pagar a partir de R$ 1 para destacar mensagens no bate-papo — inclusive mantendo-as mais tempo no mostrador. É outra forma de o canal ganhar dinheiro.

Segundo o YouTube, o número de criadores ganhando entre US$ 10 mil e US$ 100 mil por ano aumentou 35%; enquanto o número de criadores ganhando até US$ 1 milhão cresceu 40%.

Com informações: YouTube, Engadget.

Google vai expandir assinaturas no YouTube para mais canais

via Tecnoblog

Samsung abre vagas de estágios para o Brasil; veja como se inscrever

A Samsung Electronics Brasil abriu as inscrições para a primeira edição de seu programa de estágio. A empresa busca estudantes de graduação com formação prevista entre julho e dezembro de 2019 para atuarem nessa função por até 18 meses.

Há vagas para os cursos de Administração, Economia, Engenharias, Ciências Contábeis, Marketing, Comunicação Social e Psicologia. Os selecionados poderão adquirir experiência em diversas áreas da empresa como Marketing, Vendas, Finanças, Logística, Supply Chain, Serviços de Pós-vendas, Recursos Humanos e Business Management.

Segundo a Samsung, os novos estagiários participarão de um processo de desenvolvimento baseado na metodologia 70:20:10. Nela, 70% do aprendizado ocorre ao executar as atividades do dia a dia, 20% na interação com outros profissionais com feedbacks, orientações e workshops, e 10% em treinamentos formais, online e presencial.

A empresa oferece bolsa-auxílio de R$ 1.600 e benefícios como vale-transporte, assistência média e odontológica, férias remuneradas, restaurante com café da manhã e almoço, além de desconto em produtos.

As inscrições para o programa de estágio da Samsung devem ser feitas até 10 de julho por meio deste link. Em seguida, serão realizadas três etapas: teste online, entrevista por vídeo e painel com gestores da companhia. Os selecionados serão integrados à empresa em 10 de agosto.

Samsung abre vagas de estágios para o Brasil; veja como se inscrever

via Tecnoblog

Apple deixa de cobrar por aulas de artistas no GarageBand

O GarageBand deverá se tornar mais atrativo para quem deseja aprender a tocar um instrumento musical. A Apple liberou uma atualização do programa em que as aulas oferecidas por artistas passam a ser gratuitas. Até então, cada aula custava US$ 4,99.

Criada em 2009, a área conta com aulas de músicos como Sting, John Legend, Alex Lifeson (Rush) e Ben Gibbard (Death Cab for Cutie). A mudança faz o conteúdo ser integrado às aulas básicas do GarageBand, que já eram gratuitas. Além disso, o material passa a ser oferecido em 150 países (e não apenas em 20 países, como acontecia até agora).

O programa também ganhou duas novas sequências de baterias para jazz, mil loops de gêneros como reggaeton e chill rap, e 400 mil efeitos que reproduzem animais, máquinas e vozes. Há ainda a inclusão de três tradicionais instrumentos asiáticos: Guzheng, Koto e Taiko.

No ano passado, o Garageband se tornou gratuito para qualquer usuário de macOS ou iOS. O editor, que já estava liberado desde 2013 para quem comprasse um novo aparelho, teve sua disponibilidade ampliada junto com o iMovie e a suíte iWork.

Com informações: 9to5Mac.

Apple deixa de cobrar por aulas de artistas no GarageBand

via Tecnoblog

Vivo Turbo ganha plano pré-pago válido por 15 dias

A Vivo está ampliando as opções de planos pré-pago, lançando nesta sexta-feira (22) o Vivo Turbo válido por 15 dias. A operadora diz em comunicado que essa oferta foi pensada “para quem prefere uma opção com maior validade, para ter serviços ativos por mais tempo”.

O novo plano custa R$ 9,99 com renovação automática. A franquia é de 1 GB na maioria dos municípios, e 1,5 GB em algumas cidades específicas (incluindo o Rio de Janeiro). Em ambos os casos, se você acumular R$ 30 ou mais em recarga, a Vivo oferece bônus de 1 GB válido por 7 dias.

As ligações são ilimitadas apenas para Vivo, seja fixo ou móvel, local ou longa distância. As chamadas para outras operadoras custam R$ 1,49/dia por 10 minutos e R$ 1,99 por minuto adicional.

O envio de SMS também é ilimitado apenas para Vivo. Cada mensagem custará R$ 0,10 se for enviada para celulares de outras operadoras.

O Vivo Turbo 15 Dias permite acumular internet para o próximo ciclo (se sobrar algo do 1 GB) dentro do Vivo Bis; e também permite receber (ou enviar) franquia entre clientes pré e controle.

A oferta de 1 GB é válida para São Paulo (exceto DDD 16), Rio de Janeiro (exceto DDD 21), Minas Gerais (exceto DDDs 33 e 34), Pará (exceto DDD 91), Maranhão (exceto DDD 98), Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Sergipe, Acre, Amazonas, Amapá e Roraima.

Nessa região, a Vivo também oferece os seguintes planos no pré-pago:

  • R$ 9,99 por semana: 1 GB de internet, ligações ilimitadas para Vivo e SMS ilimitado para Vivo
  • R$ 14,99 por semana: 2 GB de internet, ligações ilimitadas para Vivo, 40 minutos locais para outras operadoras e SMS ilimitado para Vivo

Em outras cidades, esses planos têm 1,5 GB e 3 GB de internet, respectivamente.

Vivo Turbo ganha plano pré-pago válido por 15 dias

via Tecnoblog

TIM libera chamadas por 4G no pré-pago em São Paulo e no Rio

A TIM liberou nesta sexta-feira (22) as chamadas por VoLTE para clientes pré-pago na cidade de São Paulo. Isso significa que, se você estiver conectado a uma rede 4G e fizer uma ligação, não será mais “derrubado” para o 3G.

A operadora também ativou o VoLTE para o pré-pago e controle na cidade do Rio de Janeiro. Isso ocorreu na semana passada, quando a TIM ativou a rede 4G em 700 MHz na capital carioca.

As chamadas por 4G já estavam disponíveis em São Paulo e no Rio desde setembro do ano passado, mas apenas para clientes pós-pago. Elas usam as frequências de 700 MHz após o desligamento da TV analógica; ou a faixa de 1.800 MHz após refarming.

Nos últimos dias, um novo ícone de telefone com 4G chamou a atenção de clientes pré em São Paulo e no Rio:

O VoLTE tem algumas vantagens em relação às chamadas tradicionais. Ele oferece maior qualidade de voz; permite navegação simultânea no 4G; e reduz o tempo para estabelecer uma ligação — “de 8 para 4 segundos, em média”, diz Leonardo Capdeville, diretor técnico da TIM, em comunicado.

Como sempre, lembramos que as chamadas via 4G não consomem sua franquia de dados, apenas seu pacote de minutos. E para usá-las, é preciso ter um aparelho compatível; a lista oficial segue no fim do post.

Atualmente, a TIM oferece VoLTE em 1.501 cidades no pós-pago, espalhadas por todos os estados brasileiros. No pré-pago e controle, a tecnologia está presente em cerca de 1.200 municípios. A lista completa está disponível neste link.

E a lista com dispositivos compatíveis segue abaixo. Ela não é atualizada pela TIM há quase um ano, então provavelmente smartphones mais recentes — como o Galaxy S9 — também funcionam com VoLTE.

Apple

  • iPhone SE
  • iPhone 6
  • iPhone 6 Plus
  • iPhone 6S
  • iPhone 6S Plus
  • iPhone 7
  • iPhone 7 Plus
  • iPhone 8
  • iPhone 8 Plus
  • iPhone X

Samsung

  • Galaxy A5 2016
  • Galaxy A5 2017
  • Galaxy A7 2017
  • Galaxy J2 Prime
  • Galaxy J5 Duos
  • Galaxy J5 Prime
  • Galaxy J7 Prime
  • Galaxy J7 Pro
  • Galaxy S6 Edge
  • Galaxy S6
  • Galaxy S7
  • Galaxy S7 Edge
  • Galaxy S8
  • Galaxy S8+
  • Galaxy Note 8

Motorola

  • Moto C Plus
  • Moto E4 Plus
  • Moto G4 DTV
  • Moto G4 Plus
  • Moto G5
  • Moto G5 Plus
  • Moto G5S
  • Moto G5S Plus
  • Moto X4
  • Moto Z
  • Moto Z Play
  • Moto Z2 Play
  • Moto Z2 Force

LG

  • LG G4
  • LG G5
  • LG G6
  • LG K4 Novo
  • LG K8
  • LG K10
  • LG K10 Novo
  • LG Q6
  • LG Q6 Plus

Asus

  • Zenfone 4

TIM libera chamadas por 4G no pré-pago em São Paulo e no Rio

via Tecnoblog

Motorista de Uber autônomo assistia a episódio de The Voice antes do acidente

A polícia de Tempe, no Arizona, tem mais informações sobre o acidente fatal causado por um carro autônomo do Uber em março. Um relatório de 348 páginas divulgado nesta quinta-feira (21) aponta uma distração da motorista Rafaela Vasquez, que estava no veículo para atuar em situações de emergência.

Durante o teste do carro do Uber, ela usou seu celular para assistir a um episódio de The Voice pelo aplicativo do Hulu. A cerca de 5 segundos do acidente, a motorista não estava com os olhos apontados para a pista. Ela só retomou a atenção e acionou o freio cerca de 0,5 segundo antes de o veículo colidir com a pedestre Elaine Herzberg.

Uber

A informação sobre o que Rafaela estava assistindo foi obtida com a ajuda do próprio Hulu. Em 10 de maio, o serviço de streaming recebeu uma mensagem em que a polícia dizia que se tratava de “um caso muito sério” e que a informação seria “crucial” para a investigação.

No dia 31 de maio, a plataforma informou que a motorista assistiu ao programa por 42 minutos. Ele foi encerrado às 21h59, coincidindo com o momento do acidente. Na ocasião, Elaine atravessava a rodovia com sua bicicleta fora da faixa de pedestres.

A polícia de Tempe classificou o caso como “inteiramente evitável”. A motorista poderá ser acusada de homicídio, a depender da decisão dos promotores responsáveis. Ela também poderá ser demitida, já que o Uber não permite o uso de celulares durante os testes.

Em seu depoimento ao Conselho Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB, na sigla em inglês), Rafaela disse que estava monitorando o sistema do carro. Ela garantiu que não usou celulares até a colisão.

As novas informações divulgadas pela polícia podem prejudicar o Uber, que decidiu suspender os testes de carros autônomos no Arizona em maio. Novas decisões de autoridades americanas podem impedir os planos da empresa de retomar os experimentos no estado.

Com informações: Reuters.

Motorista de Uber autônomo assistia a episódio de The Voice antes do acidente

via Tecnoblog

Facebook também terá avisos para quem passa muito tempo no app

Vimos por aqui que o Instagram está preparando uma ferramenta para mostrar quanto tempo você passa no aplicativo. O Facebook seguiu pelo mesmo caminho, e avisará o usuário caso ele fique muito tempo na rede social.

O TechCrunch divulgou imagens do recurso “Your Time On Facebook”. Ele mostra quanto tempo você passou no aplicativo nos sete últimos dias, e o tempo médio gasto por dia.

Além disso, ele permite definir um lembrete quando você atingir seu limite diário. Isso é opcional e definido pelo próprio usuário.

Este recurso ainda não foi lançado, mas o Facebook confirmou ao TechCrunch que está mesmo desenvolvendo isso. “Estamos sempre trabalhando em novas formas para ajudar a garantir que o tempo das pessoas no Facebook seja um tempo bem gasto”.

Mark Zuckerberg disse no início do ano que “uma das nossas principais áreas de foco para 2018 é garantir que o tempo que todos gastamos no Facebook seja tempo bem gasto”.

Time Well Spent é uma iniciativa criada por Tristan Harris, ex-funcionário do Google. Ele quer que empresas de tecnologia reconsiderem a tática de viciar usuários para mantê-los presos o máximo de tempo possível, a fim de exibir anúncios.

Essa ideia está sendo adotada pela Apple no iOS 12; pelo Google, no Android P; e no aplicativo do YouTube.

Facebook também terá avisos para quem passa muito tempo no app

via Tecnoblog

Operadoras ainda pressionam por franquias na banda larga fixa

Vivo, NET e Oi preveem franquias em seus serviços de banda larga fixa, mas não podem aplicá-las graças a uma decisão da Anatel. Claro, os provedores ainda querem implementar esses limites, reacendendo uma polêmica que começou no Brasil há dois anos.

Segundo o UOL Tecnologia, grandes operadoras estão pressionando a Anatel para que as franquias de internet fixa sejam novamente discutidas e, depois, aprovadas. A Abrint, que representa pequenos provedores, e o Sindisat, sindicato de provedores por satélite, também estariam participando disso.

A Vivo tentou implementar franquias na banda larga fixa em 2016, estabelecendo limites mensais entre 10 GB e 130 GB, dependendo do plano. Os clientes estariam sujeitos a bloqueio ou redução de velocidade.

Então, após meses de debate, a Anatel decidiu proibir as franquias até que o assunto fosse analisado pela agência. Este ano, ela abriu uma consulta pública para receber feedback de provedores e de entidades para defesa do consumidor; o prazo vai até 6 de setembro.

Um projeto de lei altera o Marco Civil da Internet para proibir essas franquias, garantindo a “não implementação de franquia limitada de consumo nos planos de internet banda larga fixa”. Ele foi aprovado no Senado e agora está na Câmara, na CCTCI (Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática).

“No mínimo 500 GB”

Ainda assim, os provedores querem franquias. O Sindisat se posiciona a favor. E Basilio Perez, presidente da Abrint, diz ao UOL Tecnologia que o fornecimento de internet é um recurso finito.

“Quem está vendendo internet está comprando de alguém. Não existe um local de onde você recebe internet de graça. Como você [provedor] tem uma conta para pagar, esta será ampliada se você [usuário] tiver um uso exacerbado”, justifica Perez.

Para ele, as franquias deveriam ser no mínimo de 500 GB; é o suficiente para assistir cerca de 2h30 de Netflix na TV todo dia. No entanto, isso é muito superior ao que consta nos contratos da Vivo, NET e Oi.

Estas são as franquias nos principais planos, que não podem ser implementadas enquanto a Anatel não der permissão:

NET

  • 5 Mb/s: 20 GB
  • 35 Mb/s: 100 GB
  • 60 Mb/s: 150 GB
  • 120 Mb/s: 200 GB
  • 500 Mb/s: 500 GB

Vivo

  • 50 Mb/s: 170 GB
  • 100 Mb/s: 220 GB
  • 200 Mb/s: 270 GB
  • 300 Mb/s: 300 GB

Oi

  • Até 2 Mb/s: 60 GB
  • 5 Mb/s: 70 GB
  • 10 Mb/s: 90 GB
  • 15 Mb/s: 110 GB
  • 20 Mb/s: 110 GB
  • 25 Mb/s: 130 GB
  • 35 Mb/s: 130 GB

Só para provedores pequenos?

No Encontro Nacional da Abrint, o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) se posicionou a favor de serviços com franquias, mas apenas para operadoras pequenas — Vivo, NET e Oi não deveriam impor limites.

Rafael Zanatta, advogado da entidade, lembra que o acesso à internet não poderia ser cortado após estourar o limite, nem reduzir a velocidade para níveis de internet discada.

Para a consulta sobre as franquias na internet fixa, a Anatel acionou 204 grupos, incluindo empresas, associações, sindicatos, governo, OAB e Procon. O assunto voltará à tona mais uma vez.

Operadoras ainda pressionam por franquias na banda larga fixa

via Tecnoblog

Argélia desliga internet para evitar que estudantes colem na prova

A Argélia quer impedir de qualquer jeito que os estudantes do ensino médio colem nas provas desse ano. Para isso, o governo adotou uma medida bastante controversa: desativar toda a internet do país durante a realização dos testes.

Com a decisão, o serviço será bloqueado uma hora depois do início de cada dia de prova. A internet do país ficará indisponível enquanto os 700 mil estudantes estiverem em sala de aula, o que levará cerca de duas horas.

A ordem entrou em vigor na última quarta-feira (20) e é válida até a segunda-feira (25). Neste período, o Facebook ficará totalmente bloqueado no país.

Ao jornal argelino Annahar, a ministra da educação da Argélia, Nouria Benghabrit, admitiu não estar confortável com a situação. No entanto, ela entende o país não deve “ficar passivo diante de um possível vazamento”.

O objetivo do governo é impedir um novo incidente como o ocorrido em 2016, quando as respostas vazaram antes mesmo das provas começarem. No ano passado, as autoridades pediram que os provedores de internet impedissem o acesso às redes sociais, mas isso não foi suficiente.

Agora, alunos e funcionários das escolas também foram proibidos de entrarem com dispositivos eletrônicos nos 2 mil locais de prova.

Para se certificar de que a ordem será cumprida, o governo instalou detectores de metal na entrada das escolas. Nas locais de impressão das provas, também foram colocadas câmeras e bloqueadores de sinais de celular.

Com informações: BBC.

Argélia desliga internet para evitar que estudantes colem na prova

via Tecnoblog

iOS 12 beta: veja como baixar e instalar no seu iPhone

Não é difícil instalar o iOS 12 beta no seu iPhone, iPad ou iPod touch; ainda que a versão de testes esteja disponível apenas para desenvolvedores, você consegue baixar no celular mesmo antes do beta público. Vale lembrar, porém, que o lançamento final ainda não aconteceu e o sistema pode apresentar instabilidades.

iOS 12 chegará para iPhone 5s e outros modelos antigos; veja se o seu está na lista

As melhores novidades do iOS 12

O iOS 12 foi anunciado no começo de junho e o beta para desenvolvedores saiu no mesmo dia; é esperado que a versão final seja liberada em setembro ou outubro. O sistema é compatível com o iPhone 5s ou superior, iPad mini 2, iPad (5ª geração), iPad Air, iPad Pro ou superior e iPod touch (6ª geração).

Veja quais iPhones são compatíveis com o iOS 12

  • iPhone X
  • iPhone 8
  • iPhone 8 Plus
  • iPhone 7
  • iPhone 7 Plus
  • iPhone 6s
  • iPhone 6s Plus
  • iPhone 6
  • iPhone 6 Plus
  • iPhone SE
  • iPhone 5s

Como baixar e instalar o iOS 12 beta no iPhone

iOS 12

Antes de fazer a instalação, vale o recado: o iOS 12 ainda está em beta. No momento que escrevo este texto, o beta ainda não é público então pode ser que o sistema apresente instabilidades, como duração menor de bateria, lentidão e/ou nem todos seus apps funcionem corretamente. Faça por sua conta e risco. Apesar disso, estou com a versão instalada no meu iPhone 7 (dispositivo principal) e não tive nenhum problema.

É possível instalar o beta de desenvolvedor no iPhone baixando o que é chamado de beta profile, fazendo a Apple entender que o seu celular está habilitado para receber a atualização. Não é um método oficial, mas o certificado é assinado pela Apple e considerado seguro. Veja como fazer:

  1. Entre neste site pelo seu iPhone, iPad ou iPod touch;
  2. Procure por iOS 12 Beta Profile e toque em Download;
  3. No aviso que aparecer no celular, toque em Permitir;
  4. No canto superior direito, toque em Instalar;
  5. Digite o código (senha) do seu dispositivo;

  1. Leia os termos de uso e toque em Instalar no canto superior direito;
  2. Por fim, confirme novamente em Instalar na tela que aparecer;
  3. Toque em Reiniciar para reiniciar o iPhone e aplicar as configurações;
  4. Quando o iPhone reiniciar, entre em Ajustes > Geral > Atualização de Software;
  5. O beta de desenvolvedor do iOS 12 deve estar disponível. Toque em Transferir e Instalar para começar o download;
  6. Quando a atualização for baixada, o iOS vai pedir para reiniciar e instalar. Confirme e aguarde.

Pronto! O seu iPhone, iPad ou iPod touch deve ficar entre 10 a 20 minutos atualizando e então seu dispositivo reiniciará diretamente no iOS 12. É só colocar sua senha, seguir os passos na inicialização e depois usar seu smartphone ou tablet atualizado.

O que há de novo no iOS 12

Nós já detalhamos em vídeo e em texto quais são as melhores novidades do iOS 12. O sistema agora traz mais desempenho para modelos mais antigos, agrupa as notificações, tem recursos para reduzir distrações, de realidade aumentada (ARKit 2) e trouxe novidades para a Siri, app de Fotos, Mensagens e novas versões do Gravador, Apple Books, Ações e Notícias, além de um app para medir distâncias chamado Measure.

iOS 12 beta: veja como baixar e instalar no seu iPhone

via Tecnoblog