Amazon se junta a outras gigantes em plataforma de AI open source

A plataforma de inteligência artificial open source Apache MXNet acaba de ganhar um reforço de peso. Trata-se da Amazon Web Services, que passa a oferecer o sistema de aprendizagem profunda em Python ONNX dentro do sistema que já conta com o recursos de outras gigantes do setor da tecnologia e internet, como Microsoft e Facebook.

“Com o suporte do formato ONNX para o MXNet, desenvolvedores podem construir e testar modelos com outros frameworks, como PyTorch, Microsoft Cognitive Toolkit ou Caffe2, e importar esses modelos para o MXNet a fim de rodá-los usando a engine altamente otimizada e escalável do MXNet”, informou a companhia em comunicado.

A Amazon anunciou ainda que se junta ao Facebook e à Microsoft em um projeto de colaboração em torno do ONNX. A ideia é “torná-lo acessível e útil para praticantes de aprendizagem profunda”, registra a gigante do varejo e da tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Twitter confirma ferramenta para posts sequenciais, o famoso “tweetstorm”

Se você acompanha o Twitter com frequência, já deve ter presenciado histórias postadas de forma sequencial, até porque a limitação de 140 caracteres — e agora de 280 — não permitem escrever algo tão longo e promovem um certo suspense sobre as próximas mensagens. O microblog prestou atenção nesse comportamento de milhares de usuários e decidiu criar uma ferramenta específica para isso. O “tweetstorm” vai virar realidade em breve e os testes já vêm sendo realizados, agora confirmados pela própria rede social.

O Android Police publicou alguns detalhes sobre a novidade, que deve estar disponível inicialmente no Android e no iOS. Em primeiro lugar, ele terá um botão para adicionar capítulos no canto direito da caixa de composição, perto de onde você adiciona fotos, GIFs, pesquisas e localização. Depois de acioná-lo, é só incluir cada texto, que aparece em linha vertical, na ordem que será publicada.

Twitter tweetstorm

Depois, é só pressionar “Tweet All” para que a própria plataforma publique de acordo com a fila. Ainda não dá para saber se haverá mais opções para programação desse conteúdo — por exemplo, se será possível enviar algo em determinados intervalos de dias e horários ou temas. Mas como tudo está ainda nas fases alpha e beta e a companhia costuma prestar bastante atenção nos usuários, pode ser que essas funcionalidades sejam incluídas até o lançamento.

Twitter tweetstorm

O tweetstorm vem se tornando um recurso narrativo atraente para produtores de conteúdo, escritores, periódicos e marcas. Portanto, é algo que a empresa tem muito interesse em lançar, já que seu uso pode se desdobrar em mais iniciativas profissionais e comerciais. Ainda não há data para a estreia.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Segundo a Apple, iPad Pro pode decretar o fim da era do computador

Apple lançou um novo comercial do novo iPad Pro com uma proposta ousada: acabar com a era dos computadores. Segundo a propaganda, o iPad Pro, juntamente com o iOS 11 e outros recursos disponíveis, como a Apple Pen, vai ser capaz de substituir e até tornar obsoletos os notebooks clássicos como conhecemos.

A jovem futurista responde com um outro questionamento: ‘O que é um computador?’

No vídeo, podemos ver uma garotinha que tem um dia bastante agitado com seu iPad Pro – que ela usa como um laptop juntamente com o teclado do dispositivo –, tirando fotos, conversando com amigos pela internet, fazendo desenhos e muito mais.

A grande sacada do comercial é o gran finale, quando a protagonista chega em casa com seu iPad Pro e sua mãe pergunta o que ela está fazendo no computador. A jovem futurista responde com um outro questionamento: “O que é um computador?”. Será que o tablet da Apple vai de fato substituir os computadores?

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

MediaTek suspende fabricação de processadores para smartphones de ponta

A MediaTek surpreendeu o mundo e anunciou nesta sexta-feira (17) a suspensão da fabricação de processadores de ponta, focando apenas no mercado intermediário. O anúncio foi feito por meio do diretor geral internacional de vendas da companhia, Finbarr Moynihan, em uma entrevista na qual ele afirma acreditar que o os processadores da sua empresa não estão no mesmo nível dos grandes nomes do mercado da atualidade.

“O chipset e o modem precisam estar aptos a atender as demandas de ponta para operadoras estadunidenses, europeias, chinesas, japonesas, coreanas, africanas e indianas, certo? Então, é preciso ter as mais recentes e modernas especificações de modem. O [processador MediaTek Helio] X30 provavelmente não está neste nível em termos de todos os requerimentos globais, mas nós sabíamos disso, correto?”, afirmou ao site Gearburn.

MediaTek não se vê na condição de disputar mercado com os grandes nomes do setor e resolveu se afastar temporariamente do setor de chips mobile

Apesar de reconhecer os esforços para continuar evoluindo o seu produto e garantir que isso vai acontecer, Moynihan reconhece que “provavelmente não será nos próximos um ou dois anos”, o que causa certo desapontamento em um mercado cada vez mais restrito.

Vale lembrar que poucas empresas atualmente utilizam o processador da MediaTek em seus dispositivos de ponta — e Meizu, chinesa que atua no Brasil, é uma delas. No início do ano, a Xiaomi desistiu de usar o X30 e agravou a situação da MediaTek. Tudo Isso também justifica esse hiato pelo qual passará a fabricante de processadores a fim de, quem sabe, voltar daqui a pouco capaz de fazer frente a gigantes como Qualcomm, Samsung, Huwaei e Apple.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Especialista é premiado com US$ 100 mil pela Google por falha encontrada

Um pesquisador de segurança ganhou uma bolada da Google por ter denunciado uma falha que encontro em um sistema operacional da empresa. Desde 2015 a companhia oferece recompensas para quem revelar bugs que a Google desconhece em alguns de seus produtos, nesse caso, o Chrome OS, o sistema operacional do Chromebook e do Chromebox.

O especialista em segurança Gzob Qq descobriu uma série de falhas e vulnerabilidades que poderiam permitir a execução persistente de códigos no Chrome OS

Conhecido por seu nome virtual Gzob Qq, o pesquisador está recebendo a recompensa pela segunda vez. O valor de cada uma delas? US$ 100 mil, ou R$ 326 mil, cumprindo o que é dito nas regras do programa de recompensas da Google: “Temos uma recompensa de US$ 100 mil para os participantes que possam comprometer um Chromebook ou o Chromebox com a persistência de dispositivo no modo de convidado”.

O especialista em segurança Gzob Qq descobriu uma série de falhas e vulnerabilidades que poderiam permitir a execução persistente de códigos no Chrome OS. O problema foi avisado para a Google no último mês de setembro e a empresa já fez as devidas alterações para corrigi-lo. A última atualização do Chrome OS, feita na semana passada, já tratou de todas as falhas encontradas.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Vai ficar só para 2018: Apple adia lançamento dos smart speakers HomePods

A Apple tinha planos para começar sua entrada no universo dos smart speakers em dezembro, com o lançamento dos HomePods, turbinados pela assistente digital Siri e todo seu ecossistema. Acontece que a companhia ainda não conseguiu finalizar o produto para enviá-lo em larga escala e agora ele só deve ser lançado no começo de 2018.

“Não vemos a hora de entregar aos usuários a experiência dos HomePods, os avançados alto-falantes sem fio para o lar, mas precisamos de mais tempo até que eles estejam prontos para os consumidores. Vamos começar a distribuí-los nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália no começo de 2018”, diz o comunicado, sem especificar em qual mês.

Ainda não dá para saber ao certo quais as razões dessa demora — se seria para atualizar ou melhorar funcionalidades, agregar novos componentes ou algum problema pontual que tenha comprometido o calendário. Certo mesmo é que a Maçã vai precisar de uma estratégia refinada para concorrer com o Amazon Echo Plus, o Google Home Max e o Sonos One, já que todos estarão disponíveis para os consumidores para as compras de final de ano.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

App de namoro para evangélicos traça perfil dos usuários; confira os dados

Você já ouviu falar do app “RomanceCristão”?  Trata-se de uma plataforma de namoro dedicada a evangélicos desenvolvida para oferecer uma “opção mais séria” a ferramentas como Tinder, GrindrBadoo e vários outros. A ideia é que todos os usuários estejam ali apenas em busca de relacionamentos sérios, inclusive casamento. Segundo o app, já são mais de meio milhão de usuários e, com dados de tanta gente, a plataforma conseguiu traçar um perfil desse pessoal.

A principal curiosidade é relacionada à quantidade de mulheres, que, em outras aplicações, são normalmente a minoria. No RomanceCristão, contudo, a história é outra. Aqui elas representam 57% do total de usuários e, em estados como Maranhão e Pernambuco, elas chegam a superar os homens em grandes proporções. Nessas localidades, existem praticamente sete vezes mais mulheres do que homens usando a plataforma. “A proporção de mulheres nas igrejas é bem maior que a de homens, e o nosso aplicativo tenta equilibrar essa balança”, comenta Marcos Vieira, criador da plataforma.

Contudo, as mulheres do RomanceCristão estão menos interessadas em relacionamentos duradouros. Segundo dados do app, 54% dos homens estão em busca de casamento, enquanto 45% das mulheres esperam encontrar o parceiro ideal para o matrimônio. Não foram divulgados dados sobre usuários que buscam parceiros do mesmo sexo.

A maioria dos usuários tem entre 30 e 50 anos, sendo solteiros e divorciados

É interessante destacar ainda que este definitivamente não é um aplicativo de namoro para jovens. A maioria dos usuários tem entre 30 e 50 anos, sendo solteiros e divorciados. As cidades com a maior quantidade de adeptos são: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Curitiba.

O aplicativo ainda divide seus usuários por igreja. A instituição religiosa com a maior quantidade de usuários do RomanceCristão é a Assembleia de Deus. Confira o top 5:

  • 1 – Assembleia de Deus (22%)
  • 2 – Batista (14%)
  • 3 – Adventista do Sétimo Dia (13%)
  • 4 – Pentecostal (11%)
  • 5 – Universal do Reino de Deus (11%)

O RomanceCristão está disponível para AndroidiOS e para a web. Todos os perfis de usuários, bem como todas fotos postadas, são verificados para garantir a segurança, segundo os criadores.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Huawei instalou app da GoPro em smartphones sem consentimento de usuários

A Huawei segue firme como uma das três maiores fabricantes de smartphones da atualidade, atrás da Samsung e brigando pela segunda posição com a Apple. Contudo, isso não impede a companhia de cometer alguns vacilos, como instalar aplicativos nos dispositivos de seus clientes sem qualquer tipo de consentimento ou notificação.

Quem trouxe a informação à tona foi o site holandês Android Planet. De acordo com a publicação, uma série de pessoas começaram a reclamar nos fóruns da filial holandesa da Huawei que o editor de vídeo Quik, da GoPro, apareceu em seus dispositivos. A companhia confirmou à publicação que a instalação de fato aconteceu, mas alegou que tudo não passou de um erro interno.

GoPro QuikGoPro Quik foi instalado pela Huawei sem autorização dos usuários.

Após pedir desculpas pelo ocorrido, a Huawei garantiu que vai investigar o caso. De qualquer maneira, a companhia prometeu enviar uma notificação a todos os usuários informando sobre o Quik e alertou que a solução mais simples é remover o aplicativo manualmente indo até às configurações do Android.

O mais curioso de tudo isso é que a Huawei e a GoPro anunciaram uma parceria para fazer do Quik um aplicativo nativo do EMUI 5.1 OS, a interface própria utilizada pela fabricante sobre o sistema Android. Não foi informado ao certo quantas pessoas foram atingidas pelo erro, mas os relatos no fórum apresentam informações sobre vários aparelhos diferentes da Huawei.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Hacker invade grupo no Telegram do Estado Islâmico e derruba site oficial

Um hacker muçulmano teve sucesso ao derrubar hoje (17) o site de notícias do Estado Islâmico (ISIS), o Amaq. Além de tirar o domínio do ar, o hacker Di5s3nSioN publicou no Twitter uma imagem provando que se infiltrou em um possível grupo do Estado Islâmico no Telegram — vale notar que, cada vez mais escorraçados da internet, os simpatizantes e participantes da Daesh se encontram em grupos de aplicativos mensageiros.

A ação de hoje é a sequência de um ataque realizado na segunda-feira passada (13) pelo mesmo hacker. No começo da semana, Di5s3nSioN invadiu o site oficial do ISIS e ainda vazou uma lista de 2 mil pessoas que haviam se registrado no domínio para receber atualizações via email.

Nós somos os insetos [bugs] no seu sistema e não podemos ser removidos. Nossa jornada para silenciar o Daesh vai continuar, disse o hacker

O site oficial do Estado Islâmico é o Amaq, que atua como uma rede de notícias do grupo extremista. O ataque hacker ao domínio, assinado por Di5s3nSioN, permitiu que o hacker tivesse acesso aos emails registrados. Então, com essas informações em mãos, Di5s3nSioN enviou um email para todos os 1.784 usuários registrados com a seguinte mensagem — além de expor as contas:

“Nós hackeamos a lista de emails ‘completamente segura’ da Amaq! Daesh [ISIS]… Nós devemos chamá-los de cachorros por seus crimes ou de cobras por sua covardia? Nós somos os bugs [insetos] no seu sistema”. Em um tweet, o hacker ainda notou: “Desafio completo — muito fácil! Emails de 2000 assinantes hackeados na Amaq… O que vem aí?”.

amaqAmaq

Invasão no Telegram

No Telegram, pela imagem publicada pelo hacker, é possível notar uma conversa entre os participantes para remover a conta do atacante. Em manifesto, Di5s3nSioN deixou o seguinte recado: “Nós somos os insetos [bugs] no seu sistema e não podemos ser removidos. Nossa jornada para silenciar o Daesh vai continuar!”.

Abaixo, você acompanha alguns prints compartilhados pelo hacker

Di5s3nSi0N__2@Di5s3nSi0N__2

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Botão de “excluir post” desaparece do Facebook para alguns usuários

Usuários do Facebook começaram a perceber hoje (17) que a rede social não permite mais excluir postagens a partir de seu site para desktop. A mudança não atinge todos os usuários e parece se limitar a perfis que usam a língua inglesa como padrão. Contudo, essa condição ainda não foi confirmada.

Em um rápido teste com um perfil brasileiro, a opção de excluir postagens ainda se mostrava presente. Isso pode indicar que a remoção desse recurso na versão desktop do site seria algum tipo de teste limitado. O Facebook é largamente conhecido por fazer incontáveis testes de novas funções e recursos em seus sites e apps, tanto é que muitas modificações passam batidas para boa parte dos usuários. Só que que a impossibilidade de deletar publicações vem chamando atenção.

facebook

Para os usuários afetados, ainda é possível “esconder a publicação da linha do tempo”, mas isso não é exatamente uma solução definitiva para quem publicou algo errado ou gostaria de se livrar de postagens antigas e constrangedoras.

No Twitter, a polêmica já tem uma boa quantidade de tweets discutindo o assunto. O Facebook, por sua vez, ainda não comentou oficialmente esse recurso. No site mobile, a possibilidade de exclusão permanece inalterada, bem como em apps para Android e iOS.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

%d blogueiros gostam disto: