Vazamento de dados no Uber; Motorola começa liberar o Android Oreo e +[CT News]

Pesquisador descobre brecha de segurança da DJI e é ameaçado pela empresa // Uber pagou US$ 100 mil para que hackers ficassem em silêncio sobre ataque // Sinal analógico de TV será desligada nesta quarta (22) no Rio de Janeiro //

Assista ao vídeo.

via Canaltech

Os 10 melhores apps iOS da semana (22/11/17)

Precisando de novos aplicativos aí no seu iPhone ou iPad, nem que seja para dar um ar de renovação ao dispositivo? Toda semana o Canaltech separa 10 sugestões direto da App Store para você, veja só:

1. Papelzinho

Estamos no final de ano, e essa época é sempre igual: se você trabalha em empresa, participa de grupos familiares ou estudantis, já sabe que vem amigo secreto por aí. Para acabar com a burocracia do sorteio, que exige que todos os participantes da brincadeira estejam presentes, o melhor mesmo é usar um app que faz todo o "trabalho duro" para os organizadores do sorteio. O Papelzinho automatiza isso ao enviar o nome do amigo sorteado por email a todos os participantes. 

2. Promobit

Em semana de Black Friday, quem vai na frente bebe água limpa. E para isso a gente selecionou umas ferramentas para te ajudar a caçar ofertas e produtos que estejam com descontos honestos na data de maior polvorosa do ecommerce brasileiro. O Promobit, por exemplo, é um app que te ajuda a encontrar o melhor preço nos principais varejistas online do país em eletro, gadgets e informática em geral. O app oferece uma comunidade com ofertas e descontos. O vídeo abaixo mostra a plataforma web do Promobit em funcionamento, mas o funcionamento é bem semelhante no app.

3. Pelando

O Pelando é outro app voltado a ofertas para você se organizar nesta Black Friday. Ele lista promoções e descontos e te avisa em tempo real quando aparecer aquela oferta que você tanto esperava. O aplicativo também lista os melhores preços das principais lojas do Brasil, com ênfase em jogos, smartphones, eletrodomésticos, informática e eletrônicos. 

4. GoRead

Tenha acesso a várias publicações digitais, de vários gêneros, na ponta dos seus dedos com o GoRead, da editora Abril. O app é tipo uma Netflix de revistas, um agregador com conteúdo interativo e recursos incríveis (dependendo da publicação) que vão incrementar ainda mais sua experiência de leitura, como vídeos, áudios e galerias de imagens. São mais de 180 publicações, com temas diversos. 

5. 1Password

Gerenciar suas senhas tem te dado dor de cabeça? Ou você quer senhas seguras, difíceis de quebrar, para manter a segurança de suas contas em dia? O 1Password é o aplicativo ideal para quem quer se manter seguro e deixar as contas longe do alcance dos cibercriminosos. Trata-se de um gerenciador que, além de gerar senhas fortíssimas, as organiza para você. Basta adicionar as senhas que você já tem que o app faz o resto, modificando suas senhas de tempos em tempos para evitar qualquer imprevisto. E, com apenas alguns toques, você acessa normalmente seus serviços. O app é pago e precisa de assinatura (US$ 3,99 mensais, no plano individual).

6. Invoice2Go

Você é dono de PME? Se tem seu próprio negócio e precisa gerar faturas profissionais sem demora nem complicação, o Invoice2Go vai ser uma verdadeira mão na roda. Isso porque o app cria faturas de maneira simples e permite gerar e receber pagamentos. De prestadores de serviços a passeadores de cães, de web designers a músicos. Todas as suas informações são automaticamente sincronizadas e disponibilizadas no seu iPhone, no seu iPad e no seu computador.

7. Medly

Música é o remédio da alma. Que tal fazer você mesmo suas composições no iPhone ou iPad? O Medly é isso: ele abre alas para músicos novos e experientes criarem e guardarem suas canções, para depois compartilhar com a galera. Escolha os instrumentos, crie trilhas, desenhe suas notas, organize os acordes, cante e use diversos loops e samples para criar músicas completas e inéditas, 100% assinadas por você.

I

8. Haunted Tales

Esse divertido joguinho, novo na App Store, te desafia a ajudar Pepe a se desvencilhar de armadilhas e raios mortais em uma espécie de apocalipse que assola sua cidade! A maldição toma conta de todos os lugares, e você precisa, a qualquer custo, se livrar de seus inimigos e acabar com a raça do misterioso inventor encapuzado, o grande culpado pela bagunça que destruiu a ordem e a paz.

9. Flipping Legend

Você está prestes a entrar em um ambiente controlado por padrões, e em Flipping Legend você vai aprender e melhorar cada vez mais com eles! Torne-se um combatente exemplar ao controlar seu próprio ritmo e sua própria velocidade para acabar com seus inimigos. No jogo, com o tempo, você vai desbloqueando as habilidades do seu herói e se aperfeiçoando enquanto conquista novas terras e se torna um verdadeiro mestre de seus movimentos!

10. Never Alone: Ki Edition

Um jogo indie, lindo e bastante cativante. Assim definimos Never Alone: Ki Edition, um jogo que mistura desafios de quebra-cabeça com elementos de plataforma e que narra a trajetória da garotinha Nuna e de sua raposa, que no meio do Alasca buscam entender a fonte de uma tempestade de neve que coloca toda a vida local em risco. No game, você precisa guiar a duplinha enquanto se esquiva de obstáculos e ameaças de todos os lados. Entre nessa aventura intensa e aprenda, ainda, um pouco mais sobre a vida dos Iñupiat, como são chamados os nativos da região.

via Canaltech

Projeto que criminaliza “revenge porn” foi aprovado pela Câmara

O chamado "pornô de vingança", ou "revenge porn" no termo original em inglês, acaba de dar mais um passo rumo à sua criminalização no Brasil. Aprovado nesta quarta (22) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o PLC 18/2017 determina que o registro ou divulgação não autorizada de cenas íntimas de uma pessoa será crime punível com reclusão de dois a quatro anos, além de multa.

Agora, o projeto segue em regime de urgência ao Plenário com o objetivo de se tornar uma lei federal. A proposta altera o que era previsto pela Lei Maria da Penha e pelo Código Penal, ampliando a pena de reclusão, que era de três meses a um ano.

O texto de autoria da senadora Gleisi Hoffman foi inspirado no caso de Rose Leonel, cidadã paranaense que foi vítima de vingança pornográfica. Ela acompanhou a votação e disse que "já tivemos inúmeros suicídios, principalmente de adolescentes, vítimas de exposição de fotos em redes sociais". Ainda, a senadora Vanessa Grazziotin lembrou que esse tipo de violência tem sido estampada nos noticiários nacionais, atestando que é preciso fortalecer a mulher contra esse tipo de prática.

Segundo o PLC, serão penalizadas quaisquer pessoas que não somente fizerem os tais registros em formato de foto ou vídeo, como também quem divulgar essas imagens não-autorizadas, bem como a pessoa que facilitar, por qualquer meio, o acesso a esses conteúdos. Ou seja: estará passível de penalizações legais também a pessoa que simplesmente compartilhar fotos íntimas desautorizadas em redes sociais ou aplicativos como o WhatsApp, ainda que não tenham nenhum tipo de relacionamento com a vítima. Além disso, quem realizar montagens fotográficas de cunho sexual ou libidinoso de caráter íntimo usando a imagem de uma pessoa sem sua autorização, também poderá ser punido seguindo o mesmo rigor.

“A legislação brasileira ressente-se de instrumentos adequados e eficientes para prevenir e punir atos de ‘vingança pornográfica’, que consistem na divulgação de cenas privadas de nudez, violência ou sexo nos meios de comunicação, em especial nas mídias sociais, para causar constrangimento, humilhar, chantagear ou provocar o isolamento social da vítima. A principal vítima da ‘vingança pornográfica’ é a mulher, enquanto que os responsáveis por esse tipo de conduta, na maioria das vezes, são os ex-cônjuges, ex-parceiros e até ex-namorados das vítimas. Assim, não há dúvidas de que se trata de mais uma forma de violência praticada contra a mulher”, declarou Hoffman.

via Canaltech

Peter Thiel vende 75% das ações restantes que tinha do Facebook

O primeiro grande investidor do Facebook, Peter Thiel, continua se desfazendo das suas ações da rede social. Um acordo regulatório mostrou que ele vendeu 75% da participação na empresa como parte de um plano de negociação previamente estabelecido.

Ele vendeu mais de 160 mil ações por cerca de US$ 29 milhões e permaneceu com 59 mil ações Classe A do Facebook. Thiel já havia vendido mais de US$ 1 bilhão de ações antes da apresentação do acordo, feito na terça-feira (21).

Thiel é membro do conselho do Facebook e foi um dos únicos nomes do Vale do Silício a apoiar o presidente Donald Trump — ele doou US$ 1,25 milhão para a campanha presidencial e participou do governo de transição. Por causa da sua posição política, membros do quadro pediram a saída do investidor. Mark Zuckerberg, CEO da rede social, teve que intervir. Disse que Thiel deveria ficar, pensando na importância da diversidade de opinião dentro de uma empresa.

Do PayPal ao fim do Gawker

Além de ter sido um dos investidores iniciais do Facebook, Peter Thiel cofundou o serviço de pagamento digital PayPal. Foi também um dos responsáveis por financiar o processo que o ex-lutador Hulk Hogan moveu contra o site de notícias Gawker, que teve que pedir concordata.

Thiel fez um investimento inicial no Facebook em 2004, quando aportou US$ 500 mil. Em 2012, quando o Facebook foi à bolsa de valores, o investidor vendeu 16,8 milhões de ações por cerca de US$ 640 milhões. Ainda no mesmo ano, ele fez nova venda e arrecadou US$ 400 milhões por 20 milhões de ações. 

Sua última jogada foi em 2016, quanto ele voltou ao mercado para vender um pouco menos de 1 milhão de ações por cerca de US $ 100 milhões.

via Canaltech

Aproveita que é de graça! Dicas gratuitas da semana (22/11/2017)

Novembro é o rei dos feriados. Em 2017, dois deles puderam ser emendados com o fim de semana para muita gente, sendo que, na segunda-feira (20), algumas cidades aproveitaram um dia adicional de descanso com o Dia da Consciência Negra – isso sem falar em outros feriados municipais deste mês. Descansar é bom, mas os dias de folga acabam gerando ainda mais gastos com passeios, restaurantes, cinema, baladas e viagens, não é mesmo?

Se você também gastou mais dinheiro do que podia no mês de novembro, que ainda tem mais uma semaninha até acabar, e mais alguns dias para que o salário de dezembro caia na conta, se liga nas dicas de apps, serviços, livros e cursos gratuitos que separamos para esta semana!

Tradutor simultâneo de LIBRAS

Seja você uma pessoa com deficiência auditiva, ou alguém que deseja se comunicar melhor com pessoas surdas, saiba que o HandTalk é um verdadeiro aliado. O app traz um assistente simpático chamado Hugo para que a tradução simultânea entre o português brasileiro e a Língua Brasileira de Sinais seja realizada.

Além de traduzir textos e vídeos, o Hugo também ensina expressões e sinais em LIBRAS para crianças em adultos na seção Hugo Ensina, que traz as dicas em formato de vídeo com a tradução simultânea para a linguagem de sinais.

Gratuito para Android e iOS.

Obras raras da biblioteca da USP

Desde 2013, a USP disponibiliza seu acervo de obras raras pela internet, atualizando esse conteúdo periodicamente. O bacana é que essas obras não costumam ser liberadas para o manuseio do público, e, estando disponíveis na internet, podemos chegar o mais perto possível de livros que datam desde o século XV.

O conteúdo da Biblioteca Digital de obras raras da USP é diversificado, contando livros, folhetos, revistas e jornais antigos, abrigando primeiras edições de obras clássicas, e também obras únicas e inéditas, além de livros de edições especiais, encadernações de luxo, com ilustrações icônicas ou o autógrafo de personalidades célebres. É um ótimo resgate dos tempos passados, incluindo documentações históricas da USP que revelam a mudança ao longo dos séculos em nossa sociedade.

Ganhe prêmios opinando sobre produtos e serviços

Existem vários sites e aplicativos que oferecem uma graninha ou prêmios para quando você tiver um tempo livre para assistir a comerciais publicitários e dar sua opinião sobre produtos e serviços anunciados. E um deles é o Meseems, que permite acumular pontos à medida que participa de pesquisas de mercado.

Esses pontos são convertidos em prêmios como ingressos para o cinema, vales-presentes de lojas virtuais e serviços de streaming (como Saraiva, Walmart, Netshoes, Ingresso.com e Netflix), e, quem quiser fazer uma boa ação, pode doar seus pontos para o GRAAC e ajudar a manter tratamentos para crianças com câncer. Ainda, sua pontuação também pode render créditos para seu celular com as principais operadoras de telefonia que atuam no Brasil.

Funciona assim: ao completar o seu perfil, o serviço seleciona pesquisas de produtos e serviços que tenham a ver com você, e basta que você escolha quais deseja responder e completar as perguntas. A troca de pontos por prêmios pode ser iniciada a partir do momento em que você acumular 1000 "seems".

Disponível para Android e iOS.

Encontrando seus antepassados

A cultura brasileira é uma das mais miscigenadas do mundo, e muito disso vem da imigração de populações de diversos países que, na história brasileira, decidiram vir para cá para colonizar ou trabalhar em fábricas e áreas rurais. Mas muitos de nós não sabemos o bastante sobre a história de nossos antepassados familiares, tendo poucas informações repassadas no boca-a-boca entre as gerações.

Pois existe um serviço online chamado Family Search, em inglês, que conta com muitos documentos de imigrantes que chegaram ao Brasil entre os anos de 1902 e 1980. É possível buscar por nome e sobrenome para tentar encontrar documentos e fotografias de seus avós, bisavós e tataravós, e muitas pessoas já encontraram registros de suas famílias por ali, que podem comprovar as histórias contadas por seus pais, ou mudar completamente tudo o que sabiam de sua herança familiar.

Os arquivos foram catalogados e digitalizados pela Igreja Mórmon, que tem como crença a ideia de que as famílias deveriam ser eternas e, portanto, decidiram contar com a internet para concretizar essa missão. Basta acessar o site e começar a pesquisar pelos sobrenomes que fazem ou fizeram parte de sua família!

Curso de leitura dinâmica

Muitas vezes, deixamos de ler livros por pura falta de tempo. Mas existem técnicas que nos permitem ler com mais velocidade, o que é muito útil não somente para colocar as leituras em dia, como também para aplicar em sua rotina, lendo notícias, e-mails e documentos profissionais com agilidade. Isso se chama Leitura Dinâmica, e este curso online gratuito oferece vídeo-aulas com uma carga horária total de 35 horas para que o curso seja completado. No final, você pode solicitar um certificado de conclusão de curso para que esta nova habilidade conste em seu currículo!

As aulas ensinam coisas como meios de eliminar vícios de leitura, técnicas de concentração, estrutura e funcionamento do olho humano, meditação, truques para ler com mais velocidade sem perda de informações relevantes e dicas de memorização.

via Canaltech

Iniciativa privada pode buscar vida alienígena em lua de Saturno antes da NASA

A NASA vem planejando enviar uma sonda para Encélado, satélite natural de Saturno, pois existe uma possibilidade de haver oceanos subterrâneos abaixo da crosta congelada, sendo que essas águas poderiam ter temperaturas favoráveis à existência de algum tipo de vida. Ainda que essa vida, se existir, possa ser algo na escala microbiana, descobrir e confirmar a existência de vida fora da Terra seria um marco sem precedentes na história do nosso universo, mas uma companhia privada pode começar a buscar vida em Encélado antes mesmo da NASA.

Trata-se da Breakthrough Prize, fundação milionária do russo Yuri Milner, que também tem planos de enviar uma pequena sonda para Alpha Centauri, a estrela mais próxima do Sistema Solar. Mas, voltando à Encélado, enquanto projetos da NASA consideram a possibilidade de se perfurar sua superfície até que as sondas atinjam a camada oceânica, o projeto de Milner pode apenas analisar o conteúdo de águas “cuspidas” para o espaço por meio de gêiseres recentemente descobertos na superfície do satélite.

Em 2015, dados da sonda Cassini, da NASA, revelaram a presença de moléculas de hidrogênio nesse líquido expelido, e isso poderia ser um sinal de que as águas de Encélado seriam favoráveis à existência da vida como a conhecemos. Mas, ao passo em que a agência espacial dos Estados Unidos não conseguiria chegar à lua de Saturno dentro da próxima década, a iniciativa privada do russo poderia iniciar essa exploração nesse meio-tempo, abrindo o caminho para que a NASA conduza os devidos estudos posteriores.

A Breakthrough Prize, no momento, ainda está estudando a viabilidade de seu ambicioso projeto, e não descarta desenvolver o projeto em parceria com agências espaciais governamentais, como a NASA e a europeia ESA.

Fonte: Space News

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.

via Canaltech

Empreendedores já podem inscrever seus projetos na Campus Party 2018

Os empreendedores e desenvolvedores interessados em participar da quinta edição do programa Startup & Makers, que ocorrerá dentro da Campus Party 2018, já podem inscrever suas empresas, projetos e criações através desse formulário aqui. As inscrições vão até esta quinta (23).

A Campus Party 2018 acontecerá entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro de 2018. O local escolhido para sediar o evento foi o pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo.

Para o programa Startup & Makers, 80 startups com projetos iniciais serão escolhidas para a categoria Early Stage; mais 80 startups já mais desenvolvidas serão escolhidas para concorrer na categoria Growth Stage. Além destas 160 empresas, um número ainda não divulgado de desenvolvedores entusiastas nas áreas de internet das coisas, fabricação digital, eletrônica, software, robótica, games e impressão 3D serão escolhidos para concorrer na categoria Makers. Todas as startups selecionadas mostrarão seus projetos na área Open Campus, que tem acesso gratuito e aberto ao público.

“O Startup & Makers é um programa criado em 2011 e que já ajudou mais de 1000 empresas embrionárias no país. Não se trata apenas de oferecer aos jovens empreendedores um espaço de exposição, mas sim uma oportunidade para trocarem contatos e conhecimentos, fazerem networking, participarem de mentorias e quem sabe encontrarem investidores, incubadoras e aceleradoras que costumam visitar a área atrás de potenciais novos negócios”, explica Tonico Novaes, o diretor geral da Campus Party Brasil.

Para as Startups já estabelecidas ou em processo de crescimento, quando se encerrarem as inscrições, os projetos apresentados serão avaliados por um comitê que analisará cada uma das criações, levando em conta critérios como os modelos de negócios, experiência da equipe e conquistas por ela realizadas, grau de inovação que o projeto representa para o mercado tecnológico, possibilidade de se tornar um produto comercializável e diferenciais em relação a possíveis concorrentes, entre outros.

Já para os projetos apresentados por desenvolvedores na categoria Makers, os critérios de avaliação do comitê serão a clareza e detalhamento do projeto apresentado, adequação com as temáticas abordadas pela Campus Party e com a cultura de desenvolvimento independente de soluções tecnológicas, originalidade, criatividade, interatividade, além do impacto social esperado com o projeto.

O resultado final após a avaliação dos projetos e as criações vencedoras serão divulgados através das mídias oficiais da Campus Party, como o Facebook e o Twitter, no dia 9 de dezembro de 2017.

Segue abaixo o cronograma oficial da quinta edição do programa Startups & Makers:

27/10/2017 a 23/11/2017 – Inscrições dos projetos interessados
24/11/2017 a 08/12/2017 – Seleção dos projetos inscritos
09/12/2017 – Divulgação dos projetos selecionados
11/12/2017 a 20/12/2017 – Confirmação de presença dos desenvolvedores selecionados. 
05/01/2018 – Divulgação dos selecionados da segunda chamada
08/01/2018 e 12/01/2018 – Confirmação de presença dos selecionados na segunda chamada
13/01/2018 – Divulgação final de todos os projetos selecionados
15/01/2017 – Envio do manual do expositor e códigos de ativação de credencial para os selecionados
19/01/2018 – Conferência via Facebook no perfil da Campus Party Brasil para a compreensão do regulamento de expositores
31/01 e 01/02 – Exposição dos projetos das categorias Growth stage e Makers
02/02 e 03/02 – Exposição dos projetos das categorias Early Stage e Makers

via Canaltech

Ministro anuncia liberação de R$ 350 milhões para ciência e pesquisa

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações anunciou a liberação de R$ 300 milhões previstos no orçamento de 2017 e mais R$ 50 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O comunicado foi feito pelo titular da pasta, Gilberto Kassab, na abertura do Fórum do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), em Brasília.

Mesmo com esse repasse, o ministério ainda tem R$ 1 bilhão do orçamento contingenciado, mas espera por uma nova liberação de recursos até o fim do ano, com o objetivo de reduzir o déficit para R$ 500 milhões.

No Fórum, Kassab disse que apresentou uma proposta para manter o orçamento de 2018 do ministério, previsto para ser de R$ 3,9 bilhões, com o valor de 2017 (R$ 5,1 bilhões). A diferença seria liberada ao longo do ano.

Ciência em xeque

Representantes dos principais órgãos ligados à ciência e pesquisa se manifestaram sobre o orçamento de 2018. Para o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Ildeu de Castro Moreira, a mobilização da comunidade científica para pressionar o governo será decisiva. “A atuação das entidades no Congresso faz diferença para recuperar recursos e também para influenciar no orçamento de 2018”, disse Moreira, no Fórum.

Já para Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências, recompor o orçamento do próximo ano será fundamental para que as instituições de pesquisa não passem dificuldades em 2018. “Se o corte na proposta orçamentária para o próximo ano vingar, o prejuízo será enorme. É como uma guerra. E também acaba com o protagonismo internacional do Brasil.”

Para a presidente do Consecti, Francilene Garcia, o corte no orçamento da ciência tem consequência imediata nos Estados — vários já estariam reformulando as pastas ligadas ao setor de ciência e tecnologia, sendo que algumas foram extintas. “É preciso que o país entenda que, para avançar como nação, não dá para descartar os investimentos em ciência, tecnologia e inovação.”

Outra demanda do Consecti é a promulgação do Marco Legal de de Ciência, Tecnologia e Inovação. A presidente do Conselho pediu ao ministro Kassab empenho para publicar o decreto de regulamentação.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.

via Canaltech

Conte com a busca do Google para descobrir promoções da Black Friday

A Black Friday está chegando, acontecendo oficialmente na próxima sexta-feira (24). Muitas lojas costumam se antecipar à data comercial que oferece promoções imperdíveis ao consumidor, anunciando seus descontos com dias ou até semanas de antecedência, e a ferramenta de buscas do Google acaba sendo um dos principais aliados do consumidor ávido por uma aquisição bacana.

Ao acessar o Google Trends, vemos que as buscas pelo termo "Black Friday" vêm crescendo exponencialmente desde o início do mês, tendo seu maior pico até então na última sexta-feira (17).

Então, para ajudar os consumidores a se darem bem nesta próxima Black Friday, a Google divulgou nesta quarta (22) cinco dicas para usar seu serviço de buscas de maneira prática e eficiente:

  • Quando buscar pelo nome da loja que deseja saber se está participando da Black Friday, a busca do Google ajuda você a descobrir as unidades mais próximas de sua casa. Os resultados das pesquisas mostram informações do Google Maps para que você corra à loja mais próxima e garanta seu produto antes que acabem os estoques.
  • A busca também exibe o horário de funcionamento de cada estabelecimento, para que você não arrisque dar com a cara na porta caso apareça lá em um dia ou horário fora do funcionamento, sem saber. Para acessar mais informações, somente com um clique você é redirecionado ao site do estabelecimento, além de poder traçar rotas para chegar ao local mais rapidamente.
  • Já quando estiver buscando por um produto específico, a seção Shopping do Google exibe opções de modelos e preços de diversos e-commerces nacionais, sendo possível filtrar os resultados por lojas que estejam próximas à sua localização.
  • E o que fazer quando não souber o nome exato do produto? Com o corretor ortográfico do Google, automaticamente os resultados da busca mostrarão a grafia correta mais próxima do produto que estiver tentando pesquisar.
  • Ainda, quem preferir usar o comando de voz, basta dizer um "Ok Google" para que o motor de buscas faça a pesquisa por você, sem precisar digitar nada. Mas esse recurso só funciona para usuários que tenham esse recurso instalado e habilitado em seus dispositivos.

Muito cuidado com a "Black Fraude"

Neste período, enquanto muitas lojas oferecem promoções genuínas, vários outros vendedores se aproveitam da ingenuidade do consumidor para praticar fraudes, que acabam reduzindo o número de vendas porque o consumidor acaba não confiando muito em descontos anunciados na internet.

Falsos descontos são o tipo de fraude mais comum nesta data comercial, com lojas aumentando o preço do produto pouco antes da Black Friday, anunciando o produto pelo preço normal como se estivesse com desconto. Por isso, é importante estar de olho no preço do produto que deseja comprar antes do início das promoções, para saber se não está sendo enganado por um falso desconto.

Também existem as lojas falsas, que surgem nesta época do ano anunciando ofertas aparentemente imperdíveis, mas nunca entregando o produto comprado pelo cliente. Mirando nesse tipo de loja, o Procon já atualizou sua lista de sites pouco confiáveis para que a população se antecipe e saiba que é melhor não comprar nada de nenhum e-commerce suspeito.

Confira também o nosso guia definitivo para se dar bem durante a Black Friday, que está recheado de dicas quentíssimas para garantir boas compras, sem dor de cabeça.

via Canaltech

Moto Snap Gamepad: transforme seu Moto Z em uma espécie de Switch

O Moto Snap Gamepad possibilita ao usuário ter uma experiência de games nos smartphones muito mais próxima dos consoles. Isso porque o snap é um joystick que se encaixa adequadamente na parte superior e inferior do dispositivo.

Assista ao vídeo.

via Canaltech