Terraplanistas fretam cruzeiro para conferir a “beirada” da Terra

Bem, por mais absurdo que pareça, tem muita gente que acredita mesmo que a Terra é plana — se você crê nisso, não fique bravo comigo, há muito mais evidências de que estamos em um globo do que em um disco que obedece a leis da Física parecidas com o jogo Pac-Man. De qualquer forma, o pessoal diz que vai tirar a prova: terraplanistas vão embarcar em um cruzeiro, marcado para 2020, para conferir a “beirada” do planeta.

Todas as tabelas náuticas existentes são projetadas com a mentalidade de que o planeta é esférico

A excursão é organizada pela Conferência Internacional da Terra Plana, com a presença ilustre de celebridades como o rapper B.o.B e a modelo arroz-de-festa Tila Tequila, com direito a restaurantes chiques, piscinas com ondas artificiais e todas aquelas regalias básicas de uma viagem de férias. Mas aí tem um problema: como é que a embarcação vai celebrar toda a glória do formato de um LP sendo que o sistema de navegação foi baseado em uma esfera?

“Navios navegam com base no princípio de que a Terra é redonda. Tabelas náuticas são projetadas com isso em mente: que a Terra é esférica”, afirma Henk Keijer, ex-capitão de navio de cruzeiro que navegou por todo o mundo durante 23 anos, em entrevista ao The Guardian.

terra planaO anúncio da viagem “esclarecedora”. Fonte: Flat Earth International Conference

Keijer, que agora trabalha como perito naval forense da Robson Forensic, disse que a existência do GPS é a prova de que a Terra é um orbe — e não um disco plano. O sistema de posicionamento global conta com 24 satélites principais ao redor do planeta para fornecer informações para localização e navegação.

“A razão pela qual 24 satélites foram usados é por causa da curvatura da Terra. Um mínimo de três satélites é necessário para determinar uma posição. Mas alguém localizado no outro lado do planeta também poderia querer saber sua posição, então é necessário um certo número de satélites. Se fosse plana, um total de três satélites teria sido suficiente para fornecer essa informação. Mas não é, porque a Terra é redonda ”.

Conferência Internacional da Terra Plana não comenta sobre a excursão

Questionada pelo The Guardian para falar mais sobre os detalhes do cruzeiro, a organização da Conferência Internacional da Terra Plana não quis comentou o assunto. Segundo o evento, após “extensas experimentações, análises e pesquisas”, seus adeptos chegaram à conclusão de que a Terra não é uma esfera. Uma teoria recorrente é de que a Terra é um grande disco grande, cercado por “uma barreira de parede de gelo” na Antártida.

A Sociedade da Terra Plana sugere que “as agências espaciais do mundo conspiraram para falsificar viagens e explorações espaciais”. “Isso provavelmente começou durante a guerra fria. A União Soviética e os Estados Unidos estavam obcecados em se confrontar no espaço e chegaram ao ponto de falsificar suas realizações, na tentativa superar as supostas conquistas do outro.”

Só fica difícil encontrar aí uma tripulação que não acredite que a Terra seja uma esfera e consiga trabalhar direto para levar geral para essa beiradinha. “Naveguei 2 milhões de milhas (o equivalente a mais de 3,2 milhões de quilômetros), mais ou menos. Não encontrei um só capitão do mar que acredita que a Terra é plana”, comenta Keijer.

via Novidades do TecMundo

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *