Como identificar imagens falsas criadas por inteligência artificial

No final do ano passado, a Nvidia, fabricante famosa de unidades de processamento gráfico, produziu um relatório com os dados de uma pesquisa que mostraram algo um pouco preocupante: os algoritmos da empresa são capazes gerar imagens bastante realistas de pessoas que nunca existiram.

Apesar de isso ser apenas um exemplo, trata-se um grande avanço para as inteligências artificiais, mas o problema é que este tipo de ação dá margem para a criação de mídias que podem ser geradas a partir de qualquer rascunho. Já pensou as crises que podem ser desencadeadas por estes tipos de produções por não ser fácil de diferenciar imagens reais das falsas?

 

A boa notícia é que, por ser um trabalho feito por inteligências artificiais, a produção não é perfeita e alguns sinais indicam isso com clareza. Aqui, trouxemos algumas características que podem te ajudar a analisar uma imagem e perceber se ela é real ou se foi fruto do trabalho de uma inteligência artificial. Claro que, com o desenvolvimento da tecnologia, essas dicas não irão valer para sempre e também não podem ser aplicadas em absolutamente todas as imagens, mas elas com certeza serão úteis. Confira:

  • Fique atento à simetria do rosto e de acessórios simétricos, como brincos. Pode ser que a imagem produzida por uma IA tenha alguns detalhes estranhos, como manchas estranhas ou partes do rosto diferentes entre si, como orelhas e olhos. Como as referências utilizadas pelos algoritmos podem ser um pouco antigas, as imagens geradas podem acabar ficando com detalhes incomuns.

 

  • Preste atenção nos dentes. Os algoritmos não sabem exatamente quantos dentes há numa boca humana, muito menos como eles devem se parecer quando vistos de ângulos diferentes. Assim, a IA resolve o problema deixando a imagem com dentes em posições e iluminações bizarras.

 

  • O volume e a textura dos cabelos em uma imagem também pode ser um indicativo de que ali houve influêcia de uma IA. Caso você veja a foto de uma pessoa com cabelos tão lisos que certas mechas quase parecem ter sido pintadas por um pincel grosso, é bem provável que a foto tenha sido produzida por um algoritmo.

 

  • Também é importante prestar atenção nos textos das imagens. Caso eles estejam no fundo e mostrem palavras que não podem ser lidas, a imagem provavelmente foi produzida por um algoritmo que conhece apenas textos espelhados dos dados que foram fornecidos para treinamento.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *