Documentos revelam que Facebook está testando tecnologia secreta no Novo México

Apesar de ter anunciado o fim de seu projeto de drones fornecedores de internet, o Facebook pode não ter realmente encerrado suas atividades com sistemas de rede sem fio. De acordo com arquivos revelados pelo Business Insider, a rede social recebeu permissão da Comissão Federal de Comunicações para construir um projeto secreto e que ainda não foi revelado a investidores de um “local para testes de protótipos” no deserto do Novo México, e que deverá ser usado para testar tecnologias de comunicação sem fio de longo alcance.

Em junho deste ano, o Facebook anunciou que estava fechando o projeto Aquila, que estudava o desenvolvimento de drones autônomos gigantes que levariam sinal Wi-Fi de internet para países subdesenvolvidos. Apesar do anúncio, a companhia já havia deixado claro que isso não significava que ela estava desistindo da ideia de desenvolver sua própria tecnologia de comunicação, e em agosto a empresa reorganizou todos os seus projetos de conectividade, juntando-os todos sob a supervisão de uma nova divisão chamada de Facebook Connectivity, e contratou Dan Rabinovitsj, um ex-executivo da Ruckus Network, para comandar o projeto.

De acordo com os documentos da FCC (que funciona como uma espécie de Anatel dos Estados Unidos), o Facebook continua trabalhando no desenvolvimento de tecnologias de comunicação. E ainda que os documentos não entrem em detalhes sobre os testes em si, eles descrevem a realização de testes de LTE (tipo de comunicação sem fio padrão), e cita que os testes envolverão uma mistura de 15 diferentes dispositivos de hardware, mas as companhias que irão fabricá-los ainda estão citadas como "confidencial".

O documento ainda indica que os testes analisarão sinais com um alcance de 50km, e a altura das antenas sugere que elas estarão praticamente no mesmo nível do solo, algo bem diferente dos drones do projeto anterior. Além disso, o documento especifica que o projeto usará pontos fixos, o que indica que a tecnologia desenvolvida não será voltada para dispositivos móveis, mas sim para residências e comércios.

Datado de outubro deste ano, o documento autoriza o Facebook para um período de testes de seis meses a partir da liberação, o que indica que os testes desta nova tecnologia ocorrerão no máximo até abril do ano que vem. O local do teste fica na região de Truth or Consequences, cidade no estado do novo México que fica próxima à base da Spaceport America, empresa com a qual o Facebook já discutiu sobre ajudá-los na criação de um hangar antes de o projeto Aquila ser cancelado.

Questionado via e-mail, o Facebook se negou a dar maiores informações sobre os testes no Novo México, mas confirmou que o desenvolvimento de tecnologias sem fio faz parte dos planos da empresa para o futuro. Os projetos de conectividade do Facebook são alguns dos mais ambiciosos já desenvolvidos pela empresa, e podem se mostrar cruciais para seu futuro, pois poderão servir para abrir novos mercados em áreas onde a infra-estrutura de internet é precária ou inexistente.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *