Apple Watch Series 4 ganha modo eletrocardiograma nos Estados Unidos

O Apple Watch de quarta geração foi anunciado três meses atrás, com tela maior do que as gerações anteriores, novo motor para feedback tátil para a coroa digital e a possibilidade de realizar um eletrocardiograma no pulso. Junto desta ferramenta, o relógio inteligente da Apple também é capaz de notar batimentos irregulares do coração, mas tudo estava desligado por padrão no gadget.

Apple Watch Series 4Apple Watch Series 4

A limitação deixa de existir com o watchOS 5.1.2 que foi lançado hoje. Para funcionar, o dono do Apple Watch precisa tocar na coroa digital e deixar o dedo lá por 30 segundos, para que a leitura seja feita corretamente. Os dados coletados são enviados para o app Saúde e, de lá, é possível gerar um PDF que pode ser enviado ao médico.

Para evitar algum falso positivo, a própria Apple reitera o que falou em seu evento de setembro, junto da FDA (órgão americano parecido com a Anvisa), quando deixou claro que o recurso não serve como diagnóstico concreto e que o acompanhamento médico não deve ser diminuído, já que o relógio faz algumas medições básicas.

O mesmo vale para a leitura de batimentos cardíacos para alertar de alguma irregularidade na frequência, como arritmia. Para avisar o usuário sobre o batimento cardíaco irregular, este segundo recurso faz leituras a cada duas horas. Se nas últimas cinco leituras o resultado demonstra alguma anormalidade, o Watch emite um alerta e sugere que o usuário busque um médico.

Apple Watch Series 4Apple Watch Series 4

As duas novidades são limitadas aos Estados Unidos e não há previsão para que elas funcionem em outros países, nem mesmo no Brasil – que já tem o Apple Watch Series 4 nas lojas.

Com informações: The Verge.

via Tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *