Xiaomi cria IA que tira fotos profissionais com qualquer câmera de celular

Em uma pesquisa apresentada na Conferência de Sistemas de Processamento de Informação Neural, a Xiaomi revelou uma possível solução para um problema que afeta muitos usuários que tentam tirar fotos com o smartphone: as configurações automáticas de exposição do aparelho que o impedem de tirar boas fotos em ambientes muito claros ou muito escuros.

Para resolver esse problema, a empresa desenvolveu uma IA chamada DeepExposure, capaz de segmentar uma foto em diversas “sub-imagens”, cada uma delas sob uma nível de exposição diferente, que depois são usadas para retocar a foto final. O algoritmo foi desenvolvido baseado nas máscaras contra luminosidade usadas por fotógrafos profissionais, e os pesquisadores acreditam ser a chave para a obtenção de fotos de qualidade por sistemas fotográficos computacionais.

Diagrama de funcionamento da IA DeepExposure (Imagem: Xiaomi)

Após a obtenção das várias subimagens com diferentes níveis de exposição, o DeepExposure procura quais as melhores imagens de cada setor e então mescla todas elas para a formação da imagem final.

Utilizando uma rede neural de dois passos conhecida como GAN (Generative Adversarial Network), o programa compara as fotos geradas pela câmera com fotos reais tiradas por fotógrafos profissionais, comparando valores de contraste, iluminação e saturação entre ambas para decidir quais são os melhores resultados para cada setor da fotografia.

O DeepExposure roda utilizando um processador Nvidia P40 Tesla GPU e, nos testes, utilizou 2.000 imagens sem nenhum tipo de edição, 2.000 versões editadas para melhorar a qualidade destas mesmas imagens, e mais 1.000 imagens RAW (sem nenhum tipo de edição digital). A IA do Xiaomi teve uma performance melhor do que a dos melhores programas de edição de fotografia usados por profissionais e conseguiu restaurar a maioria dos detalhes de cada imagem ao mesmo tempo que ajustou o brilho e melhorou a tonalidade das cores.

Não se sabe ainda quando a empresa disponibilizará a IA no mercado, mas é possível que dentro dos próximos anos os smartphones da empresa já venham com a DeepExposure de fábrica.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *