Mercado de smartphones cresceu apenas 1,3% no terceiro trimestre, diz Gartner

Segundo o mais recente relatório divulgado pelo Gartner, o mercado global de smartphones cresceu “apenas” 1,3% neste terceiro trimestre de 2018. Para o grupo, o “tímido” crescimento, em suas próprias palavras, deve-se à expectativa do setor de consumo varejista com a chegada dos smartphones dobráveis e da tecnologia 5G.

No relatório, o grupo de consultoria e pesquisa de mercado aponta que a Apple manteve-se estável com sua fatia de 11,8% do mercado, ao passo que a Samsung, ainda que se mantenha a líder no setor, perdeu 3,4% da sua influência em relação ao mesmo período de 2017. O relatório concluiu que essa queda vivida pela fabricante sul-coreana se deve a novas — e mais baratas — opções de produtos, tais como os aparelhos da Huawei e da Xiaomi.

Fabricante Unidades (3ºT 2018) Fatia de mercado (3ºT 2018) Unidades (3ºT 2017) Fatia de mercado (3ºT 2017)
Samsung 73,360.1 18.9% 85,605.3 22.3%
Huawei 52,218.4 13.4% 36,501.8 9.5%
Apple 45,746.6 11.8% 45,441.9 11.8%
Xiaomi 33,219.7 8.5% 26,853.2 7.0%
OPPO 30,563.4 7.9% 29,449.2 7.7%
Outras 153,960.0 39.6% 159,742.0 41.6%
Total 389,068.2 100% 383,593.4 100.0%

Inclusive, a citação à Huawei e Xiaomi não vem à toa: o diretor do relatório, Anshual Gupta, disse que, removendo as duas fabricantes da pesquisa, o setor de smartphones cairia mais de 5%.

“Liderados pelos smartphones de preço baixo, funções aprimoradas de câmera e displays de alta qualidade e resolução, as maiores fabricantes chinesas de telefones móveis ampliaram as suas vendas pelo espectro de mercados emergentes neste terceiro trimestre de 2018”.

A Apple distribuiu (o que é diferente de “vendeu”) quase 47 milhões de aparelhos neste trimestre, um acréscimo de volume se comparado aos 45 milhões do ano passado. A Samsung, por sua vez, distribuiu 12 milhões de unidades a menos, daí a queda.

A conclusão do Gartner é que o mercado global de smartphones terá um salto de adoção quando tecnologias mais modernas, como a conexão 5G e os aparelhos dobráveis, tornarem-se mais presentes no setor. Segundo previsão do grupo, em 2020 serão vendidos 65 milhões de smartphones com capacidade 5G, ainda que, inicialmente isso encareça os produtos.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *