Tumblr não vai mais aceitar conteúdo adulto a partir de 17 de dezembro

O Tumblr, que nasceu como um arquivo de flogs, foi uma das plataformas que conseguiram resistir à ascensão das redes sociais e acompanhar as atualizações tecnológicas e de interesses do público ao longo dos últimos 11 anos. Agora uma de suas maiores frentes de visitação deixará de existir a partir do dia 17 de dezembro: os repositórios que possuem conteúdo com nudes e sexo explícito serão banidos e não mais aceitos depois dessa data.

Quem tem conteúdo adulto será recomendado a remover seus arquivos antes do fim do prazo

A nova política de uso é anunciada quase duas semanas depois do Tumblr ser removido da App Store após denúncia de pornografia infantil. Ainda que a companhia tenha se explicado, a coisa toda não pegou muito bem e ela decidiu manter seu ambiente permanentemente sem postagens para o público adulto — com exceção de algum nível de nudez, mas nada que seja considerado ofensivo para a maioria.

Entre as proibições estão fotos, vídeos e GIFs da genitália humana, mamilos femininos e qualquer mídia envolvendo atos sexuais, incluindo ilustrações. As exceções incluem estátuas clássicas nuas e protestos políticos com gente pelada. As novas diretrizes excluem o texto, portanto, o erotismo permanece permitido. Ilustrações e arte que apresentam nudez ainda serão aceitas, desde que os atos em si não sejam retratados — como registros sobre amamentação e pós-parto.

tumblr

Tudo isso será monitorado e excluído automaticamente com o uso de algoritmos. Inicialmente o Tumblr deve enviar emails para os responsáveis pelas postagens inadequadas, alertando que elas ficarão ocultas, impedindo que elas sejam vistas e compartilhadas. Como sabemos, a máquina pode se confundir e acusar falsos positivos, então os usuários poderão apelar das decisões que acharem equivocadas.

Compra do Yahoo! pela Verizon mudou bastante a visão do Tumblr

Desde que foi fundado em 2007, o Tumblr sempre fez “vista grossa’ sobre o conteúdo adulto e limitou-se a escondê-lo da exibição pública por meio de um Modo de Segurança e filtros de pesquisas mais rigorosos. Mas, depois de ser comprada pelo Yahoo! em 2013 e do Yahoo! ser adquirido pela Verizon, em 2017, as coisas começaram a mudar drasticamente.

CEO do Tumblr recomendou a quem não aceitar novas regras a procurar pornografia em outro lugar, já que ‘não faltam sites para isso’

Mais alinhado com a cultura da empresa, o Tumblr anunciou novas diretrizes em agosto deste ano, proibindo especialmente coisas como pornografia de vingança, incitação ao ódio e postagens que glorificavam tiroteios em escolares. Para quem ficou bravinho que não poderá mais usar a plataforma para postar nudes, o CEO Jeff O’Onofrio destacou que “não faltam sites na web para isso” e que não removeu as contas com imagens de sexo explícito para dar aos donos as chances de se adequarem ou se desligarem naturalmente.

“Pensamos seriamente em quem queremos ser para a nossa comunidade. Percebemos que, para continuar a cumprir nossa promessa e nos posicionarmos na cultura (da empresa), especialmente à medida que ela evolui, precisamos mudar”, complementa o executivo.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *