Conheça o robô quadrúpede usado para monitoramento de ambientes

Robôs quadrúpedes podem causar emoções tão inusitadas quanto a sua aparência, que vão desde algo mais assustador — como no episódio “Metalhead”, da quinta temporada de Black Mirror — até mesmo um estranho sentimento de pena — como naquele vídeo do chute da Boston Dynamics. Mas, de forma prática, esse tipo de máquina tem sido criado para algumas utilidades específicas. Esse é o caso do ANYmal, desenvolvido pela empresa suíça ANYbotics, para operar em situações variadas de monitoramento. De acordo com o site da companhia, o robô tem bateria que dura até duas horas e pesa menos de 30 kg. Além disso, é impulsionado por atuadores controlados por torques especiais e sistema “capaz de funcionar dinamicamente e escalar com mobilidade elevada”.

Ele também é equipado com sensores e câmeras a laser, que permite à máquina criar mapas de localização e avaliação do ambiente ao seu redor. Com isso, tem habilidade de fazer planejamento de caminhos a serem percorridos e selecionar pontos de apoio durante suas atividades. Possui também estrutura para carregar equipamentos diversos, como sensores, que possam potencializar suas funções. A partir desses aspectos, tem como objetivo ser usado em inspeções industriais de segmentos, como petróleo e gás. No caso, está sendo testado para inspeções em uma plataforma marítima de distribuição de energia da TenneT — companhia de sistema de eletricidade dos Países Baixos. Confira o vídeo com o ANYmal em ação:

VIDEO

Durante o experimento, ficou evidente que o robô ainda precisa de algumas modificações para torná-lo mais eficiente. Por exemplo, mesmo que ele consiga escalar escadas e passar por obstáculos, ele ainda tem uma altura que o impede de avaliar melhor o espaço ao seu redor. Ainda, ele não é capaz de abrir e fechar portas. Por isso, é necessário que funcionários as deixem abertas.

Diante de algumas restrições, Péter Fankhauser — cofundador da ANYbotics — afirma que: “Ainda estamos longe de replicar a capacidade humana de entender o contexto e manipular objetos e ferramentas. Então, em vez de tentar substituir trabalhadores humanos, nosso objetivo é estender a força de trabalho com inspeção robótica automatizada. Dessa forma, o operador pode aumentar a segurança e eficiência de seu ambiente de trabalho.”

A empresa garante já estar também trabalhando com outras empresas dos setores de construção, agricultura e mobilidade em geral. Futuramente, ela deve ainda melhorar a capacidade do ANYmal de fazer monitoramento de longa distância. 

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *