WhatsApp impedirá criação massiva de grupos e adição de contatos aos chats

Segundo informações que o MySmartPrice encontrou ao fazer uma varredura no APK da versão 2.18.367 do WhatsApp para Android, o mensageiro verde pode, em breve, começar a limitar a criação massiva de grupos e ainda a adição de muitas pessoas a esses chats seguidamente.

O objetivo pode ser limitar a disseminação de notícias falsas em locais como a Índia, onde várias pessoas já foram mortas em decorrência dessa prática. Contudo, como o WhatsApp ainda não se pronunciou sobre o caso, não há como afirmar isso com certeza.

Mesmo assim, isso é muito provável. O governo indiano já ameaçou banir o WhatsApp do país caso o mensageiro não tome providências a esse respeito, considerando o crescente número de mortos e divulgação de outros boatos não mortais, porém perigosos.

O mensageiro já implementou uma série de novidades, como os limites de compartilhamento de mensagens e também a indicação de “mensagem encaminhada”

Na primeira metade deste ano, o mensageiro implementou uma série de novidades a seu aplicativo para Android e para iOS, como os limites de encaminhamento de mensagens e também a indicação de “mensagem encaminhada” para evitar que pessoas acreditem que o autor do conteúdo é a mesma pessoa que lhe enviou aquilo.

Ao que parece, nas próximas versões do app, quando alguém tentar criar muitos grupos ou adicionar muitas pessoas a grupo em pouco tempo, alertas de erro serão mostrados. As mensagens desses alertas foram as principais indicações encontradas no código do APK em questão.

whatsapp“Você adicionou muitos contatos a grupos muito rapidamente. Tente novamente mais tarde” e “Não foi possível criar o grupo porque você criou muitos grupos muito rapidamente. Tente novamente mais tarde”.

Não se sabe quando ou como essas novas restrições entrarão em vigor. Contudo, considerando que esses avisos já estão no código do app, é possível que isso não demore a acontecer.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *