Samsung teve documentos sigilosos sobre smartphone dobrável roubados e vendidos

Tudo sobre

Samsung


A tecnologia de displays dobráveis por si só já chama bastante atenção, seja por conta de sua complexidade visual ou sua amplitude de formas. Além disso, as fabricantes de smartphones estão trabalhando há muito tempo no desenvolvimento de uma tela OLED flexível que corresponda às expectativas do público e do mercado. No entanto, a tecnologia desenvolvida pela Samsung parece ter sido roubada na China.

De acordo com investigações preliminares das autoridades sul-coreanas à frente do caso, oito funcionários e o diretor executivo da Toptec, empresa que fornece equipamentos para fabricação de displays de celulares, teriam negociado a venda de documentos sigilosos da Samsung no país asiático. Tais documentos contêm informações e descrições das telas OLED flexíveis desenvolvidas pela sul-coreana.

Promotores da Coreia do Sul alegam que os funcionários criaram uma empresa-fantasma e a usaram para vender informações internas da Samsung, incluindo aí sobre componentes utilizados no desenvolvimento dos displays OLED dobráveis e os desenhos industriais da tecnologia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

As informações foram vendidas a uma entidade chinesa não-divulgada pela bagatela de US$ 13,85 milhões. Em resposta, a Toptec liberou um comunicado informando que nunca forneceu tecnologia industrial ou segredos comerciais de displays da Samsung a qualquer cliente chinês: “Nossa empresa cooperará plenamente com os procedimentos legais para encontrar a verdade no tribunal”. As ações da fornecedora já caíram 20% desde o ocorrido.

Enquanto algumas fabricantes, tal como a Huawei, estão adquirindo a tecnologia de display dobrável de outras companhias (neste caso, a chinesa BOE), a Samsung sempre investiu no desenvolvimento de uma solução própria. E, às vésperas da virada para 2019, que promete ser o ano de desembarque dos smartphones dobráveis, alguém obteve informações confidenciais do projeto e provavelmente usará esses dados em suas próprias pesquisas.

Fonte: Phone Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *