Brasileiros se mostram mais satisfeitos com fintechs do que bancos tradicionais

Segundo pesquisa do Google, 71% dos brasileiros afirmaram que estão contentes com as fintechs, enquanto 42% têm o mesmo sentimento com os bancos


Quando o assunto é serviços financeiros, os brasileiros têm se mostrado mais satisfeitos com as fintechs do que bancos tradicionais, segundo pesquisa realizada pelo Google divulgada nesta quinta-feira (29). De acordo com o estudo, 71% dos brasileiros afirmaram que estão contentes com as fintechs, enquanto 42% têm o mesmo sentimento com os bancos tradicionais. Por outro lado, os bancos continuam a ser o principal provedor de serviços, como conta-corrente, investimentos e cartão de crédito, para 46% dos consumidores. 

A pesquisa foi realizada com 800 consumidores on-line entre 16 e 20 de novembro para entender a relação deles com a nova geração de empresas de serviços financeiros que surgiram nos últimos anos. Dados levantados pela Radar FintechLab também reforçam a ascensão das fintechs no Brasil – no final do primeiro semestre de 2018, o País já contava com mais de 450 startups financeiras em operação.

Uma questão de experiência

Ainda que o preço ou taxas seja o principal fator no momento de escolha de uma instituição financeira, além da segurança e confiança na marca, a melhor experiência com as plataformas também é um item relevante para um amplo número de consumidores. Para 34,5% dos entrevistados na pesquisa, um serviço mais rápido é importante, enquanto para mais de 30% é importante a facilidade em realizar ações e o atendimento ao cliente.

Mas há ainda uma parcela dos entrevistados fiéis aos seus bancos. A pesquisa mostra que 34,6% das pessoas não estão dispostas a trocar seu provedor de serviços financeiros. Entre os que estão dispostos a mudar, porém, é significativo o número de pessoas que buscam informações no Google (24,6%) e assistem a vídeos no YouTube (16%). Dados internos do Google mostram que o YouTube desponta como grande influenciador entre os clientes de fintechs, com alta de 3,5 vezes nas visualizações sobre o tema na plataforma em 2018. 

O estudo também mapeou o nível de insatisfação dos brasileiros com as fintechs. 19% dos clientes dessas empresas se disseram insatisfeitos. No caso dos bancos tradicionais, entretanto, o descontentamento é maior (25%). 

E o que fazem os clientes migrarem para as fintechs? Segundo a pesquisa, o fator decisivo para mudar é achar uma opção com taxas mais baixas, mas a boa experiência nas plataformas começa a ganhar importância entre os entrevistados. Para quem é cliente de bancos tradicionais, a principal influência para mudança ainda é a indicação de amigos, mas cada vez mais brasileiros têm recorrido ao motor de buscas do Google e ao YouTube para obter mais informações sobre as fintechs e sua reputação.

 

via IDG Now!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *