AMD lança oficialmente sua nova placa de vídeo Radeon RX 590

Nesta quinta-feira, dia 15/11, a AMD fez o anúncio oficial de sua nova placa de vídeo, a Radeon RX 590. Muitos rumores apontavam para esta data, já que as empresas parceiras já vinham lançando suas versões customizadas.

A AMD apresenta a RX 590 como uma placa de arquitetura avançada, mais precisamente a Polaris 30, e que tem a pretensão de se tornar a melhor opção em custo e desempenho para quem busca jogar os títulos mais populares com qualidade máxima, em Full HD e taxa de quadros acima dos 60 FPS.

Como características e vantagens em se adquirir uma Radeon RX 590, a AMD a apresenta trazendo uma sobrevida à arquitetura Polaris, criada sob a litografia de 12 nm e incluindo os núcleos gráficos GCN de 4ª geração.

A placa carrega tecnologias recentes para fornecer uma experiência otimizada em APIs de baixo nível como o DirectX 12 e o Vulkan, oferecendo o melhor desempenho para o games mais populares (AAA games) na resolução 1920 x 1080, com qualidade máxima e 60 FPS (ou acima), e a partir de 100 FPS em alguns dos jogos eSports mais conhecidos.

Através da atualização dos drivers, a AMD se compromete em fornecer otimizações de performance de longa vida para os jogos. Com o Radeon ReLive é possível gravar, fazer streaming e compartilhar suas partidas e conquistas nos games, além de monitorar a performance do sistema, entre outras funções.

Existem mais de 500 modelos de monitores que suportam a tecnologia AMD FreeSync no mercado. O FreeSync sincroniza a taxa de atualização do monitor à taxa de frames dos jogos, proporcionando fluidez superior do que a tecnologia padrão. O FreeSync 2 HDR oferece até 2 vezes mais brilho e volume de cor, comparado ao sRGB.

A RX 590 está preparada para garantir belas imagens e imersão fantástica em jogos de realidade virtual. A tecnologia AMD LiquiVR facilita a compatibilidade com dispositivos novos e antigos.

Pacote de jogos gratuitos

Além disso, quem adquirir a RX 590 vai levar um pacote com três jogos de brinde. São eles o Resident Evil 2, Devil May Cry 5 e Tom Clancy’s The Division 2. Eles serão lançados no início de 2019, sendo que o dono de uma RX 590 já vai garantir suas cópias por antecipação. Essa “graça” da AMD se estende também aos modelos RX Vega 56 e Vega 64. Já quem comprar a RX 580 ou RX 570, terá que escolher dois entre os três títulos.

Desempenho e comparações com a RX 580 e GTX 1060 6GB

Se formos comparar a RX 590 com a RX 580, vamos perceber que elas possuem características bem semelhantes, com a 590 tendo um clock mais elevado. No entanto, esse aumento na frequência faz o TDP subir de 185 W para 225 W, o que, a princípio, não justifica muito ter saído dos 14 nm para os 12 nm. Na questão da performance, a RX 590 se mostra um pouco superior.

Quando comparada à GTX 1060 6GB, a diferença de performance é ainda mais evidente, entretanto o consumo cresce numa proporção ainda maior.

Se não houver uma diferença de preço convidativa, não vai valer a pena deixar de investir numa RX 580 para adquirir uma RX 590. Ela se torna uma boa opção para quem vai comprar uma placa nova, ou está saindo da NVIDIA, e está interessado nos três jogos que a acompanham, o que vai fazer o valor total ter um belo desconto. O fato do FreeSync ser mais acessível e da placa já oferecer tecnologia HDR também ajudam.

Veja abaixo (clique na imagem para abrir uma versão maior em nova janela) os benchmarks de alguns jogos utilizando-se modelos customizados dessas três placas:

AAA Games na Radeon RX 590

Especificações da Radeon RX 590

  • Clock base / Clock turbo: 1469 MHz / 1545 MHz;
  • Unidades computacionais: 36;
  • Processadores de fluxo: 2304;
  • Unidades de textura: 144;
  • ROPs: 32;
  • Memória de vídeo: 8 GB GDDR5;
  • Interface de memória: 256 bits;
  • Largura de banda da memória: 256 GB/s;
  • Processo de fabricação: 12 nm FinFET;
  • Conexões: 3 DisplayPort 1.4, 1 HDMI 2.0b;
  • TDP: 225 W;
  • Fonte recomendada: 550 W.

Preço e disponibilidade

Em vários países a disponibilidade da Radeon RX 590 é imediata. Inclusive, as empresas parceiras já anunciaram algumas versões personalizadas. O preço sugerido pela AMD é de USD 279.

A Radeon RX 590 deve encerrar a arquitetura Polaris de GPUs AMD e, apesar de ser a primeira placa de vídeo da empresa a ser feita sob o processo de fabricação de 12 nanômetros, já desejamos que seja a última. Este ano já foram anunciados os primeiros chips Vega de 7 nm para o mercado corporativo. O que esperamos é que as próximas placas para jogos também sejam fabricadas sob a mesma litografia e tragam os mesmos avanços.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *