Nokia anuncia novo “burrofone” dual-chip e bateria para o dia inteiro

Por aqui, sempre falamos em aparelhos de última geração, cheios de especificações brilhantes. Por isso, sempre é curioso notar que a HMD Global, principalmente, mantém seu passado firme e forte com o lançamento de feature phones como a nova versão do Nokia 106, anunciado nesta semana e já disponível nas prateleiras indianas.

Resistente e com corpo em policarbonato, pesando apenas 70 gramas, o celular faria a alegria do Cabo Daciolo com uma tela colorida de 1,8 polegada e resolução de 160 por 120 pixels. O dispositivo dá suporte a uma dupla de chips, não permite o download de aplicativos e roda um sistema operacional da própria Nokia, entregando apenas o básico e o ideal para quem quer apenas isso no bolso em um dispositivo que sobreviva a quedas e não seja motivo de distração.

Quem quiser procrastinar, claro, terá acesso ao clássico jogo da cobrinha, conhecido oficialmente como Snake. O dispositivo traz também algumas demos de outros games disponíveis em uma loja oficial, que precisam ser adquiridos em sua versão completa. No restante, foram citados como destaques a memória de 4 MB, suficiente para armazenar 500 mensagens SMS ou 2.000 contatos da agenda.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

O clássico jogo da cobrinha está presente no Nokia 106, pois isso não poderia faltar em um feature phone da marca (Imagem: Divulgação/HMD Global)

No restante das configurações, temos um processador MTK 6261D e 4 MB de memória RAM para rodar o sistema operacional Nokia Series 30+. A bateria é de 800 mAh que, de acordo com a HMD, permite que o usuário faça ligações “do amanhecer ao anoitecer”, ou, mais precisamente, durante 15 horas. Em stand by, a autonomia é de até 21 dias, enquanto na utilização como rádio FM, dá para tocar música por 36 horas.

Como um dispositivo focado em mercados emergentes, é claro que o preço acaba sendo seu principal destaque, com o Nokia 106 custando cerca de R$ 300 no mercado indiano. A HMD Global, que licencia a marca finlandesa no mercado de smartphones, já anunciou que o modelo deve chegar a outros territórios, mas o Brasil deve ficar de fora já que a fabricante não opera oficialmente por aqui.

Fonte: Nokia / HMD Global

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *