Resident Evil 2 Remake não vai mudar história do original, diz produtor na BGS

O produtor do remake de Resident Evil 2, Yoshiaki Hirabayashi, prometeu durante a BGS 2018 que o novo game não vai mudar a história do título original, lançado em 1998. De acordo com ele, a ideia é trazer mais profundidade e explicações a histórias que já estavam presentes no original, mas sem modificar acontecimentos nem as relações do título com o restante da cronologia da saga.

Em entrevista ao site Resident Evil Database, ele usou a história de Sherry como um dos exemplos disso. A garotinha aparece abandonada na campanha de uma das protagonistas, Claire, e tem papel fundamental não apenas nos eventos com a personagem, mas também nos acontecimentos da cidade em si, tomada por uma infecção viral que liberou monstros e transformou a população em zumbis.

De acordo com Hirabayashi, um dos pontos a serem abordados reside na relação entre Sherry e seus pais, William e Anette, que a negligenciavam devido ao trabalho como cientistas da Umbrella, responsável por todo o ocorrido. O mesmo também vale, por exemplo, para o destino da espião Ada Wong e sua aparição nos games posteriores, e o ódio mostrado pelo outro protagonista, Leon, em relação à Umbrella, bem como seu status nos títulos que vieram depois.

 

O produtor do remake de Resident Evil 2 também explicou a decisão de criar apenas um cenário de narrativa para cada um dos protagonistas, em vez de dois, como acontecia no game de 1998. Para criar a reimaginação, como a Capcom gosta de chamar o título, foi considerada a sequência “correta” de fatos, como forma de não prejudicar o que veio depois, mas com novos elementos que propiciam uma experiência inédita para quem, durante os últimos 20 anos, já conhece todos os elementos do jogo de cor.

Hirabayashi, ainda, afirmou que o mesmo nível de seriedade dos outros games da série Resident Evil, em relação ao que veio antes, também está sendo tomado aqui, de forma a não perverter a história nem modificar seus elementos principais. O que temos, então, é uma nova visão sobre os fatos, com mais características e de maneira muito mais aprofundada, mas sem alterar a cronologia ou os acontecimentos que influenciam no andamento da saga.

O remake de Resident Evil 2 foi um dos principais jogos da BGS 2018. Seu lançamento está marcado para 25 de janeiro no PlayStation 4, PC e Xbox One.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *