Por que a Apple ainda não lançou seu carregador sem fio?

Lucas Mearian, Computerworld (EUA)

20 de setembro de 2018 – 18h04

Expectativa do mercado era que companhia, finalmente, apresentasse o carregador AirPower junto dos novos iPhones, algo que não se concretizou


Já faz um ano desde que a Apple anunciou que lançaria seu primeiro carregador sem fio. As expectativas eram altas. A a posta era que a companhia usaria o evento do lançamento dos novos iPhone para lançar o carregador AirPower. Como é típico, os especialistas fizeram previsões de quando o acessório seria oficialmente lançado. Algumas publicações previram um lançamento em fevereiro passado; outros esperavam em março.

Mark Gurman, repórter da Bloomberg, escreveu que os engenheiros da Apple esperavam lançar o aparelho até este mês. Mas no evento que incluiu o anúncio de três novos iPhones X e um Apple Watch atualizado, isso não aconteceu.

“Pode ser que eles não quisessem tirar o entusiasmo do novo relógio, que é a ‘pedra preciosa’ dos anúncios, na minha opinião – e os telefones. Também pode ser que o produto ainda não esteja pronto”, especula Jack Gold, analista principal da J. Gold Associates.

Na época de seu anúncio, em 2017, a Apple descreveu o AirPower como capaz de carregar três dispositivos ao mesmo tempo: um iPhone 8 ou iPhone X, um Apple Watch Series 3 e AirPods através de seu estojo de carregamento.

Como já existem carregadores sem fio disponíveis hoje capazes de carregar três dispositivos ao mesmo tempo, uma pergunta óbvia é: Por que a Apple demora tanto para lançar seu próprio carregador?

O artigo de Gurman afirmava que fontes haviam dito que os engenheiros da Apple estavam se esforçando para tentar resolver os obstáculos técnicos, mesmo que estivesse concedendo o mercado de cobrança sem fio a concorrentes. Na verdade, a Apple até recomendou que os usuários adquirissem as bases de carregamento sem fio de outras fabricantes para usar com as linhas iPhone 8 e iPhone X.

“A Apple não quer apenas lançar outro carregador sem fio por commodities. Eles querem acrescentar um pouco do seu próprio molho secreto ao dispositivo. É por isso que está demorando tanto”, disse Gold. “Eu acho que eles subestimaram o escopo do que eles estão tentando fazer, e certamente o tempo necessário para realizá-lo. Tenho certeza que assim que sair, será um sucesso, pois atrairá os fãs de aparelhos da Apple”.

É provável que a Apple lide com vários problemas com seu carregador que não estão presentes nos atuais carregadores de terceiros, como o ajuste da corrente elétrica e a duração do carregamento de cada dispositivo colocado nele.

Isso significa que ele precisa construir alguns “recursos inteligentes” no dispositivo e talvez incorporar recursos adicionais, já que o dispositivo terá um processador interno. A empresa também está pensando em considerar recursos como sincronização entre dispositivos e conectividade Bluetooth.

A expectativa é que o AirPower da Apple suporte o carregamento rápido, a transferência de 7,5W de energia contra 5W para a maioria dos carregadores atuais.

 

 

via IDG Now!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *