Ambicioso projeto começará a agir contra plásticos no Pacífico

Os cuidados com o planeta parecem estar cada vez mais eficientes a medida que a tecnologia avança. Marcas esportivas já buscam reduzir o impacto ambiental de seus produtos — Reebok e Adidas são exemplos disso — confirmando que a evolução da tecnologia traz soluções mais viáveis e cada vez mais baratas. O uso de reciclagem tem sido bastante explorado e, visando facilitar a captação do material a ser reutilizado, o The Ocean Cleanup começará os testes de seu ambicioso projeto.

VIDEO

Nomeado como Ocean Cleanup System 001, de São Francisco, tem formato que lembra uma “boia espaguete” — com 600 metros de comprimento. É equipado com sensores por toda extensão de sua estrutura e sistema de localização por GPS, para constante monitoramento. O projeto utiliza as forças de correntes, ondas e ventos para locomoção e para capturar o material. Para isso, utiliza uma rede de 3 metros de profundidade, que manterá o plástico acumulado até que seja recolhido por veículos tripulados.

Com a força aplicada na estrutura o sistema assume um formato de ‘U’, permitindo manter 55 toneladas de plástico por ano. Durante as duas semanas de teste, o System 001 será constantemente monitorado. Principalmente para assegurar que sua presença não afeta a vida marinha. Após esse período, a estrutura será levada até o grande depósito de lixo do Pacífico, sua missão principal. Sendo acompanhado por uma equipe por mais 6 meses.

Embora bastante eficiente, a capacidade da nova tecnologia não atende a toda demanda. Estima-se cerca de 165 milhões de toneladas estão nos ocenos hoje, quantidade que se tornará superior a  de peixes em 2050 se nenhuma medida for tomada. Para isso, a Ocean Cleanup já planeja lançar 60 sistemas por ano, buscando tornar os oceanos ainda mais limpos.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *