NASA ativa lasers que ajudarão a acompanhar anomalias gravitacionais

Em órbita desde maio, os novos satélites de monitoramento climático da NASA estão praticamente prontos para observar as camadas de gelo, atmosfera e níveis do oceano. Além disso, os satélites Twin Gravity Recovery e Climate Experiment Follow-On (GRACE-FO) ativaram seus lasers pela primeira vez para que todos fiquem conectados entre si, enquanto eles orbitam a Terra.

O intuito é rastrear mudanças na distância entre eles, provocadas pelas variações no campo gravitacional do nosso planeta. Tais dados vão ajudar cientistas a entender melhor e monitorar o afinamento das camadas de gelo, o aumento do nível do mar e, até mesmo, o fluxo de magma subterrâneo.

Os GRACE-FO utilizam um sistema de alcance de micro-ondas e também voam com um instrumento experimental de interferômetro de variação a laser (LRI) a bordo. Assim, essa missão servirá como uma demonstração de que a tecnologia do LRI é eficiente para fornecer medições precisas. Como informou o representante da NASA JPL, Kirk McKenzie: “O LRI é um avanço para medições precisas de distância no espaço. É o primeiro interferômetro a laser entre espaçonaves e o culminar de uma década de pesquisa e desenvolvimento financiado pela NASA e pela Alemanha”.

Ainda de acordo com a NASA, o teste feito em 13 de junho provou que os instrumentos LRI da espaçonave estão funcionando como esperado. Isso porque os pesquisadores conseguiram se conectar na tentativa inicial e até transmitir seus primeiros dados de alcance para a equipe de solo. Além disso, nas próximas semanas e meses, os cientistas vão ajustar e aperfeiçoar os instrumentos a laser como forma de garantir que eles entendam os dados que repassam.

O GRACE-FO é um projeto de parceria entre a NASA e o Centro Alemão de Pesquisa em Geociências em Potsdam. Além disso, existem colaboradores adicionais para o interferômetro de alcance a laser, inclusive em centros de pesquisas de diversos países, como França, Suíça e Austrália.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *