Atualização de pequenos chips permite a navegação de drones em miniatura

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) avançaram no desenvolvimento de chips de navegação. Ano passado, o Intituto desenvolveu um pequeno chip de computador feito sob medida para ajudar os drones do tamanho de uma abelha a navegar.  Agora, o design de seus chips encolheu ainda mais, tanto em tamanho quanto em consumo de energia.

Com o tamanho de aproximadamente 0,19 centímetros quadrados e potência eficiente o suficiente (24mW), o chip, chamado “Navion”, pode caber em um drone do tamanho de uma abelha, mas poderoso para processar imagens da câmera em 171 quadros por segundo. O chip pode ser utilizado para ajudar os veículos a navegar em locais remotos ou inacessíveis onde os dados de satélite de posicionamento global não estão disponíveis.

Para ficar tão pequeno, o Navion obteve sua economia de energia em parte ao minimizar a quantidade de dados que o chip armazena a qualquer momento, maximizando seu fluxo. O chip chega ao extremo de cortar os cálculos matemáticos que envolvem zeros, já que a resposta será sempre zero. Todos esses esforços ajudaram a reduzir a memória necessária de 2MB para apenas 0,8MB, fazendo com que a economia de tamanho e do consumo de energia fossem ainda maiores.

Porém, ainda não vai ser possível ver fotos de um drone voador do tamanho de uma abelha pelas ruas da sua cidade, o chip ainda está em fase de testes. O próximo passo será testá-lo com um carro de corrida em miniatura, seguido por um drone regular e, em seguida, um mini drone.

O design do chip também pode ser executado em qualquer pequeno robô ou dispositivo que precise navegar por longos períodos de tempo com apenas uma carga de bateria. A tecnologia não se limita apenas aos bots aerotransportados, lembre-se. Também poderia se aplicar a pílulas inteligentes e auxiliar o tratamento de doenças gastrointestinais como mais um dispositivo a serviço da medicina moderna.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *