Musk planeja fabricar tijolos e construir casas de baixo custo

Elon Musk parece não ter limites quando se fala em empreendedorismo. Como se não bastasse estar viajando pelo espaço, produzindo carros elétricos e vendendo lança-chamas, agora ele quer utilizar o material retirado das escavações de outra de suas empresas, a The Boring Company, para fabricar tijolos e aliviar a crise de moradia nos EUA.

No twitter ele disse que “A The Boring Company vai utilizar os resíduos de escavações para criar tijolos para casas de baixo custo”. Um porta-voz da companhia confirmou os planos, dizendo que será fabricada uma quantidade insana de tijolos. Musk possui planos de vendê-los, além de utilizar o material para construir futuros escritórios da própria empresa de escavação.

Problemas de ordem prática

Considerando que o material resultante da escavação precisa ter um destino, fabricar tijolos com ele é uma jogada inteligente. Mas Juan Matute, professor da Universidade da Califórnia que trabalha com projetos urbanos de sustentabilidade, questiona quantas unidades habitacionais acessíveis esses tijolos criarão.

Segundo Matute, Musk pressupõe que os custos de uma obra são bastante influenciados pelo material utilizado. Ele diz que esse não é o caso na Califórnia, onde atualmente existem escavações da The Boring Company em andamento, pois o terreno e a mão-de-obra têm uma influência muito mais significativa do que o material no preço final do imóvel.

A região da Califórnia possui grandes riscos de ser atingida por terremotos, inviabilizando a execução de edificações sem uma estrutura de concreto armado, que suporte esses esforços de forma apropriada. O grande problema é que isso fazer com que os tijolos funcionem somente como uma alvenaria de vedação, elevando os custos.

Outra questão levantada é que o solo da região possui histórico de ser contaminado, e isso poderia inviabilizar a utilização do material para a fabricação de tijolos. Matute acredita que mesmo com esses desafios, é possível que Musk consiga colocar sua ideia em prática, devido ao seu histórico com projetos “impossíveis”. Para ele, o grande desafio é viabilizar a solução em grande escala.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *