Boring Company, de Elon Musk, vai construir túnel até o aeroporto de Chicago

A Boring Company, aposta de Elon Musk para diminuir o trânsito em grandes cidades, ganhou um novo cliente. A empresa foi anunciada nesta quinta-feria (14) como a escolhida para criar uma linha subterrânea que liga o centro e o aeroporto de Chicago.

Ela construirá dois túneis paralelos para permitir que o deslocamento em uma das áreas mais congestionadas da cidade seja mais rápido. A Boring Company promete que a viagem levará somente 12 minutos. Para se ter uma ideia, o trajeto de carro chega a durar mais de uma hora durante o horário de pico.

A prefeitura de Chicago e a empresa se reunirão para negociarem os detalhes do contrato que será levado ao conselho municipal. O texto ainda poderá sofrer pequenas mudanças, mas teve alguns pontos revelados.

Um deles é o acordo de o projeto não seja financiado pelo poder público. A Boring Company será encarregada de construir e operar o sistema, que custará cerca de US$ 1 bilhão, e terá passagens mais baratas que táxis e serviços como Uber.

Ele é chamado de Loop e é, basicamente, uma versão do Hyperloop. A principal diferença é que o modelo não irá pressurizar os túneis, que terão até 18 metros de profundidade e 4 metros de largura. Por eles, passarão carros elétricos que serão ligados a bases de concreto e terão a capacidade de transportar até 16 pessoas e suas bagagens.

Os veículos sairão da estação a cada 30 segundos e poderão atingir até 241 km/h. Os modelos são inspirados no Tesla Model X, e contarão com cabine climatizada e Wi-Fi. A Boring Company estuda oferecer veículos individuais, mas ainda não ofereceu mais detalhes sobre como o modelo funcionaria.

Para a empresa de Elon Musk, chegar em outra grande cidade dos Estados Unidos trata-se de um ótimo negócio por conta do público em potencial do sistema. Diariamente, 20 mil pessoas fazem o trajeto entre o centro e o aeroporto de Chicago. Até 2045, a expectativa é que o número chegue a 35 mil.

Além de Chicago, a Boring Company tem conquistado avanços em cidades como Washington, D.C. e Maryland. A companhia está mais avançada em Los Angeles, onde conseguiu a permissão de construir um trajeto de 4,3 quilômetros. Por lá, a viagem deverá custar apenas US$ 1.

Com informações: Boring CompanyArs Technica, Mashable.

Boring Company, de Elon Musk, vai construir túnel até o aeroporto de Chicago

via Tecnoblog

Deixe uma resposta