Instagram segue a Google e terá painel com dados sobre frequência de uso

Google apresentou várias novidades em seu evento para desenvolvedores I/O 2018, na semana passada, e uma das coisas que mais chamou a atenção foi o conceito de “bem-estar digital”, que vem para diminuir os efeitos viciantes dos smartphones. A iniciativa deve estar presente em forma da ferramenta Dashboard, que fará parte do Android P e disponibilizará dados sobre o uso, para que você controle melhor a influência do aparelho no seu cotidiano. Poucos dias depois, o Instagram já aderiu a essa tendência e um recurso parecido foi flagrado nos códigos do app para Android.

O “Usage Insights” foi revelado pela pesquisadora Jane Manchun Wong, que costuma se embrenhar nos programas de plataformas populares para encontrar futuras mudanças. O painel deve trazer o tempo gasto com o Instagram aberto, assim como as estatísticas sobre sua navegação por dia, semana e mês, entre outras coisas.

instagram

Pouco depois que Jane encontrou a modificação no pacote de aplicações, o próprio CEO Kevin Systrom postou um tweet confirmando sua vinda. “É verdade, Estamos construindo ferramentas que ajudarão a comunidade a saber mais sobre como eles usam seu tempo no Instagram — todo o tempo deve ser positivo e intencional. Entender como o impacto do tempo online sobre as pessoas é importante e é uma responsabilidade de todas as companhias ser honesto sobre isso. Queremos ser parte da solução. Eu levo essa responsabilidade a sério.”

Jane também desvendou uma nova barra de comentários com Emoji, que facilita selecionar uma das figurinhas e atrelar a algum dos contatos. Por enquanto, não há previsão de distribuição de ambas as atualizações.

Novo painel pode diminuir as críticas ao Insta

De todas as plataformas, o Instagram é a que mais recebe críticas por favorecer um comportamento viciante com o culto à imagem — não são poucos os relatos de quem acabou se prejudicando para tentar forçar uma vida ilusória por ali. Depois que Mark Zuckerberg baixou a guarda, com o caso de vazamento de dados da Cambridge Analytica, ele prometeu uma série de mudanças, direcionadas ao bem-estar dos usuários. E a atualização vem para juntar isso tudo e diminuir a frequência de quem fica colado com a cara no celular o dia todo.

Quem deve estar comemorando é Tristan Harris, fundador do Centro para Tecnologia Humana, organização criada a se opor ao que chamam de “corrida para monetização da atenção”. Foi ele quem criou o conceito de “bem-estar digital”, quando ainda era gerente de produtos da Google, em 2013, e comentou recentemente que espera outras gigantes do setor de tecnologia aderindo a essa tendência.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: