Nova linha 2018 de TVs da LG tem OLED com AI e custa até R$ 40 mil

A LG aproveitou o fim desta segunda-feira (16) para anunciar a chegada de três novos aparelhos de TV de sua linha premium, com tecnologia OLED. Focada em inteligência virtual, o carro-chefe da marca tem nome de W8, vem com 65 polegadas e custa R$ 39.999.

W8, o suprassumo da LG

Este modelo é realmente caro, caro em um patamar que deixa claro para quem ele quer ser vendido. O painel do W8 é um OLED com resolução 4K, HDR (nos formatos HDR10, HDR10 Pro, Advanced HDR by Technicolor, HLG Pro e Dolby Vision), WebOS 4.0 e soundbar com 4.2 canais, 60 watts RMS e que concentra todas as conexões, com direito a quatro portas HDMI, entradas RF, cabo de rede ethernet, vídeo componente, três USB e saídas ótica e analógica para áudio que podem usufruir da tecnologia Dolby Atmos.

LG OLED W8 tem 65″ em resolução 4K (Foto: André Fogaça/Canaltech)

Ela é tão chique que sequer é permitido colocá-la em um pedestal ou algum apoio. A LG envia, na caixa, informações de como fixar o fino painel de 2,6 milímetros – já que todas as conexões estão na soundbar, que vai conectada ao display com o uso de um cabo ótico único. A tela consegue reproduzir até 120 Hz, que são gerados a partir do novo processador de imagens Alpha 9, da própria LG.

Outro modelos, para plebeus

Além do salgado W8, a LG também apresentou dois novos aparelhos de um modelo chamado C8, mudando apenas o tamanho físico do display. São opções de 55 e 65 polegadas que também contam com tecnologia OLED e seguem com os mesmos recursos do W8 – mudando apenas no formato da tela, agora convencional, com possibilidade de montar em um suporte de pés e que não obriga o usuário a instalar a TV na parede.

Modelo C8 é mais simples, mas mantendo quase que tudo da W8 (Imagem: Divulgação/LG)

O número de portas é o mesmo, mudando apenas a potência de áudio, que vai para 40 watts em ambos os modelos.

Inteligência artificial para todos

Junto das TVs, a LG trouxe ao Brasil sua tecnologia ThinQ, que foi apresentada na CES deste ano, lá em Las Vegas. Ela utiliza reconhecimento de voz natural para dar respostas em um nível semelhante ao que o Google Assistente consegue. Não só de forma semelhante, mas utilizando o assistente pessoal da Google em alguns momentos e a Alexa em outros – este segundo não está disponível no Brasil ainda.

“A mesma plataforma que vocês viram na CES foi trazida para o Brasil. A mesma plataforma foi adaptada para o português do Brasil”, comenta Igor Krauniski, gerente de produtos para TV da LG do Brasil. Isso significa que você pode pedir para subir o volume, por exemplo, de formas diferentes. Desde falar “baixar o volume”, passando por “o som está alto” e indo até “quieta!”. Além disso, é possível utilizar a busca de voz para uma busca pela internet (que utilizará o Google Assistente) ou para saber se os serviços que você assina de filmes contam com um artista específico.

Esta tecnologia está disponível nos três modelos recém-anunciados.

Disponibilidade e preço

O W8, modelo mais premium, já está em alguns varejistas do Brasil por um preço salgado de R$ 39.999. O modelo C8 pode ser encontrado a partir de junho deste ano, custando R$ 7.999 para a versão com 55 polegadas e R$ 17.999 para 65 polegadas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta