Site da Universidade de Brasília é hackeado por grupo inspirado em “Naruto”

No anime “Naruto”, uma organização secreta chamada de Akatsuki age na surdina para tentar dominar o mundo. O grupo foi lembrado durante a invasão do site da Universidade Brasília (UnB), que foi ocupada na última quinta-feira (12) e vem recebendo protestos — inclusive em forma de ataques virtuais — contra a crise financeira que a instituição enfrenta.

A página começou a apresentar a mensagem: “por um Ministério da Educação mais justo! nós queremos ter direito ao orçamento prometido e explicações sobre divergência orçamentária! ABAIXO OS CORTES!”, com uma menção aos criminosos da série japonesa e palavras nada amistosas ao atual presidente.

hacker naruto

A universidade confirmou oficialmente o episódio e que retirou o site do ar, mas não detalhou quais sistemas foram atingidos. Durante a tarde,  já havia retornado. Vale lembrar que algo parecido aconteceu em 2011 e há uma semana a rede do estabelecimento de ensino ficou fora do ar entre a manhã até o início da noite — o que foi justificado como “manutenção de rotina”.

Universidade de Brasília vive momento difícil

A UnB vive um momento muito delicado. A direção alega que de toda sua receita, incluindo os R$ 168 milhões arrecadados com aluguel dos imóveis, sobram apenas R$ 110 milhões para gastos em 2018 — o restante iria para os cofres da União. Essa seria a justificativa para os planos de aumento de preços do Restaurante Universitário e a demissão de estagiários e profissionais terceirizados.

Já o Ministério da Educação afirma que o orçamento da UnB subiu de R$ 1,66 bilhão em 2017 para R$ 1,73 bilhão nesta temporada, sugerindo aos administradores que os recursos sejam otimizados. Para os manifestantes, o grande vilão é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 do governo Michel Temer, que estabelece teto para contas públicas nos próximos 20 anos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: