O que o Google realmente quer mudando o visual do Android, do Gmail e de outros serviços?

Mudanças são sempre bem-vindas. O Android é um sistema que, visualmente falando, mudou pouco nos últimos três anos. Pessoalmente, acredito que essas mudanças estéticas mais profundas devem sim chegar ao sistema e demais produtos da empresa, porém estamos passando passando por um momento de organização. As recentes mudanças no design do Android P e em outras plataformas do Big G, como Gmail, por exemplo, trazem consigo um significado maior por trás.

Quem nunca ouviu falar que o Android não é um sistema fácil ou então que é confuso? Pois bem, o nosso querido robô verde tropeça bastante quando o assunto é usabilidade, como quando o sistema exibe notificações desnecessárias, como aqueles da rede celular que não servem pra nada e são fixas. O conceito Material Design trouxe para o Android uma espécie de guia de estilo que foi se aperfeiçoando ao longo dos anos e, basicamente, podemos dizer que atualmente o SO está bem polido naquilo que toca o design.

Sinto lhe dizer caro leitor, mas acredito fortemente que o visual do Android está ótimo do jeito que está. O que o Google quer nos propor agora é algo maior que isso, que é explorar a plataforma em termos de organização, usabilidade e novas tecnologias. A função de mudar a skin do Android é algo que as fabricantes fazem muito bem e melhor, e interfaces customizadas atingem um público muito maior que o Android Stock. Sempre que o Google tenta mudar a cara do Android temos resultados pouco convincentes, como a mudança de um fundo cinza por branco e dos ícones normais para círculos.

Interfaces customizadas são tão populares que hoje em dia poucos usuários notam diferenças em seus smartphones quando eles recebem uma nova versão do sistema. Poucos entendem como esse processo acontece e porque ele é essencial para nós, visto que a skin customizada já vem recheada de recursos que a maioria considera importante.

Até mesmo a Motorola vem se desvinculando do Android puro para oferecer algo mais adaptado, uma vez que as marcas criam suas campanhas publicitárias visando entregar recursos específicos a seus usuários e que, de modo geral, fogem daquilo que o Android puro oferece.

android p dev preview combi 2
O Android quer ser mais organizado e inteligente, e não apenas bonito / © Screenshots: AndroidPIT

Nesse sentido, fica fácil entender a importância das interfaces proprietárias, comercialmente falando, e como o sistema puro é algo realmente de nicho. O que o Google quer nos entregar hoje é algo que vai além do visual estético, com foco em novas experiências que não sejam “estranhas” ao usuário. Precisamos entender que, para que novas e importantes funções cheguem ao Android, todos os usuários precisam estar familiarizados com o layout do sistema, pois isso permitirá identificá-las com mais facilidade. Mesmo que isso nos custe uma estagnação visual.

O Reply e o Google Assistente são bons exemplos disso, pois eles levam a inteligência artificial para dentro do sistema de forma simples. Acontece que o usuário comum só entenderá a importância desses recursos uma vez que eles estiverem acessíveis em certas partes do sistema. Ou seja, se entre uma versão e outra o Google fizer intervenções visuais que tornem o acesso a eles diferente ou mais difícil, pouca gente entenderá a praticidade que é usar o Reply para responder mensagens curtas.

Assim, o Google terá que abrir mão de mudar profundamente a aparência do sistema e focar na integração e na organização de recursos novos e essenciais. Não vale a pena trocar o estofamento do carro, fazer a funilaria e a pintura e esquecer de olhar o motor. Por fim, acredito que o Google não esteja querendo chamar nossa atenção ao oferecer um Gmail novo, por exemplo, mas sim ao abrir espaço para que a plataforma, assim como o Android, possa se organizar e receber novos recursos. Incrementar o sistema vale mais do que fazer mudanças visuais que quase ninguém tem acesso.

Você concorda? Acha que o Google deveria fortalecer e organizar mais o sistema e deixar o layout em segundo plano?

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *