Após escândalos, Facebook deixa aliança antiprivacidade

Os escândalos de privacidade do Facebook levaram a empresa a recuar na luta contra a aprovação de uma lei a favor da privacidade nos Estados Unidos, mais especificamente no estado da Califórnia. O grupo em questão conta ainda com a participação de gigantes como Google, Comcast e AT&T e visa evitar a aprovação da California Consumer Privacy Act, que pode ser votada em novembro deste ano.

Se aprovada, a lei permitirá aos consumidores saberem quais informações as empresas coletam e mantêm a seu respeito. Além disso, ela dará às pessoas o direito de optarem pela não comercialização ou compartilhamento de qualquer um de seus dados pessoais. O fim do apoio formal do Facebook ao grupo que tenta evitar a ampliação do direito à privacidade no estado do país norte-americano é visto como uma vitória pelo criador do projeto de lei.

“Estamos contentes que o Facebook abandonou a oposição a California Consumer Privacy Act”, informou em comunicado Alastair Mactaggart. “Agora que viram o erro em suas ações, esperamos que eles trabalhem conosco proativamente para proteger as informações pessoais de todos os californianos, apoiando-nos pública e financeiramente.”

Lei de privacidade da Califórnia

No mesmo documento em que celebra o recuo do Facebook, o grupo que defende a nova legislação a descreve em três tópicos bem simples. Segundo o texto, a lei permitirá a cada consumidor:

1. Ver quais categorias de suas informações pessoais suas são coletadas por grandes empresas;

2. Pedir às corporações que parem de vender as suas informações e não discriminem os usuários que realizarem tal solicitação;

3. Responsabilizar as companhias por violações de dados quando elas lidarem com essas informações de forma imprudente.

As ações são simples e, sem dúvida, podem trazer um ganho significativo para a questão da privacidade na internet. Quem sabe um dia teremos uma espécie de legislação universal estendendo esses direitos a todos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *