Ao menos 12 pessoas foram presas por vazar informçaões da Apple em 2017

Conforme consta em um documento distribuído para funcionários, a Apple revelou ter descoberto a idendidade de 29 pessoas que vazaram informações da companhia no último ano, sendo que 12 delas foram presas.

No documento divulgado somente no blog interno da empresa, mas ao qual a Bloomberg teve acesso, os funcionários são avisados dos problemas relacionados a estes vazamentos. Ainda alerta: “Essas pessoas não apenas perderam seus empregos, elas podem enfrentar extrema dificuldade em encontrar emprego em outros lugares”. 

Como uma empresa de capital aberto, a Apple pode enfrentar variações de mercado com o vazamento de informações para a imprensa. “O impacto de um vazamento vai além das pessoas que trabalham em um determinado projeto – é sentido em toda a empresa. Vazamentos de informações sobre um novo produto podem impactar negativamente as vendas do modelo atual; dar às empresas rivais mais tempo para começar uma resposta competitiva; e levar a menos vendas desse novo produto quando ele chegar”, informa a nota.

Ainda, a empresa diz que não somente são checadas informações que vazaram de dentro dos escritórios, mas de toda a cadeia de parceiros. “Quem vaza informações em nossa cadeia de fornecedores também está sendo pego. A a segurança global trabalhou de mãos dadas com os fornecedores para impedir o roubo da propriedade intelectual da Apple, além de identificar indivíduos que tentam exceder seu acesso”, explica.

Um dos principais motivos levantados pela Apple para que informações fossem vazadas foi a possibilidade de não serem pegos. Foi exatamente isso que motivou a empresa em soltar o memorando interno para seus funcionários. “O funcionário que vazou a reunião para um repórter disse aos investigadores da Apple que ele fez isso porque achava que não seria descoberto. Mas as pessoas que vazam, sejam elas funcionários, contratados ou fornecedores da Apple, são flagradas e são pegas mais rapidamente do que nunca”, informa o memorando.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *