Samsung Galaxy Note 9 pode ter bateria de 4000 mAh

A cada ano os smartphones avançam mais e mais em termos de funcionalidade e design, mas um fator permanece quase inalterado – a bateria. Mas isso parece estar prestes a mudar no Galaxy Note 9, que pode marcar a introdução de uma célula de 4000 mAh em um dispositivo da Samsung, de forma a dar mais autonomia ao dispositivo com tela maior.

Pelo menos é isso o que está sendo falado pelas fontes ligadas ao processo de fabricação do aparelho, que ainda não foi anunciado oficialmente pela marca. A empresa poderia, ainda, usar a maior autonomia do dispositivo como um de seus diferenciais em peças de divulgação, posicionando-o não apenas como uma opção de alto padrão, mas também como um dos aparelhos da categoria com maior tempo de uso antes da necessidade de recarga.

Os boatos são acompanhados de outras ideias que estão sendo derrubadas pela imprensa internacional. A chegada de uma bateria com maior capacidade significa, também, um aumento físico no componente, e as fontes afirmam que a Samsung teria estudado aumentar o display do Galaxy Note 9 para 6,4 polegadas, de forma que ele tome completamente a parte frontal do aparelho.

Outras peças e informações vazadas, porém, contam outra história e mostram que, mais uma vez, o Galaxy Note 9 deve contar com pequenas bordas nas partes superior e inferior do display. Com isso, a tela em si deverá ter 6,3 polegadas, como a anterior, com apenas a proteção de vidro que a recobre sendo maior do que esta área.

Outros rumores relacionados ao phablet apontam para um cuidado especial quanto à resistência de um aparelho dessa magnitude, mas com corpo todo feito de vidro, e a possível estreia de um sensor de impressões digitais sob o display. Enquanto a primeira é perfeitamente aceitável, a segunda, novamente, bate de frente com outros rumores, que indicam uma dificuldade no desenvolvimento de soluções biométricas que pode levar a Samsung a deixar o componente de segurança oculto para o futuro próximo, investindo, mais uma vez, em uma solução convencional.

Por enquanto, como normalmente acontece com aparelhos de grande porte, nada confirmado ainda. O Galaxy Note 9, como seus antecessores, deve ser a grande arma da Samsung para combater a chegada de uma nova geração do iPhone. Assim como o rival da Apple, é um dispositivo com lançamento marcado para o segundo semestre deste ano.

Por mais que os rumores revelem absolutamente tudo sobre o dispositivo, como normalmente acontece, a Samsung mantém o silêncio sobre um de seus principais aparelhos anuais. A empresa não confirmou a utilização de uma bateria maior nem possíveis mudanças de design – até mesmo a existência do próprio Galaxy Note 9 ainda não foi confirmada, mas este, pelo menos, todos nós sabemos muito bem que está a caminho.

Fonte: Phone Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta