“Dezenas de milhares” de contas no Facebook podem estar ligadas ao Kremlin

Em novembro passado, foi confirmado que contas ligadas ao Kremlin por meio da Internet Research Agency (IRA) tinham intuito de utilizar as redes sociais para espalhar desinformação de forma a facilitar resultados de decisões importantes para a política ocidental, como o referendo que votou o Brexit e a eleição de Donald Trump como presidente estadunidense. 

Inicialmente, pensou-se que 470 contas falsas no Facebook estariam ligadas à IRA, já tendo sido bloqueadas na rede social. Entretanto, durante o testemunho de Mark Zuckerberg no senado nessa terça-feira (10), foi divulgado que o número é bastante maior, na ordem das “dezenas de milhares”. A pergunta sobre o número de contas falsas foi feita pelo Senador Feinstein e respondida por Zuckerberg: “Há muitas outras que nossos sistemas capturam, que são mais difíceis de atribuir especificamente à inteligência russa, mas o número estaria nas dezenas de milhares de contas falsas”.

Vista como cautela por uns e como tentativa de se esquivar da responsabilidade por outros, a declaração de Zuckerberg mostra incerteza quanto ao uso da rede social para influenciar decisões importantes na democracia ocidental.

Fonte: Techcrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta