Craig Wright, o auto-proclamado criador do Bitcoin, é acusado de plágio

Craig Wright é uma figura polêmica — o australiano se auto-proclama o criador da criptomoeda Bitcoin, e, mesmo sendo desprezado por diversas personalidades do setor, continua insistindo na ideia. Desta vez, porém, Wright acabou se envolvendo em uma controvérsia diferente. O empreendedor e economista está sendo acusado de plagiar um trabalho científico, uma postura um tanto grave no ambiente profissional.

O que acontece é o seguinte: em julho do ano passado, Wright publicou, na revista científica SSRN, um ensaio batizado de The Fallacy of Selfish Mining in Bitcoin: A Mathematical Critique (ou “A Falácia da Mineração Egoísta em Bitcoin: Uma Crítica Matemática”). No texto, o pesquisador tenta usar argumentos matemáticos para provar que a mineração de moedas virtuais incentivam o crescimento do setor e recompensa os colaboradores com quantias justas de dinheiro.

O problema é que uma das equações usadas por Wright para provar sua tese foi copiada de A strong limit theorem on gambling systems (“Um teorema de forte limitação sobre sistemas de apostas”), outro estudo científico de autoria dos pesquisadores chineses Wen Liu and Jinting Wang. O suposto criador dos bitcoins não inseriu nenhuma citação sobre esse trabalho, o que configura uma cópia não-autorizada e fraude.

Quem denunciou essa situação delicada pela primeira vez foi Peter Rizun, cientista-chefe da empresa Bitcoin Unlimited. Uma comparação lado a lado das equações presentes em cada trabalho foi usada para atestar que houve plágio — ao que tudo indica, Wright se limitou a alterar alguns termos e palavras, mas as operações matemáticas em si são iguaizinhas.

Comparação dos textos (Reprodução: The Next Web)

Após ser vítima de outras críticas no Twitter, Wright se pronunciou afirmando que o texto em questão é apenas um rascunho, e, por isso, não aparece com os devidos créditos. “Nós usamos os serviços editoriais da nChain. Eles checam isso [fraudes] e muito mais antes da publicação. Quando um texto não é publicado, bom, ele é um rascunho”, afirmou.

Vale lembrar que esta não foi a primeira vez que o possível criador dos bitcoins é acusado de copiar o trabalho alheio — em 2016, um programador afirmou que Wright roubou uma postagem em seu blog pessoal sobre como gerar uma carteira de bitcoins usando JavaScript.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta