Cambridge Analytica também pode ter lido suas mensagens no Messenger

Mais um desdobramento do escândalo entre Facebook e Cambridge Analytica: a empresa de análise de dados pode ter lido conversas privadas de usuários da rede social.

Segundo o pesquisador Jonathan Albright, isso poderia ser realizado por meio de uma vulnerabilidade que ocorre desde a primeira versão da API Facebook Graph. A vulnerabilidade permitia que aplicações pedissem informações de amigos de usuários por meio de um prompt único. Os dados puxados pelo app poderiam ser puxados anos depois da aceitação do usuário — e, entre esses dados, estava a requisição “read_mailbox”, sobre as mensagens privadas.

De acordo com o próprio Facebook, apenas uma pequena quantidade de usuários deu permissão ao aplicativo, cerca de 1.500 pessoas. Já a Cambridge Analytica negou o acesso.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: