Como o uso de gamification pode ajudar na cibersegurança das empresas

Segundo estudo da McAfee, ferramentas de gamificação têm aumentado a conscientização e o conhecimento da equipe de TI sobre como violações podem ocorrer


A gamificação no local de trabalho é a chave para vencer os cibercriminosos em seu próprio jogo, de acordo com um novo relatório da McAfee.

Gamification, o conceito de aplicar elementos de jogos a atividades não relacionadas a games, está crescendo em importância como uma ferramenta para ajudar a impulsionar uma organização de segurança cibernética de maior desempenho, aponta o estudo.

“Dentro das organizações que realizam exercícios de gamificação, hackathons ou programas de recompensas são os mais comuns, e quase todos (96%) dos que usam gamification no trabalho relatam benefícios”, diz o relatório da McAfee.

“De fato, os entrevistados que relatam estar extremamente satisfeitos com seus empregos têm maior probabilidade de trabalhar para uma organização que realiza jogos ou competições várias vezes por ano.”

O relatório, encomendado pelo Instituto Vanson Bourne, entrevistou 300 gerentes de segurança e 650 profissionais de segurança em organizações do setor público e privado com 500 ou mais funcionários nos EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Cingapura, Austrália e Japão.

Mais da metade (57%) desses entrevistados relataram que o uso de jogos aumenta a conscientização e o conhecimento da equipe de TI sobre como as violações podem ocorrer, com 77% dos gerentes concordando que a organização seria mais segura se usasse mais gamification.

Ainda, o estudo diz que o cenário para ameaças cibernéticas está crescendo, tanto em complexidade quanto em volume. Quase metade (46%) dos entrevistados acredita que, no próximo ano, eles terão dificuldades para lidar com o aumento de ameaças cibernéticas ou que será impossível se defender contra eles.

Para complicar ainda mais a dinâmica da competição entre o respondedor de segurança e o cibercriminoso está a crise de habilidades de segurança. Os entrevistados acreditam que precisam aumentar sua equipe de TI em 24% para gerenciar as ameaças que suas organizações enfrentam atualmente, enquanto 84% admitem que é difícil atrair talentos. Outros 31% dizem que não fazem nada para atrair novos talentos.

 

 

via IDG Now!

Deixe uma resposta