Galaxy S9 e divisão de semicondutores impulsionam os lucros da Samsung

Foram divulgados nesta sexta-feira os resultados financeiros preliminares da Samsung relacionados ao primeiro trimestre de 2018. De acordo com as informações publicadas pela sul-coreana, ela obteve um lucro de US$ 14,7 bilhões e uma receita considerável de US$ 56 bilhões.

Embora boa parte dos resultados esteja relacionada às fortes negociações no setor de semicondutores da empresa, diversos analistas também destacaram os ótimos resultados no setor de aparelhos móveis, com destaque especial para o recente lançamento da linha Galaxy S9.

Conforme destaca a Reuters destaca, o flagship chegou em uma época em que a Apple não apresentou grandes novidades. Por isso, mesmo investindo menos em marketing, a sul-coreana obteve resultados financeiros melhores.

Porém, se as vendas do Galaxy S9 se saíram muito bem, o mesmo não pode ser dito da divisão de displays da companhia. O mais curioso disso tudo é que os números amargos estão diretamente relacionados com a baixa popularidade do iPhone X, cujo preço de etiqueta afugentou os consumidores e fez o aparelho empacar nas prateleiras.

Outra questão preocupante é que as ações da Samsung apresentaram queda de 0,7% em comparação com o recuo do setor em geral de 0,3%. A baixa da sul-coreana na Bolsa pode estar associada às informações disseminadas em um relatório da empresa de consultoria UBS, que prevê um aumento no fornecimento de componentes DRAM voltados para servidores, fatia de mercado atualmente dominado pela Micron Technology.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *