Fortnite atinge marca de U$15 milhões em receita e bate Candy Crush no iOS

A versão mobile de Fortnite também já é um sucesso assim como a original para consoles e PC, ao menos, financeiramente. O game para iOS bateu a receita de U$15 milhões em apenas 20 dias.

A análise da empresa Sensor Tower ainda informa que o montante levantado pela Epic Games foi de U$10,5 milhões, retirada a parcela da App Store.

Desde o dia 13 de março, o jogo entrou na plataforma em versão beta e somente em 2 de abril foi oficialmente lançado para iOS. Pela análise, somente o dia de estreia oficial de Fortnite rendeu U$1,8 milhões.

Em termos comparativos, Fortnite também bateu o lucro de Candy Crush, Clash of Clans e até Pokémon GO nos últimos 7 dias. Foram U$6,4 milhões em receita na primeira semana de Fortnite no iOS, nos Estados Unidos, contra U$5,8 milhões de Candy Crush.

Game bateu Candy Crush nos últimos 7 dias (Foto: Sensor Tower)

Embora o jogo seja gratuito, a receita provém principalmente de dois pontos: venda de itens estéticos e publicidade dentro do game.

O estudo também traz a quantidade de usuários por países: 37% são dos Estados Unidos, seguido da Grã-Bretanha (8%) e Japão (6%). O Brasil não aparece nem nos 10 primeiros países, correspondendo apenas a 1% dos usuários.

Atualmente, o jogo é app mais baixado no iPad em todas as categorias no Brasil, e o 16º no iPhone.

Receita do jogo gnhou força com o lançamento no dia 2 (Foto: Sensor Tower)

O game é uma versão do Fornite disponível para Xbox One, PlayStation 4 e PC, jogo de tiro em primeira pessoa cuja principal característica é o modo Battle Royale. Aqui, 100 jogadores precisam se enfrentar em um mapa até que se sobre apenas um.

Fortnite é atualmente o jogo com maior número de usuários na versão de consoles e PC, e também acumula os recordes de ser o jogo mais visto em vídeos na Twitch e Youtube.

Fonte: Sensor Tower

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *