Facebook “dá vida” a pôsteres de filmes por meio da realidade aumentada

O Facebook está trabalhando aos poucos em novas tecnologias para realidade virtual e aumentada. A nova empreitada da empresa é utilizar a câmera do app da rede social para “dar vida” a pôsteres de filmes.

Com uma tecnologia de rastreamento com a câmera, os desenvolvedores criaram uma ferramenta que reconhece um pôster cinematográfico e o transforma em uma imagem interativa. Atualmente, a ferramenta funciona na divulgação de cartazes dos filmes Uma Dobra no Tempo e Jogador Nº 1, para testes de uma versão beta, ainda. O Facebook deve liberar um kit de desenvolvimento para empresas e criadores ainda neste ano.

“Embora ainda em versão beta fechada, os efeitos do AR Target Tracker do Facebook possibilitam que marcas, editores, artistas e desenvolvedores criem conteúdo contextualmente vinculado a imagens, logotipos, sinais e imagens no mundo real”, explica o pesquisador do Facebook, Krishnan Ramnath.

De acordo com a empresa, a ferramenta é um teste para propostas ainda mais ambiciosas do Facebook. Em dezembro do ano passado, a rede social lançou o AR Studios para que criadores de conteúdos possam colocar objetos 3D em seus arredores e interagir com eles em tempo real.

Usuário capta QR Code para dar início à aplicação (Foto: Divulgação)

“Nosso objetivo é disponibilizar a tecnologia para a mais ampla variedade de dispositivos no mais alto nível de qualidade possível, maximizando a acessibilidade para a maior variedade de telefones para que qualquer pessoa com um iPhone 5s ou superior ou um dispositivo Android 2012 e superior possa usá-la. Somos capazes de fornecer essa experiência para telefones de mercado high-end, tudo isso para telefones mais antigos e mais baratos, para garantir que as pessoas em qualquer mercado possam experimentá-lo”, acredita Ramnath.

É com o Studios que a tecnologia dos cartazes funciona. O pôster é carregado no programa na forma de imagem e acionado por um QR Code. Ao iniciar o programa, o Studios reconhece pequenos padrões na imagem e mostra as imagens em 3D por realidade aumentada.

“As possibilidades são infinitas! Não podemos esperar para ver o que os criadores de conteúdo e as empresas vão criar quando lançarmos a próxima fase da nossa plataforma de AR”, se empolga o pesquisador.

Fonte: Faceccok Blog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *