Telescópio Hubble enxerga a estrela mais distante já vista pela humanidade

Telescópio Hubble enxerga a estrela mais distante já vista pela humanidade

Batizado de Icarus, o astro está tão distante que sua luz levou 9 bilhões de anos para chegar à Terra. E a descoberta foi feita por acidente

Desde que foi lançado, no começo dos anos 90, o telescópio Hubble é o queridinho de cientistas do mundo inteiro. Por ficar no espaço, ele está livre de interferências da atmosfera terrestre e consegue as melhores imagens do universo. Nesta semana, ele foi responsável por mais um feito: encontrou a estrela mais distante já vista pela humanidade.

Batizado oficialmente de MACS J1149+2223 Lensed Star 1, mas também conhecido como Icarus, o astro fica a nove bilhões de anos-luz da Terra. O mais interessante é que a descoberta foi feita por acidente. Os pesquisadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia, estavam usando o Hubble para observar um aglomerado de galáxias quando notaram uma luz ao fundo da imagem. Era Icarus dando oi.

As imagens foram registradas em abril de 2016, mas só agora foi possível dizer com certeza o que o brilho significava. Para ver a imagem em alta resolução, clique aqui.

Descobrir estrelas isoladas é uma coisa rara de acontecer, principalmente por conta do brilho fraco que elas emitem. Neste caso, houve um fenômeno que trabalhou a favor dos pesquisadores – a chamada “lente gravitacional”. Quando isso acontece, o brilho de uma estrela é ampliado pela gravidade de um aglomerado de galáxias. O universo jogou a favor.

Os cientistas acreditam que Icarus morreu há muito tempo, já que o que foi observado é uma imagem de 9 bilhões de anos. Se considerarmos que o universo tem cerca de 13,8 bilhões de anos, o astro estaria a ¾ do caminho do Big Bang. Além disso, ele está 10 vezes mais longe do que a estrela individual mais distante que já havia sido observada.

via Superinteressante

Deixe uma resposta