NASA está desenvolvendo avião supersônico mais silencioso

A NASA está trabalhando no desenvolvimento de um avião supersônico. Além de ser mais rápido que a velocidade do som, a agência espacial também quer que o veículo seja silencioso.

Atualmente, quando um avião atinge a velocidade do som, isso comprime tanto o ar, que gera uma onda sonora muito forte em todas as direções, incluindo o solo. Desta forma, um avião supersônico cria um ruído muito intenso, chamado de sonic boom, ou estrondo sônico. Com tamanho barulho, caso o avião passe muito baixo, é possível que quebre vidros de janelas e cause outros prejuízos.

O Concorde, por exemplo, é um avião que tem a capacidade de voar acima da velocidade do som, mas produz um ruído tão intenso que foi banido de voar acima do solo dos Estados Unidos e da Europa. Embora ainda tivesse capacidade de fazer voos intercontinentais, o veículo parou de circular em 2003 por conta de problemas financeiros.

Ou seja, evitar que o avião faça barulho não é somente uma questão de conforto, mas pode significar o sucesso financeiro do veículo. Para evitar que isso aconteça, a NASA fechou um contrato de U$ 247 milhões com a empresa Lockheed Martin para o programa X-Plane, que vai desenvolver o novo avião.

A partir de agora, a empresa vai trabalhar em um protótipo com elementos semelhantes ao Concorde. Contudo, a proposta é que seja mais similar a um míssil com pequenas asas para diminuir as ondas sonoras durante o voo. “Este avião será construído do zero”, afirmou o porta-voz da empresa, Dave Richardson.

O papel da NASA, além do investimento e desenvolvimento, será de fazer pesquisas em solo para entender como as pessoas reagem ao barulho de aviões. A expectativa é de que o som do protótipo seja semelhante ao da batida de uma porta de carro.

Com isso, a Agência vai levar ao Federal Aviation Administration os dados coletados e propor novas regras para o som de aviões que quebram a barreira do som nos Estados Unidos.

Fonte: TechTimes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *