Novo iPad voltado para escolas é quase impossível de ser consertado

Recentemente, a Apple apresentou o seu mais novo modelo de iPad de 9.7 polegadas, com uma proposta interessante que inclui o suporte para a caneta Apple Pencil e uma iniciativa de preço mais acessível para escolas e estudantes. Porém, de acordo com a publicação do site iFixit, o tablet da Maçã possui uma péssima construção quando o assunto é conserto.

Segundo o site especializado na desmontagem e montagem de dispositivos eletrônicos, o iPad escolar recebeu uma nota 2 de 10 em reparabilidade, o que indica que o aparelho é praticamente impossível de ser arrumado sem o auxílio de um especialista.

Ao realizar a desmontagem completa do tablet, o iFixit destacou como principais barreiras o uso excessivo de cola para fixar diferentes peças, bem como substituição complicada da bateria e a presença de espumas adesivas para a fixação da tela ao painel do aparelho, que, por sua vez, aumenta muito as chances de o display ser danificado durante a sua remoção.

Além destes principais pontos negativos, foram mencionadas outras questões recorrentes em diversos aparelhos da Apple, a exemplo da necessidade de utilização de chaves especiais para a desmontagem do dispositivo móvel – aspectos particulares que geralmente não influenciam muito na avaliação geral do iFixit.

Entretanto, ao considerar que o novo iPad será direcionado também a crianças, a substituição de componentes pode ser muito mais frequente do que em outras situações, podendo sair muito caro para as instituições de ensino que precisarem de reparos no aparelho.

Você pode conferir todo o processo de desmontagem e montagem do novo iPad 6 no site do iFixit.

via Canaltech

Deixe uma resposta