Atirador invade a sede do YouTube na Califórnia

Cerca de 1.700 funcionários que trabalham na sede do YouTube em San Bruno, na Califórnia, tiveram suas atividades interrompidas nesta terça-feira (3) após um atirador invadir o prédio da empresa.

A polícia local recebeu diversas chamadas de emergência e se encaminhou ao local. Várias pessoas baleadas foram encaminhadas para hospitais da região. Não há confirmação de mortes.

Funcionários da empresa usaram as redes sociais para dar mais informações sobre o ocorrido. “Um atirador está na sede do YouTube. Ouvi tiros e vi pessoas correndo enquanto eu estava na minha mesa”, disse Vadim Lavrusik, gerente de produtos na empresa. Ele também afirmou que se trancou junto a outras pessoas em uma sala, mas logo depois conseguiu sair do prédio.

Outro gerente da rede social, Todd Sherman disse em uma sequência de tweets que, em um primeiro momento, os funcionários acreditaram se tratar de um terremoto. Logo depois de sair da sala em que estava, percebeu que muitas pessoas estavam correndo e viu que a situação era um pouco mais séria.

Os funcionários do YouTube saíram do prédio com as mãos para o alto e foram revistados pela polícia, para evitar que o atirador saísse do prédio sem ser percebido.

O Google afirmou que está trabalhando em conjunto com as autoridades e que oferecerá informações oficiais do ocorrido assim que elas estiveram disponíveis.

Com informações: The Verge.

Atirador invade a sede do YouTube na Califórnia

via Tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *