Lojas online agora podem vender direto pelo Google Assistente

Google anunciou hoje (19) por meio de uma postagem no blog oficial do AdWords o lançamento de um novo recurso chamado “Shopping Actions”. A novidade vai permitir consumidores comprem produtos diretamente nos resultados de buscas do Google no celular, no Google Home ou em qualquer outro aparelho que possua o Google Assistente.

O processo de venda será todo controlado pela Google, e a loja online apenas receberá o pedido e o pagamento, já com informações para entrega e outros detalhes. A ideia é oferecer uma experiência de compra simplificada que possa ser totalmente gerenciada pelo Google Assistente, da mesma forma que a Alexa consegue fazer com o catálogo da Amazon. A diferença é que a ferramenta da Google funcionará com múltiplas lojas online.

google assistenteCompras direto no Google Assistente vão funcionar como as compras na Amazon pela Alexa

Em troca dessa facilidade que a Google pretende oferecer para os lojistas, a empresa receberá uma comissão por cada venda. Ou seja, não estamos falando de anúncios tradicionais onde as empresas pagam a Google por impressão ou clique. Em vez disso, a Google vai participar dos lucros das vendas.

De acordo com a Reuters, grandes marcas norte-americanas já abraçaram a ideia, tais como Walmart, Target, Home Depot e algumas outras. Assim quando algum usuário nos EUA perguntar “onde eu posso comprar isso” para o Google, os resultados dessas lojas vão aparecer primeiro, e seus produtos poderão ser adquiridos mais facilmente, com todo o processo de compra realizado através de comandos de voz. Dados de cartão de crédito e informações de entrega seriam previamente cadastrados.

A companhia percebeu que, mesmo vendo várias opções de compra, boa parte dos usuários simplesmente acabava indo para a Amazon

A Google resolveu trabalhar nessa novidade por ter percebido que a quantidade de perguntas de usuários sobre “onde comprar tais produtos” cresceu 85% nos últimos dois anos. A companhia percebeu que, mesmo vendo várias opções de compra, boa parte dos usuários simplesmente acabava indo para a Amazon. Ainda assim, a companhia explica que sua novidade é diferente do que a Amazon faz com a Alexa.

“Nós fizemos isso de uma maneira fundamentalmente diferente do que empresas como a Amazon oferecem porque nós nos enxergamos como parceiros dos vendedores. Nos vemos como parte de uma solução para os vendedores realizarem transações melhores”, disse Daniel Alegre, presidente para vendas e comércio na Google.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: