Apple se torna a quarta maior fabricante de notebooks do mundo

Dados revelados nesta semana pela TrendForce colocam a Apple como a quarta maior fabricante de notebooks do mundo. De acordo com os números, a empresa tem uma fatia de 9,6% desse segmento, o que significa que, por aproximação, uma em cada dez máquinas do tipo vendidas em todo o mundo possuem o logo da Maçã na parte traseira. As informações se referem ao total acumulado durante todo o ano de 2017.

São números que também colocam a companhia de Cupertino à frente da Asus. Em 2017, a fabricante taiwanesa viu sua fatia de mercado cair 0,8%, registrando 9,5% do market share global de notebooks e cedendo a quarta posição. A situação de queda, inclusive, é uma constante no ranking, com quase todas as companhias apresentando retrações – as exceções são Apple e HP, que também permanece na liderança.

No topo do ranking, a empresa americana viu sua participação no mercado aumentar quase 2%, chegando a 24,3% em 2017. Na segunda colocação está a Lenovo, com 20,2% e queda de 1,5% em relação ao ano passado, seguida pela Dell, com um market share de 15,2%, praticamente estável, com queda de meros 0,2% em relação aos números registrados em 2016.

Para este ano, a expectativa é de crescimento para todas as empresas, mas sem alterações no ranking. As três primeiras devem se manter no pódio, enquanto a Apple deve continuar a apresentar grande aceleração, não apenas mantendo a quarta colocação, mas também solidificando sua posição. A expectativa é de crescimento de 0,8% na participação da Maçã, que deve chegar a 10,4%, enquanto sua principal concorrente pela colocação, a Asus, deve ter 0,3% de aumento, chegando a 9,8%.

A TrendForce também aponta para mudanças na liderança, que já podem ser visualizadas no horizonte. Enquanto a HP se mantém estável no topo, com previsão de recuperar os meros 0,1% perdidos em 2017 neste ano, a Lenovo continua mantendo seu crescimento médio ao longo dos anos, ampliando suas margens em 0,6% em 2018 e chegando a um market share de 20,8%. A expectativa, então, é que a briga pela medalha de ouro se intensifique em breve.

Correndo por fora, ainda, está a Acer, que se mantém firme na sexta colocação. Assim como a HP, a companhia tem pouca variação em seus números – ela perdeu 0,1% de participação em 2017, chegando a 8% do mercado, e deve ter ganhos de apenas 0,2% neste ano.

No total, o mercado de notebooks apresentou crescimento de 2,1% em 2017, com 164,7 milhões de unidades sendo colocadas nas lojas pelos fabricantes. De acordo com os analistas, é um sintoma de estabilidade, que pode até servir para deixar para trás o pânico dos últimos anos relacionado às quedas sucessivas no setor. Ao mesmo tempo, entretanto, passa longe do crescimento necessário para que as companhias continuem investindo em grandes novidades para o segmento, também mantendo os números sóbrios e a empolgação do mercado.

Fonte: TrendForce

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *